Please enter banners and links.


PM aprende maconha com cabeceiro de Cruzeta em Caicó

Droga apreendida pela Rádio Patrulha nesta terça

Policiais militares da Rádio Patrulha do 6º BPM prenderam na tarde desta terça-feira (03), no Bairro Nova Descoberta, zona leste de Caicó, Pedro Barros Rocha, de 21 anos, que reside na Rua João André, Bairro Novo Horizonte, em Cruzeta/RN. Com ele, os policiais apreenderam 14 trouxinhas de maconha.

Os policiais faziam ronda no bairro quando encontraram Pedro sentado na frente de uma residência em atitude suspeita. Ao fazerem a abordagem, encontraram a droga em seu poder. Foi dada voz de prisão e o rapaz conduzido à Delegacia.

Com ele ainda foi encontrada uma moto Pop 100 de cor vermelha que também foi encaminhada para a Delegacia.



Polícia Civil realiza operação em Caicó e prende foragido

Material apreendido pela Polícia Civil na Operação – (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Policiais civis de Caicó, sob o comando dos delegados, Ricardo Brito (3ª DRP) e Leonardo Germano (DP Municipal), realizaram operação na tarde desta terça-feira (03), no Bairro João XXIII.

O objetivo da operação, de acordo com o delegado Leonardo Germano, era dar seguimento a investigação em torno da morte de Igor Rafael.

Cumprindo mandados de busca e apreensão, em uma das casas-alvo da ação, duas pessoas fugiram ao perceber a chegada dos policiais, mas, foi apreendida certa quantidade de crack, quantidade significativa de dinheiro fracionado e uma camisa que pertencia a Igor Rafael, assassinado na noite de sexta-feira (30 de agosto), no mesmo bairro.

A apreensão da camisa da vítima em uma das casas, só confirma que estamos no caminho certo quanto a investigação e também que ele frequentava essa casa“, disse.

Em outra residência, policiais conseguiram prender, Lucas Daniel da Silva, o “Galegal”. Ele era foragido da Justiça e tinha várias passagens pela polícia.

“Galegal” foi preso em ação da Polícia Civil no Bairro João XXIII – (FOTO: Divulgação/Polícia Civil)

Com relação ao Galegal, ele é apontado como sendo uma das lideranças de uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios do estado. Ele não esboçou nenhuma resistência a prisão e estava na casa de familiares.

Quanto a morte de Igor Rafael, o delegado Leonardo Germano, disse acreditar que a relação da vítima com o mundo do crime pode ter motivado a sua morte.

Uma das pessoas que conseguiu escapar do cerco policial, foi, Júlio dos Santos Correia, também conhecido como Gato Voador, que tem mandado de prisão em aberto por causa de uma tentativa de homicídio. Ele também tem ligações com o crime organizado e com o tráfico de drogas.

“Gato Voador” conseguiu escapar da Polícia na Operação – (FOTO: Divulgação/Polícia Civil)


Governo divulga resultado preliminar do processo seletivo simplificado da Educação do RN

O Governo do RN, por meio da Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer, divulgou o resultado preliminar dos classificados no Processo Seletivo Simplificado para composição de cadastro de reserva para contratação de professor e especialistas de educação temporários – Edital 001/2019.

Os candidatos que desejarem realizar interposição de recurso podem realizar a solicitação nesta quarta-feira (4), por meio do Sistema Integrado de Gestão da Educação (SIGEduc).

O processo seletivo tem por objetivo compor cadastro de reserva dos componentes curriculares nos Ensinos Fundamental, Médio e suas modalidades de acordo com as seguintes opções: 1) Unidades Escolares – Base Comum, 2) Educação Profissional, 3) Educação do Campo (espaços escolares), 4) Educação do Campo (espaços não escolares), 5) Educação Escolar Quilombola, 6) Educação Escolar Indígena (espaço escolar), 7) Educação Escolar Indígena (espaços não escolares), além das opções 8) Unidades Prisionais, 9) Centros de Atendimento Socioeducativo e 10) Especialista de Educação.

