Campus Party chega ao RN

Imagine assistir uma corrida de insetos robotizados, torcer em uma batalha de drones ou mesmo acompanhar ao vivo o lançamento de um foguete, com direito a escuta das comunicações de rádio entre operadores e contagem regressiva para o lance.  Isso e muito mais é o que milhares de pessoas podem experimentar na primeira edição da Campus Party no Rio Grande do Norte, de 11 a 15 de abril de 2018 no Centro de Convenções.

Continue lendo



Mineiro defende ex-presidente Lula e assegura candidatura de Fátima Bezerra ao governo

Deputado Mineiro defende Lula e reafirma candidatura de Fátima

A prisão do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva pautou o pronunciamento do deputado Fernando Mineiro (PT) durante sessão plenária da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (10). O parlamentar questionou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que negou o pedido de habeas corpus ao ex-presidente e criticou a determinação judicial que decretou a prisão de Lula.

Continue lendo



Corpo de Dinaldo Batista será sepultado em Caicó

O corpo do ex-prefeito, Dinaldo Batista, será velado das 08hs às 11hs na Igreja de São Severino Martir, na cidade de Timbaúba dos Batistas, e em seguida segue para Caicó, aonde será velado no Centro de Velório Santa Clara. A missa de corpo presente acontece às 16hs na Igreja de São José, no Bairro Paraíba. De lá, o corpo será levado para sepultamento no Cemitério São Vicente de Paulo, no mesmo bairro.

O ex-prefeito, Dinaldo Batista, morreu na tarde desta terça-feira (10), no Hospital de Guarnição em Natal, aonde estava internado com problemas de saúde.

Dinaldo, administrou Timbaúba dos Batistas, por duas vezes, sendo uma na década de 80 e outra na década de 90.



Morre em Natal, Dinaldo Batista, ex-prefeito de Timbaúba dos Batistas

Dinaldo morreu em Natal a tarde desta terça

Morreu em Natal na tarde desta terça-feira (10), o ex-prefeito da cidade de Timbaúba dos Batistas/RN, Dinaldo Batista de Araújo, aos 68 anos de idade. Ele estava internado no Hospital de Guarnição em decorrência de um câncer de pulmão.

Os familiares organizam os detalhes para o velório e sepultamento que devem ocorrer nas próximas horas em sua cidade natal.



Itans tomou 6 centímetros de água entre segunda (09) e terça (10)

Itans aumentou em 6 centímetros em 24 horas – (Foto: Sidney Silva)

O açude Itans de Caicó, tomou entre às 07hs da manhã de segunda-feira (09) e às 07hs da manhã desta terça-feira (10), 6 centímetros de água em sua bacia. As informações são do Dnocs.

O volume atual do reservatório, é de 2 milhões e 820 mil metros cúbicos de água, o equivalente a 3,35% de sua capacidade.

O reservatório, quando cheio acumula, 81 milhões e 750 mil metros cúbicos.



Barragem Passagem das Traíras toma 2 metros e 50 centímetros de água

Barragem Passagem das Traíras recebe água com chuvas dos últimos dias – (Foto: Sidney Silva)

A Barragem Passagem das Traíras, em São José do Seridó, voltou a receber água em sua bacia. A informação confirmada pelo Blog com moradores da localidade, dá conta que até às 10hs da manhã desta terça-feira (10), o reservatório tomou 2 metros e 50 centímetros de água. Ele estava completamente seco.

As chuvas registradas nos últimos dias na região de Jardim do Seridó e Parelhas, possibilitaram a retomada d’água da Passagem das Traíras.

O açude quando está cheio acumula, 49 milhões, 702 mil e 393 metros cúbicos de água.



MPRN cumpre mandado de busca e apreensão na casa de parentes de vereador

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa de parentes de um vereador de Natal no início da manhã desta terça-feira (10).

A ação é fruto de investigações que seguem sob segredo de Justiça como desdobramento da operação Cidade Luz e contou com a participação de três promotores de Justiça com atuação na área de Defesa do Patrimônio Público.



PGR opina contra mudança de entendimento que autoriza prisão após 2ª instância

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou, há pouco, ao Supremo Tribunal Federal (STF) parecer contra a liminar na qual o Partido Ecológico Nacional (PEN) pede que a Corte garanta, monocraticamente, a liberdade de condenados que ainda possam recorrer aos tribunais superiores. Com a medida, ficaria suspenso o entendimento do STF que autoriza a prisão após o fim de recursos na segunda instância.

