Polícia Civil desmancha fábrica clandestina de armas de fogo em João Câmara

Armas apreendidas pela Polícia durante a ação com João Pinheiro – (Foto: Divulgação/Polícia-Civil)

Agentes da Delegacia Municipal de João Câmara prenderam em flagrante, nesta quarta-feira (25), João Pinheiro Cardoso, suspeito de ser proprietário de um estabelecimento que funcionava como uma fábrica clandestina de armas de fogo. No local, a polícia apreendeu várias armas de diversos calibres, assim como munições e artefatos para a fabricação das armas.



Segundo Sesap, não há casos confirmados de H1N1 pandêmica no RN

Não há casos confirmados de H1N1 pandêmica

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) divulgou o número de casos atualizados da Influenza no Rio Grande do Norte. O boletim compreende os dados coletados até o dia 07 de abril. Foram notificados 43 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no RN, sendo 38 (88,3%) com amostras coletadas e enviadas ao Laboratório Central de Saúde Pública do RN (Lacen). Das amostras coletadas 5,2% (02/38) foram classificados como SRAG por Influenza, 18,4% (07/38) como outros vírus respiratórios.

Continue lendo



Polícia Civil de Parelhas prende homem por tráfico de drogas

Operação realizada pela Polícia Civil de Parelhas

Uma equipe de policiais civis de Parelhas prendeu em flagrante Bruno dos Santos Almeida, 18 anos, nesta quarta-feira (25), pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Com ele foi apreendido uma porção de cocaína e R$ 7.000,00 (sete mil reais), em espécie dentro do carro. Bruno dos Santos confessou a Polícia que praticava os crimes e que estava marcado para buscar nesta quinta-feira (26), dez quilos de maconha no município de Lagoa Nova.

Após o flagrante, ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará a disposição da Justiça.



Em operação, polícia apreende duas armas de fogo em Jardim de Piranhas

Armas e droga apreendidas em Jardim de Piranhas. Os presos, Orisvaldo, de azul e Eliedson, sem camisa – Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

Na manhã de desta quinta-feira (26), equipes da Polícia Civil de Caicó, atuando em conjunto com equipes da Polícia Militar, cumpriram dois mandados de busca e apreensão na cidade de Jardim de Piranhas. Em um dos imóveis alvo da ação, foi encontrado um revólver calibre 38 com numeração raspada e dez munições intactas do mesmo calibre em posse de ELIEDSON BEZERRA DUTRA, de 18 anos, conhecido como “Véin”. Na abordagem ele tentou fugir, mas, foi alcançado pelos policiais. Com Veín, também foi encontrada uma pequena porção de maconha.

De acordo com a polícia, ELIEDSON é apontado como sendo integrante de uma facção criminosa que atua no Estado do Rio Grande do Norte.

No outro imóvel, onde reside ORISVALDO APARECIDO ALVES DE LIMA, de 30 anos, também foi encontrado um revólver calibre 38, além de seis munições intactas e quatro deflagradas, também foi encontrada uma pequena porção de maconha que o suspeito alega ser para consumo próprio. O ORISVALDO, também conhecido como “Vaqueirinho”, já foi processado por crimes ocorridos no Estado da Paraíba.

De acordo com o Delegado, Leonardo Germano, os dois conduzidos são suspeitos de participações em homicídios ocorridos na região e a apreensão das armas pode ajudar a elucidar esses crimes.

A ação contou com a participação de duas equipes da Polícia Civil coordenadas pelos Delegados Ricardo Brito e Leonardo Germano e duas equipes do GTO de Jardim de Piranhas sob o comando do Major Aderlan Bezerra, tendo sido utilizado um cão farejador para auxiliar na busca de drogas.



Comitê pede mudanças na liberação de água em Curemas e na barragem Armando Ribeiro

Comitê pede que ANA muda quantidade água liberada em barragens

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu encaminhou à Agência Nacional de Águas – ANA ofícios nos solicitando mudanças na liberação de água do açude Curemas/PB e da barragem Armando Ribeiro Gonçalves. Os documentos foram encaminhados nesta quarta-feira (25), em virtude das diferentes situações vivenciadas na bacia.

No caso do açude Curemas/PB, o CBH-PPA pediu aumento da liberação de água para 1000 litros por segundo, em virtude do baixo nível de água na captação da CAGEPA, em Pombal/PB, fato que pode vir a ocasionar um colapso d’água na região. Já no caso da barragem Armando Ribeiro Gonçalves, o comitê solicitou a redução na liberação de água do reservatório, atualmente igual a 3,5 metros cúbicos por segundo, passando a operar com 2,0 metros cúbicos por segundo.

Continue lendo



Câmara amplia pena para homicídio de vítimas sob proteção da Lei Maria da Penha

Aumentou a pena por homicídios contra mulheres

A Câmara dos Deputados aprovou, nesta semana, o projeto de lei que aumenta em até 50% a pena para quem matar a mulher que esteja sob proteção da Lei Maria da Penha.

A proposta, de autoria do deputado Marcos Monte, do PSD de Minas Gerais, sofreu alterações na Comissão de Seguridade Social e Família. A emenda deixou o texto mais claro e tornou a pena mais rígida, já que a proposta original só previa o aumento da punição em até 1/3.

Continue lendo



Cresce ódio ao jornalismo, diz organização Repórteres sem Fronteiras

Casos de ódio contra o jornalismo aumentam no mundo

ABr – O mundo passa por um momento de crescimento do ódio ao jornalismo e aos jornalistas, o que ameaça as democracias, diz a edição 2018 do Ranking Mundial da Liberdade de Imprensa. Os dados foram divulgado hoje (25) pela organização Repórteres sem Fronteiras (RSF), em sete eventos simultâneos pelo mundo, incluindo no Rio de Janeiro.

Segundo o diretor regional da organização para a América Latina, Emmanuel Colombié, a liberdade de imprensa funciona como um termômetro do vigor da democracia e o índice global vive seus piores momentos. “Estamos com 3.826 pontos, caiu muito desde que o rankingcomeçou a ser feito em 2002.”

No ranking geral, o país com mais liberdade de imprensa é a Noruega, seguido pela Suécia e pelos Países Baixos. Os países no fim da lista são Coreia do Norte, Eritreia e Turkomenistão.



Roraima confirma 5.750 casos de malária no primeiro trimestre

Casos de malária disparam em Roraima

A Secretaria de Saúde de Roraima confirmou 5.750 casos de malária em todo o estado no período de 1º de janeiro a 30 de março deste ano. Deste total, 2.040 são importados de outras unidades federativas ou de outros países. Na semana passada, a pasta havia informado que grande parte dos casos de malária notificados no estado são provenientes da Venezuela.

“Os dados são preocupantes e o estado tem intensificado ações para combater a doença”, informou a secretaria, por meio de nota.

Em 2016, foram registradas quase 9 mil casos de malária em Roraima enquanto, em 2017, o número subiu para mais de 14 mil notificações.