Após contratados, os educadores irão atuar nas unidades escolares das 16 Diretorias Regionais de Educação e Cultura (DIREC) e no Sistema Prisional e Socioeducativo do RN.

A remuneração do professor temporário, com nível superior será igual ao do professor graduado do quadro funcional do magistério público estadual em início da carreira, R$ 2.686,25 para uma jornada de trabalho com 30 horas semanais. Enquanto que a remuneração para o professor de nível médio, exclusivamente para os componentes/áreas de Ciências Agrárias e Língua Materna, será de R$ 1.918,75.

O resultado final será divulgado no próximo sábado (7). 

*Confira aqui as listas do resultado preliminar



Operação do MPRN efetua busca e apreensão pessoal e domiciliar de ex-PM que ameaçava autoridades

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) efetuou na manhã desta terça-feira (3) a busca e apreensão pessoal e domiciliar do ex-policial militar Francisco Dantas Cardoso de Veras, na cidade de Mossoró. Como resultado da operação denominada Moinhos de Vento, o investigado passa a ser monitorado por tornozeleira eletrônica e deverá cumprir medidas cautelares. A decisão foi proferida pelo 2º Juizado Cível, Criminal e da Fazenda Pública da comarca de Mossoró, atendendo pedido do MPRN.

O ex-PM, expulso da corporação em 1989, é acusado de ameaçar autoridades, em especial um juiz, por não ter julgado procedente sua ação de reintegração. Com o passar do tempo, buscando vingança pelo resultado não alcançado, o investigado passou a ameaçar o juiz por meio da divulgação de vídeos em redes sociais.

Entre as medidas cautelares concedidas pela Justiça, estão a não aproximação do local de trabalho, da residência da vítima, da própria vítima ou de qualquer familiar, devendo manter distância mínima de 500 metros, além do monitoramento constante por meio da tornozeleira eletrônica.

A decisão judicial também autorizou a quebra dos dados telefônicos e telemáticos, o que resultou na apreensão de mídias e celular do investigado, permitindo o acesso a quaisquer aplicativos e comunicações eletrônicas registradas, como Whatsapp, Telegram, Facebook, Instagram e Snapchat, além de arquivos eletrônicos de qualquer natureza, inclusive hospedados em nuvem, como Dropbox, Google Drive e iCloud.

De acordo com as investigações do MPRN, o acusado teria criado um grupo no WhatsApp, no qual publica vídeos fazendo menção expressa de ameaças ao juiz. Ao mesmo tempo, o ex-PM também estaria utilizando um endereço eletrônico onde publica textos e faz ameaças. Assinando os textos e publicações, o acusado utiliza o codinome “Cabo Cardoso Veras”.

A operação Moinhos de Vento recebeu esse nome em referência à obra Dom Quixote, de Miguel de Cervantes, em que o personagem principal enxergava em moinhos de vento inimigos imaginários.



Sargento da PM é condenado a 14 anos de prisão por intermediar morte de advogado no RN

Sargento da PM foi condenado pela morte de advogado, mas, pode recorrer em liberdade – (FOTO: Heloísa Guimarães/InterTv Cabugi))

O sargento da Polícia Militar acusado de ter intermediado a morte do advogado criminalista Antônio Carlos de Souza Oliveira, crime ocorrido em maio de 2013, em Natal, foi condenado a 14 anos de prisão. O júri popular que decidiu a sentença do policial aconteceu nesta segunda-feira (2), no Fórum Miguel Seabra Fagundes, Zona Sul da capital. A condenação cabe recurso e o policial pode aguardar a finalização do processo em liberdade.

O PM Antônio Carlos Ferreira de Lima, segundo apontaram as investigações da Polícia Civil, foi o responsável por indicar quem iria executar o advogado. O policial foi condenado por homicídio duplamente qualificado.

“A defesa vai recorrer da decisão. A condenação precisa ter certeza, e aqui não há. São muitas versões. A decisão foi contrária à prova dos autos. Vamos tentar anular a decisão do júri”, adianta o advogado do policial, Edberto Smith Júnior.

