Zé Filho anuncia renúncia da presidência da Câmara de Vereadores de Caicó

O vereador José Filho, renunciou na manhã desta segunda-feira (04), ao mandato de presidente da Câmara Municipal de Caicó.

De acordo com o comunicado divulgando a informação, ele alegada motivo de foro íntimo. No mesmo documento, também, consta o informe de que o vereador Erinaldo Lino, renuncia ao cargo de segundo secretário da casa.

Nos bastidores da Câmara, comenta-se que a articulação é para que o pastor Erinaldo Lino, seja o novo presidente.

Na próxima quarta-feira (06), acontece sessão extraordinária presidida pela vereadora Rosângela Maria, que é a presidente interina da Casa. Ela vai anunciar a decisão de renúncia dos colegas Edis e marcar a data da nova eleição para Mesa Diretora.



Pico do Cabugi: CIPAM prendem dois homens com arma de fogo, munições e moto adulterada

Policiais da CIPAM de Caicó, prenderam na tarde de sábado, dia 2 de fevereiro, no Serrote da Itaretama, na Serra do Pico do Cabugi, região da cidade de Angicos, Willas Silva de Santana, residente na Zona Norte de Natal e José Felipe Barbosa Fernandes, também de Natal. Com eles foi apreendido um revólver de calibre 38 e 8 munições do mesmo calibre, intactas.

O comandante da Polícia Ambiental em Caicó, o tenente Rafael Vitor Targino, disse a reportagem da Rádio Rural, que com a dupla ainda foi encontrada uma moto que estava com o chassi adulterado e sem placa.

Os policiais da CIPAM estavam realizando fiscalizações de rotina na área do Pico do Cabugi, quando se depararam com os dois homens em atitude suspeita.

Os dois homens foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil da cidade de São Paulo do Potengi, onde foi feito o flagrante da prisão.



Homem morre atropelado por carreta na BR 230 em Santa Luzia/PB

O agricultor, Edmilsom Firmino da Costa, foi atropelado na manhã de domingo, dia 3 de fevereiro, por volta das 09hs, na BR 230, na cidade de Santa Luzia/PB.

Populares disseram à Polícia que Edimilson estava parado no acostamento da rodovia e se abaixou para apanhar uma banana que havia soltado sem querer quando perdeu o equilíbrio e caiu. A carreta passou por cima da vítima que morreu ali mesmo.

Socorristas do Samu ainda foram acionados para atender a ocorrência. A Polícia Rodoviária Federal, também esteve no local.

O motorista da carreta não fugiu e prestou informações para a Polícia.



Sisu: termina hoje prazo de matrícula em instituições de ensino

Matriculas em instituições de ensino para o Sisu terminam hoje

Nesta segunda (4) é o último dia para que os estudantes selecionados no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) façam matrícula nas instituições de ensino. Os estudantes devem verificar os horários e locais de atendimento definidos pelas instituição em edital próprio.

Quem tiver o interesse e preencher os requisitos pode pleitear assistência estudantil para cobrir custos como transporte e moradia. Segundo o Ministério da Educação (MEC), os programas de assistência estudantil são implementados diretamente pelas instituições, por isso, os candidatos devem buscar informações na própria instituição de ensino.

O resultado do Sisu está disponível desde o dia 28, na página do programa. O período de matrícula começou no último dia 30.

Lista de espera

Os estudantes que não foram aprovados em nenhuma das opções de curso podem integrar, até amanhã (5), a lista de espera do programa. A adesão pode ser feita na página do Sisu. Os candidatos podem escolher entrar na lista de espera para a primeira ou para a segunda opção de curso feita na hora da inscrição. Os alunos na lista serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro.

A partir desta edição do Sisu, os estudantes selecionados em qualquer uma das duas opções não poderão participar da lista de espera. Até o ano passado, os selecionados na segunda podiam ainda participar da lista e ter a chance de ser escolhido na primeira opção.

Ao todo, o Sisu oferece, nesta edição, 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. Puderam se inscrever no programa os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação. Segundo o MEC, mais de 1,8 milhão de candidatos se inscreveram.

Agência Brasil



Duas motos foram roubadas no final de semana em Caicó

No final de semana, a Polícia Militar registrou dois roubos de motos em Caicó. O primeiro, aconteceu ainda na noite de sábado, dia 2 de fevereiro, no Bairro Paraíba, precisamente, por trás do 1º BEC, na estrada de terra que dá acesso a Rua Itans.

A moto, uma NXR Bros, de 150 cilindradas, ano 2013, de cor vermelha e placa OJT5403, com inscrição em Caicó, foi tomada de um casal por dois homens armados. Os ladrões estavam a pé.

As vítimas acionaram a Polícia Militar, que atendeu a ocorrência encaminhando o fato para a Delegacia.

Os dois assaltantes, fugiram do local com destino a zona leste.

Na noite deste domingo, dia 3, por volta das 19hs, a Polícia Militar foi avisada de mais um roubo de moto. Desta vez, o fato aconteceu na Rua Inês Medeiros, no Bairro Vila do Príncipe. O detalhe, outra moto Bros, de 160 cilindradas, sendo esta de cor vermelha com branco, sem placa e apenas com um dos retrovisores.

A Central de Operações do 6º BPM, confirmou que dois homens roubaram a moto da vítima e nas imediações abandonaram uma moto Fan, que tinha queixa de roubo.

A vítima, também esteve na Delegacia de Polícia para prestar queixa.

A Polícia segue fazendo diligências para tentar localizar as duas motos roubadas e prender os ladrões.



Congresso Nacional retoma trabalhos nesta segunda-feira (4)

Congresso Nacional retoma atividades nesta segunda

O Congresso Nacional retoma os trabalhos, nesta segunda-feira (4), com 22 medidas provisórias (MPs) pendentes de votação. Dessas, três estão na pauta da Câmara; outras 13 aguardam deliberação em comissões mistas; e seis ainda esperam a designação de deputados e senadores para compor os colegiados.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, já assinou duas das 22 medidas provisórias. Uma delas, estabelece uma nova organização para os órgãos da Presidência da República e reduz de 29 para 22 o número de ministérios; e outra, que altera as regras de concessão de pensão por morte, auxílio-reclusão e aposentadoria rural para economizar R$ 9,8 bilhões. As outras 20 medidas provisórias são remanescentes do governo anterior.