Polícia Civil prende homem por receptação dolosa em Caicó

Ercules foi preso em Caicó

Policiais civis da Delegacia Municipal de Caicó deram cumprimento, na manhã desta terça-feira (30), a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Ercules Júlio dos Santos, suspeito da prática do crime de tráfico de drogas.

Da residência dele, foi apreendida uma televisão Smart LG 43 polegadas, que tinha sido objeto de roubo no final do ano de 2018, no município de Caicó. Ercules Júlio dos Santos foi atuado em flagrante pela prática do crime de receptação dolosa, sendo o bem restituído à vítima.

Outros objetos sem procedência comprovada foram apreendidos e estão na delegacia para o reconhecimento das vítimas de furto e roubo.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.



Empresa Autoplac, em Caicó, é alvo da Operação Chapa Fria do MPRN

Polícia e MP recolheram documentos no interior de empresa em Caicó – (FOTO: Sidney Silva)

O Ministério Público realizou nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (30), a operação Chapa Fria com o objetivo de objetivo de apurar suposta prática de crimes ocorridos durante o processo de credenciamento para fabricantes e estampadores das placas Mercosul realizado no âmbito do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran).

Em Caicó, foi cumprido mandado de busca e apreensão na empresa Autoplac, localizada no Bairro Penedo, em frente a 2ª Ciretran do Detran, que fica ao lado da Central do Cidadão.

A promotora, Uliana Lemos de Paiva, cumpriu o mandado com o apoio de equipe do Gaeco e uma guarnição do Grupo Tático Operacional – GTO do 6º BPM.

A operação Chapa Fria conta com o apoio da Polícia Militar. Ao todo, 18 promotores de Justiça, 25 servidores do MPRN e 57 policiais militares participam da ação.

Os mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nas cidades de Natal, Mossoró, Caicó e Assu.

O MPRN investiga o direcionamento, manipulação e fraude no processo de credenciamento para fabricantes e estampadores das placas Mercosul com o objetivo de favorecer um grupo de empresas.

Em Mossoró, a empresa alvo da ação, também é a Autoplac.