Por outro lado, o Ministério Público considera justa a condenação. “A gente completou a página virada. Não vai trazer a vítima de volta, mas justiça foi feita. A gente percebe que foi uma juntada de interesses, sendo central a disputa de terras. O réu estava no centro dessa articulação e o réu usou da proximidade que tinha com a vítima pra apontar onde ela estaria“, argumenta o promotor Augusto Azevedo.

*Veja mais detalhes da notícia do G1/RN aqui



Cordel homenageará doçaria seridoense

Poetisa caicoense Lourdinha Medeiros fará lançamento no Encontro de Doceiras do Seridó

A poetisa caicoense Lourdinha Medeiros lançará durante o 1º Encontro de Doceiras do Seridó um cordel sobre a doçaria seridoense. Lourdinha é professora, cordelista e mamulengueira e, com o marido e os filhos, forma o grupo de Cultura Popular Verso e Prosa.

Se apaixonou pela literatura de cordel quando era criança e admirava a avó paterna recitando poesias. Começou a escrever seus próprios cordéis em 2010 e de lá para cá já lançou seis títulos.

Pela poesia popular, vamos relatar um pouco da história da doçaria seridoense que é um patrimônio cultural, que nasce em nossas cozinhas e conquista o Brasil. Uma linguagem popular e atrativa para que crianças, adultos e idosos se envolvam com o tema”, destaca a cordelista.

O material sobre os doces seridoenses terá distribuição gratuita e também será publicado no Museu Virtual Doces do Seridó.

O 1º Encontro de Doceiras do Seridó é uma realização da JK Produções e da Referência Comunicação, sendo um evento aprovado no Edital de Economia Criativa 2019 do Sebrae RN. Acontecerá nos dias 27 e 28 de setembro, na Praça da Catedral de Sant’Ana, em Caicó.



PF e DEPEN combatem facção criminosa que planejava ações violentas no RN

Agentes da Polícia Federal agiram nas primeiras horas da manhã desta terça

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (03), em conjunto com o Departamento Penitenciário Nacional-DEPEN, e apoio da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, a Operação Extração, que busca desarticular célula regional da facção criminosa paulista Primeiro Comando da Capital-PCC enraizada no Estado.

As medidas cautelares foram deferidas pela Justiça Estadual de Mossoró, que expediu 16 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de prisão preventiva, além de 01 mandado de prisão temporária contra um advogado potiguar suspeito de integrar a organização criminosa. Estão sendo empregados na ação cerca de 90 policiais federais que cumprem os mandados nas cidades de Natal, Mossoró, Extremoz, Ceará-Mirim, São Gonçalo do Amarante e Pau dos Ferros.

As investigações foram intensificadas em junho de 2019, depois que a Polícia Federal identificou o planejamento de um salve pelo PCC no Estado.

A organização planejava aterrorizar a população, por meio do incentivo dos faccionados à prática de ações violentas contra pessoas e coisas em várias cidades do RN. No salve identificado pela PF, a facção criminosa também tencionava ataques dentro do sistema prisional potiguar, incentivava a violência contra integrantes de facções rivais e sugeria confrontos com as forças policiais do Rio Grande do Norte.

Durante as investigações, informações foram compartilhadas com autoridades do RN e medidas preventivas adotadas. Não houve registro de atentados no período.

Todos os presos ocupam posições de liderança na filial potiguar da facção criminosa PCC.

O advogado hoje preso temporariamente em Natal teve especial participação na circularização do salve em junho de 2019, sendo o suposto responsável pela comunicação e transmissão das ordens (salves) entre as lideranças presas e membros da alta cúpula ainda em liberdade.

O crime de promover, constituir, financiar ou integrar, pessoalmente ou por interposta pessoa, organização criminosa é previsto na Lei nº 12.850/2013, punido com pena de reclusão de 3 a 8 anos, e multa, sem prejuízo das penas correspondentes às demais infrações penais praticadas.

A Polícia Federal possui como objetivo estratégico o combate à ação das facções criminosas no Estado do Rio Grande do Norte.

Não haverá entrevista coletiva