O caso deve ser levado para julgamento, na próxima quarta-feira (11), pelo relator do caso, ministro Marco Aurélio.

Segundo a procuradora, a mudança de entendimento seria um retrocesso para a credibilidade da Justiça.  “A Procuradoria-Geral da República espera que esta Corte reforce o sistema de precedentes vinculantes, necessário para dar celeridade e resolutividade a cerca de 80 milhões de processos em curso no país, em nome de valores essenciais ao sistema de justiça como a estabilidade e a segurança jurídica”, argumenta Raquel Dodge.

O pedido do PEN foi feito na última quinta-feira (5), pouco depois de o STF ter negado, por 6 votos a 5, um habeas corpus preventivo com o qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretendia evitar sua prisão após ser condenado por corrupção e lavagem de dinheiro pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), segunda instância da Justiça Federal, com sede em Porto Alegre.



Cármen Lúcia assumirá a Presidência da República na sexta-feira

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, assumirá a presidência da República por algumas horas, a partir da próxima sexta-feira (13). Isso porque o presidente Michel Temer viajará para o Peru, onde participará da Cúpula das Américas. Cármen Lúcia assume o comando do país assim que Temer deixar o espaço aéreo brasileiro, na sexta-feira. O presidente retorna no dia seguinte, em horário a definir.

Apesar de Rodrigo Maia, presidente da Câmara, e Eunício Oliveira, presidente do Senado, aparecem na frente de Cármen Lúcia na linha sucessória, eles se tornariam inelegíveis no pleito deste ano caso assumissem o posto de Temer. Com isso, ambos deixarão o país no mesmo período. Eunício fará uma viagem previamente marcada ao Japão e Maia visitará o Panamá para participar de um evento.

Continue lendo



Temer dá posse hoje a nove ministros

Temer dá posse a novos ministros no Palácio do Planalto

O presidente Michel Temer dará posse hoje (10) a nove ministros, no Palácio do Planalto. A reforma ministerial foi necessária, já que os ministros que pretendem disputar as eleições deste ano precisavam deixar o governo, na chamada desincompatibilização. A posse coletiva ocorrerá às 15h.

Tomam posse Eduardo Guardia (Fazenda), Rossieli Soares da Silva (Educação), Alberto Beltrame (Desenvolvimento Social), Marcos Jorge (Indústria, Comércio Exterior e Serviços), Esteves Colnago (Planejamento), Leandro Cruz Fróes da Silva (Esporte), Vinicius Lummertz (Turismo), Antônio de Pádua de Deus (Integração Nacional) e Moreira Franco (Minas e Energia).

Dyogo Oliveira, que deixou o Ministério do Planejamento para assumir o BNDES, e Moreira Franco são os únicos que deixaram o ministério mas que continuam no governo. Temer, no entanto, ainda não definiu quem ocupará a Secretaria-Geral da Presidência da República no lugar de Moreira Franco.

A maioria dos ex-ministros retoma os mandatos na Câmara dos Deputados e concorrerá à reeleição para o cargo, mas alguns decidiram, pela primeira vez, buscar uma vaga no Senado, que desta vez terá renovação de dois terços dos parlamentares, cujo mandato é de oito anos.



Juiz aceita denúncia do MPF e ex-deputados federais do MDB se tornam réus

ABr – A Justiça Federal em Brasília aceitou hoje (9) denúncia do Ministério Público Federal (MPF) no inquérito que investiga uma suposta organização criminosa formada por ex-deputados do MDB (antigo PMDB) da Câmara dos Deputados. A decisão foi tomada pelor juiz Marcus Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara Federal.

Com a decisão, se tornaram réus nas investigações os ex-deputados Geddel Vieira Lima, Eduardo Cunha, Rodrigo Rocha Loures e Henrique Eduardo Alves. A referida organização criminosa seria responsável por negociar com empresas vantagens indevidas na Petrobras, na Caixa Econômica Federal e na própria Câmara, segundo a Procuradoria-Geral da República (PGR). Os quatro já estão presos em decorrência de outras investigações – apenas Rocha Loures está em prisão domiciliar.

Inicialmente, os parlamentares foram denunciados pela PGR ao Supremo Tribunal Federal (STF) junto com o presidente Michel Temer. No entanto, no ano passado, a tramitação da denúncia contra Temer  foi suspensa por decisão da Câmara dos Deputados. Depois disso, o ministro Edson Fachin decidiu desmembrar o processo, enviando para a primeira instância as investigações contra os acusados sem foro privilegiado na Corte.