PRF recupera dois veículos roubados e prende dois assaltantes na BR 304

Policiais conduziram suspeito para o registro da ocorrência

A Polícia Rodoviária Federal recuperou no final da tarde desta segunda-feira (19), no km 290 da BR 304, em Macaíba, dois veículos que estavam em poder de assaltantes que acabara de assaltar um estabelecimento comercial.

Uma equipe realizava patrulhamento na rodovia quando recebeu a informação de que ocorrera um assalto a um posto de combustíveis no trecho conhecido como Reta Tabajara.

De imediato os policiais se dirigiram para o local e de repente cruzaram com os bandidos, mas estes ao visualizarem a equipe PRF, jogaram os veículos para fora da rodovia e fugiram pelo matagal. Um equipe da Polícia Militar compareceu ao local em apoio à PRF.

Foram recuperados um RENEGADE que fora roubado durante o assalto ao posto de combustíveis e um FIESTA que era ocupado pelos assaltantes e já estava com queixa de roubo. Os proprietários foram informados da recuperação e compareceram ao Posto da PRF de Macaíba onde os seus veículos foram entregues.

Após diligências na região, os PRFs conseguiram prender dois dos assaltantes que encontravam-se circulando pelas redondezas. Foi preso um homem de 32 anos e outro de 20 anos, ambos residentes no bairro das Quintas, em Natal. A ocorrência foi encaminhada para a Central de flagrantes em Natal.



Polícia Civil prende quadrilha interestadual responsável por furto de pneus em Parnamirim

Policiais civis da DEPROV, em conjunto com policiais da DECAR/GO, e com apoio de policiais da PCPB e PRF, prenderam nesta terça-feira (19), Alex Alves Tinoco, de 28 anos e a esposa deste, Daiane Alves Morais, de 27 anos. As prisões ocorreram em Natal, por força de mandados de prisão preventiva expedidos pela justiça de Goiás.

Ambos são investigados por integrarem organização criminosa atuante em falsificações, roubo de carga, receptação e estelionato, da qual Alex Alves seria o líder. Em dezembro de 2018, a DECAR prendeu a mãe de Alex Alves, Maria Aparecida Tinoco, investigada pelos mesmos crimes em inquéritos instaurados naquela Especializada.

A prisão do casal gerou diligências durante toda a madrugada e manhã de hoje, que culminaram na prisão de outros integrantes da organização criminosa, identificados como:

Anderson Ribeiro Venâncio, de 39 anos;
Magnum Campelo Diniz, de 33 anos
Rubens Tadeu de Bastos, de 53 anos;
Aquiles Candido da Rocha, de 32 anos;
Hérica Caetano dos Reis Kruger, de 31 anos
Edmilson Albertino Magalhães, de 41 anos

Na ação, foram apreendidos um equipamento Jammer (bloqueador de sinal) e uma pistola de uso restrito.

Trata-se de um grupo extremamente organizado, com movimentação financeira milionária e responsável por diversos eventos criminosos, como roubo, furto, lavagem de dinheiro, homicídio, organização criminosa, entre outros.

A Polícia Civil conta com o auxílio da população no envio de informações que ajudem nas investigações. As denúncias possuem garantia de sigilo e podem ser realizadas por meio do 181.



Polícia Civil recupera dois veículos roubados na zona rural de Areia Branca

Policiais Civis da Delegacia Municipal da cidade de Areia Branca/RN, com o apoio do Grupo Tático Operacional (GTO) da 2º Companhia de Policia Militar, localizaram e recuperaram, nesta terça-feira (19), dois veículos com registro de roubo da cidade de Mossoró. Os veículos (um Fiat Strada Worging de cor branca e um Fiat Siena Attractive de cor preta) foram encontrados nas proximidades da praia de São Cristóvão, zona rural de Areia Branca.

A ação ocorreu após os policiais receberem a informação de que dois veículos roubados estariam em uma área de mata entre as praias de São Cristóvão e Ponta do Mel. Com as diligências, os policiais conseguiram recuperar os dois carros.

Os veículos recuperados foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil da de Areia Branca, para a realização dos procedimentos de praxe antes de serem devolvidos aos seus proprietários.



Quantos milhões Neymar ganhou por gol em 2018?

Jogadores mais bem pagos em euro no mundo

Passes inesperados e criatividade em campo: Neymar é o jogador mais bem pago do Brasil e uma verdadeira estrela do futebol no mundo. Confira o levantamento realizado pelo Cuponation para entender melhor a relação entre os gols feitos pelo atleta em 2018 e o salário de crescimento exponencial ao longo de sua carreira.

No ano passado, a Forbes, revista estadunidense de economia e negócios, fez um ranking das 100 celebridades mais bem pagas do mundo. Neymar foi o único brasileiro a aparecer na lista, empatando com o locutor Howard Stern com um faturamento de 90 milhões de dólares, ou seja, mais de 340 milhões de reais anuais ou cerca de 28 milhões de reais mensais.

Ao estabelecer um paralelo com o primeiro contrato do artilheiro (2008), quando aos 16 anos no Santos Futebol Clube ele ganhava R$20.000 mensais e sua ascensão salarial dez anos depois, nota-se que seu montante mensal aumentou mais de 140% desde o primeiro salário.

Para um salário tão alto, altas são as expectativas e na mesma proporção acompanhamos o desempenho apresentado pelo jogador ao longo dos anos. Do começo de sua carreira até 2019, o jogador já fez 349 gols. Destes, 34 foram marcados no ano passado. Se por mês ele teve uma média de 2,8 gols, ele ganhou aproximadamente dez milhões de reais por gol. Confira o ranking de gols feitos de 2009 até hoje no infográfico interativo do Cuponation.

