Please enter banners and links.


Câmara de Caicó sedia sessão solene em homenagem ao 6º BPM

Com 25 anos de existência, o 6º Batalhão da Polícia Militar, em Caicó, será homenageado em sessão solene proposta pelo deputado estadual Coronel Azevedo. A solenidade acontece na sexta-feira (30), às 15h, na Câmara Municipal de Caicó.

Na sessão solene de sexta-feira, serão homenageados os seguintes militares: coronel Romualdo Borges Farias, tenente coronel Walmari Costa, major Ivanildo Henrique Mendonça, major Albervan Cirne de Medeiros, major José Alexandre Lopes Pereira, primeiro tenente Alexandre Lopes de Andrade Gomes, primeiro tenente Rafael Victor Targino de Araújo, segundo sargento Marcos Antônio de Souza, segundo sargento José Anchieta da Silva, segundo sargento Carlos Roberto de Aquino, segundo sargento Janilson César de Araújo Silva, terceiro sargento Sandro Ricardo Pereira, cabo Joelson Severino de Medeiros, cabo Dorges Alexandre de Lima Silva, cabo Alexandre Magno Santos Modesto, cabo Flabio Lucena, soldado Marcos Medeiros de Azevedo, soldado Alexandre Segundo da Silva Cavalcante e soldado Helder Medeiros Anjos.

Dentre os homenageados, também está o deputado estadual Vivaldo Costa, que à época em que foi governador do Estado, em 1994, criou o 6º BPM por meio do Decreto nº 12.888. Atualmente, a área de abrangência atinge 15 municípios e realiza algumas modalidades de policiamento, entre eles: de guardas, a pé, motorizado, montado, e especial, onde está o Grupo Tático Operacional (GTO).



Diretor Executivo da Plena Gestão Empresarial é um dos palestrantes de evento na FCST em Caicó

Erenildo Jair é um dos palestrantes do evento na Faculdade Católica Santa Terezinha

O Master Coach e Diretor Executivo da Plena Gestão Empresarial, Erenildo Jair de Oliveira, será um dos palestrantes do II Encontro Seridoense de Estudantes e Profissionais da Administração – ESEPAD, promovido pela FACULDADE CATÓLICA SANTA TERESINHA, nos próximos dias 11, 12 e 13 de setembro.

O evento discutirá os desafios do empreendedorismo nos dias atuais, com dicas de comportamento para superar os muitos obstáculos existentes.

As inscrições para o encontro, estão abertas no site WWW.ESEPAD.VPEVENTOS.COM

O palestrante, Erenildo Jair de Oliveira, também é psicologo e atua a 16 anos na área de consultoria de gestão. Ele possui mais de 115 projetos realizados e a sua empresa, a Plena, atua nos estados do Rio Grande do Norte e Paraíba.



Réus que tramaram e mataram o Cabo Rangel foram condenados; Somadas, penas chegam a 65 anos

Os três réus, vestidos de branco, foram condenados

O julgamento popular dos réus acusados de tramar e matar, o cabo da Polícia Militar, Edinaldo Alves da Costa Rangel, terminou por volta das 2 horas da madrugada desta quarta-feira (28). Os três foram condenados. A viúva, Rita de Cássia, a uma pena de 26 anos; Seu advogado Bartolomeu Linhares, confirmou que vai recorrer da sentença; O amante de Rita, Valdinez Santos, pegou pena de 21 anos de reclusão. E Thiago Conforte, filho de Rita, foi condenado a pena de 18 anos e 9 meses de reclusão.

No processo, consta que Rita de Cássia, foi a mandante do crime, a pessoa que planejou a morte do marido. Seu filho Thiago, deu o apoio logístico e Valdinez Santos, executou a vítima com tiros a queima roupa.

O crime foi cometido, no dia 19 de abril de 2016, no Bairro Alto da Boa Vista, em Caicó. A vítima dirigia seu carro, um veículo Gol de cor branca. Ao seu lado, estava Rita de Cássia. Eles tinham deixado a roupa na casa da lavadeira. O destino dos dois era o Fórum Amaro Cavalcante, aonde ela receberia alvará para liberação de cerca de R$ 16.000,00. O cabo Rangel queria esse dinheiro para pagar dividas e Rita não concordava. Esse teria sido o motivo principal do crime.

Atuaram na acusação, o Promotor Geraldo Rufino de Araújo Júnior, auxiliado pelos advogados, Anesiano Ramos, Maykol Robson de Morais, Isadora Medeiros de Araújo Costa e Katia Maria Lobo Nunes.

Na defesa de Valdinez Santos, atuou o advogdo, Vivvênio Villeneuve Moura Jácome.

Em defesa de Rita de Cássia, o advogado, Bartolomeu Linhares. E defendendo, Thiago Conforte, o advogado Francisco das Chagas Medeiros.