O mercado desportivo abraçou o carisma natural do atleta, o que lhe garantiu contratos publicitários milionários com grandes marcas, sejam estas de esporte ou não. Apesar de ser um dos jogadores mais bem pagos do mundo (considerando salário e publicidade), é importante ressaltar que, de acordo com a apuração feita pela Pluri Consultoria, o desempenho do atleta na Copa fez com que o atacante brasileiro valesse 11% a menos no mercado mundial, isso porque o desempenho na Rússia não alcançou plenamente o esperado de um jogador do seu nível. No infográfico, encontra-se a lista dos jogadores que mais ganham no mundo, em euros.



RN: Decreto de Emergência foi renovado no dia 12 de março

O Governo do Rio Grande do Norte decretou, por mais 180 dias, a situação de emergência pela seca em 148 municípios, o que representa 88% dos municípios potiguares. O novo Decreto de Situação de Emergência foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) de 12 de março. Orientações podem ser obtidas nos telefones 98120-1297 e 98189-9582.

A situação de emergência pela seca facilita o trâmite dos processos que envolvem obras e serviços que minimizem os impactos causados pela escassez de chuvas. Apesar das últimas precipitações em todo Estado, relatórios da CAERN mostram que 151 municípios são abastecidos pela companhia, dos quais 92 estão em rodízio e cinco em situação de colapso.

“A solicitação se faz necessária, pois as informações inseridas pelo município no Fide darão subsídios para solicitarmos o reconhecimento federal e posteriormente, no pedido de recursos de ações de respostas para o desastre”, afirma o coordenador estadual da Defesa Civil, Marcos Carvalho.

Municípios em situação de emergência:

Acari, Açu, Afonso Bezerra, Água Nova, Alexandria, Almino Afonso, Alto do Rodrigues, Angicos, Antônio Martins, Apodi, Areia Branca, Baraúna, Barcelona, Bento Fernandes, Boa Saúde, Bodó, Bom Jesus, Brejinho, Caiçara do Norte, Caiçara do Rio do Vento, Caicó, Campo Grande, Campo Redondo, Caraúbas, Carnaúba dos Dantas, Carnaubais, Cerro Corá, Coronel Ezequiel, Coronel João Pessoa, Cruzeta, Currais Novos, Doutor Severiano, Encanto, Equador, Espírito Santo, Felipe Guerra, Fernando Pedroza, Florânia, Francisco Dantas, Frutuoso Gomes, Galinhos, Governador Dix-Sept Rosado, Grossos, Guamaré, Ielmo Marinho, Ipanguaçu, Ipueira, Itajá, Itaú, Jaçana, Jandaíra, Janduís, Japi, Jardim de Angicos, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, João Câmara, João Dias, José da Penha, Jucurutu, Jundiá, Lagoa D´Anta, Lagoa de Pedras, Lagoa de Velhos, Lagoa Nova, Lagoa Salgada, Lajes, Lajes Pintadas, Lucrécia, Luís Gomes, Macaíba, Macau, Major Sales, Marcelino Vieira, Martins, Messias Targino, Montanhas, Monte Alegre, Monte das Gameleiras, Mossoró, Nova Cruz, Olho D´Água dos Borges, Ouro Branco, Paraná, Paraú, Parazinho, Parelhas, Passa e Fica, Passagem, Patu, Pau dos Ferros, Pedra Grande, Pedra Preta, Pedro Avelino, Pedro Velho, Pendências, Pilões, Poço Branco, Portalegre, Porto do Mangue, Rafael Fernandes, Rafael Godeiro, Riacho da Cruz, Riacho de Santana, Riachuelo, Rodolfo Fernandes, Ruy Barbosa, Santa Cruz, Santa Maria, Santana do Matos, Santana do Seridó, Santo Antônio, São Bento do Norte, São Bento do Trairi, São Fernando, São Francisco do Oeste, São João do Sabugi, São José de Campestre, São José do Seridó, São Miguel, São Paulo do Potengi, São Pedro, São Rafael, São Tomé, São Vicente, Senador Eloi de Souza, Serra Caiada, Serra de São Bento, Serra do Mel, Serra Negra do Norte, Serrinha, Serrinha dos Pintos, Severiano Melo, Sítio Novo, Taboeleiro Grande, Taipu, Tangará, Tenente Ananias, Tenente Laurentino Cruz, Tibau, Timbaúba dos Batistas, Triunfo Potiguar, Umarizal, Upanema, Várzea, Venha-Ver, Vera Cruz e Viçosa.



Prazo para municípios apresentarem dados sobre seca acaba nesta quarta-feira

Sessenta municípios potiguares dos 148 incluídos no decreto de situação de emergência pela seca ainda não preencheram o Formulário de Informação do Desastre (Fide), do Ministério do Desenvolvimento Regional, cujo prazo se encerra na próxima quarta-feira (20). O documento é critério para que o Governo Federal faça o reconhecimento da situação de estiagem e colapso de abastecimento de água nas cidades e, assim, possa liberar recursos.

O preenchimento do Fide deve ser feito pelas Coordenadorias Municipais de Defesa Civil (Comdecs) com dados referentes ao período de setembro de 2018 a março no que diz respeito aos problemas decorrentes da seca, como prejuízos na agricultura e na pecuária. Segundo a Coordenação Estadual da Defesa Civil, o município que não enviar as informações para o Governo Federal será prejudicado e poderá perder programas como o Garantia Safra, Operação Carro Pipa e ficará impedido de fazer refinanciamento de dívidas no Banco do Nordeste.

Todos os municípios inseridos no decreto estadual deverão realizar o preenchimento do Fide na Plataforma do Sistema Integrado de Informações de Desastres (S2ID) no site www.s2id.mi.gov.br, até o dia 20, para que a Defesa Civil envie o processo de pedido de reconhecimento federal.