Please enter banners and links.


Caicó: Professora baleada pelo ex-companheiro passou por cirurgia e está na UTI

Marinho atirou na ex-companheira, Maria Elizete, e depois contra si

A professora, Maria Elizete Pereira, que foi baleada quatro vezes na tarde desta quarta-feira (04), pelo seu ex-companheiro, Marinho Bezerra de Araújo, de 59 anos, que também atendia pelos apelidos de “Cremel” ou “Teté”, que se matou no local do crime, passou por cirurgia no Hospital Regional de Caicó e seu quadro de saúde era estável por volta das 22hs quando terminou o procedimento.

Ela sofreu hemorragia interna quando deu entrada na unidade hospitalar e logo foi encaminhada para a sala de cirurgia. Ao termino, os médicos a internaram na Unidade de Terapia Intensiva – UTI.

Informações não oficiais dão conta que os dois estavam em processo de separação já tinha dois meses.

Ele, (Marinho), teria se desfeito de um veículo para adquirir a arma de fogo usada no crime.

Os peritos do Instituto Técnico-Científico de Perícia-ITEP junto equipe da Polícia Civil, realizaram os levantamentos de evidências no local do crime.

Corpo do mototaxista que se matou depois de balear a ex-companheira foi removido pelo Itep – (FOTO: Alexandre Costa)


Caicó: Homem se mata depois de atirar na ex-companheira

Momento que os policiais chegaram no local da ocorrência; Na foto, Elizete está vestida de blusa rosa

No final da tarde desta quarta feira (04), um homem até agora identificado como Teté, tentou matar a professora Maria Elizete Pereira, com disparos de arma de fogo e depois atirou na cabeça dando fim a sua vida. Eles estavam terminando um relacionamento amoroso.

O fato foi registrado por volta das 17hs40min, em frente ao portão de entrada da dos dois, na Rua Renato Dantas, no Centro de Caicó.

A Polícia Militar foi acionada. Ao chegarem, os policiais acionaram o Samu e Corpo de Bombeiros. A mulher estava baleada e foi logo socorrida. O homem estava caído e os paramédicos ainda tentaram reanimá-lo, mas, a tentativa foi sem sucesso.

A professora, Maria Elizete, foi socorrida para o Hospital Regional.

A Polícia Civil foi acionada juntamente com o ITEP.



Advogado preso por suposto envolvimento com facção criminosa é transferido para Academia da PM

Tribuna do Norte – O advogado preso na última terça-feira (3), por suposto envolvimento com a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) foi transferido da Superintendência Regional da Polícia Federal para a Academia de Polícia Militar Coronel Milton Freire, no Barro Vermelho, zona Leste de Natal. Maxsuel Deizon Freitas Gomes foi um dos alvos da Operação Extração, da Polícia Federal, que busca desarticular a cúpula do PCC no Rio Grande do Norte.

Maxsuel é apontado pela PF como suposto responsável pela comunicação e transmissão das ordens entre as lideranças do PCC no Estado. De acordo com a investigação, o advogado teve especial participação na divulgação de um “salve”  da organização criminosa em junho de 2019.



Suspeitos de roubo a banco mortos pela polícia em Alagoas eram de PE, PB e RN

Armas e munições foram apreendidas pela Polícia em Alagoas – (Fotos: Ascom/SSP-AL)

Do G1/AL – A Polícia Civil de Alagoas informou nesta terça-feira (3) que os suspeitos que tentaram explodir uma agência bancária em Girau do Ponciano, cidade do Agreste alagoano, eram naturais dos estados de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.

A informação foi divulgada pelo delegado Cayo Rodrigues, durante entrevista. “Nós também apreendemos cinco veículos e nove armas de fogo. Não identificamos até o momento nenhum suspeito de Alagoas, são todos de Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte“, revelou o delegado.

Até as 15 horas desta terça, 7 dos 9 envolvidos que morreram durante a ação foram identificados. São eles:

  1. Thalyson Jeins de Moura Severiano, 30, do Rio Grande do Norte
  2. Raphael Oliveira Silva, 35, da Paraíba
  3. Bruno Santiago, 33, de Pernambuco
  4. João Paulo da Silva, 45, de Pernambuco
  5. José Humberto Brasileiro, 44, Pernambuco
  6. Sílvio Ricardo Queiroz dos Santos, 35, de Pernambuco
  7. Luiz Henrique da Silva Neto, 31, do Rio Grande do Norte

Os nomes dos presos também foram divulgados, Diego Pinto Vieira, 36, e Raphael Maia Lins Salles, 33, ambos do estado de Pernambuco.

O delegado explicou que o grupo já vinha sendo monitorado, desde o roubo a uma agência bancária em outro município do interior de Alagoas.

Já vínhamos acompanhando esse grupo há algum meses. O mesmo grupo é responsável pelo arrombamento de uma agência em Porto Calvo, em fevereiro. Desde então, a gente passou a acompanhar, a analisar suas ações e chegou à conclusão de que eles iriam atacar algum município do nosso estado“, afirmou o delegado.

Material seria usado para impedir a passagem de carros da polícia

Quando os policiais chegaram a Girau, houve uma perseguição que resultou em troca de tiros. Sete vítimas foram levadas para o Hospital de Emergência de Arapiraca, mas morreram. Outros dois suspeitos morreram no local do tiroteio.

Os presos vão responder por organização criminosa e posse de artefatos explosivos. “O núcleo principal do grupo foi desarticulado, mas continuaremos os trabalhos para saber se mais alguém oferecia apoio ao grupo criminoso“.

Operação sob investigação

O delegado-geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, informou nesta manhã que vai nomear uma comissão de delegados para apurar o caso do confronto entre policiais e os assaltantes de banco.

Vão fazer parte da comissão o delegado regional de Arapiraca, Everton Gonçalves; o delegado regional de São Miguel dos Campos, João Marcello; e o delegado regional de Palmeira dos Índios, Alexandre César.

A portaria com os nomes dos delegados deve ser publicada na edição do Diário Oficial do Estado de quarta (4).



Semana da Pátria: Apresentação das fanfarras reúne milhares de pessoas na Ilha de Sant’Ana

Espetáculo, arte, harmonia, musicalidade e versatilidade marcaram com sucesso mais um evento da Semana da Pátria de Caicó. Na terça-feira (03), às 19 horas, a apresentação das fanfarras reuniu milhares de pessoas na Ilha de Sant’Ana, com a participação da Escola Estadual Walfredo Gurgel, Bombeiros Mirins, Escola Municipal Hermann Gmeiner, Escola Municipal Irmã Assunta Vieira, Escola Estadual Calpúrnia Caldas de Amorim (Fanfarra Fênix), Escola Municipal Raimundo Guerra, Betos e Betas, Baronesa Star e Groove.

O evento foi organizado pela prefeitura municipal de Caicó, através da secretaria municipal de Educação, Cultura e Esportes, tendo como parceiros: 1º BEC, 6º BPM, 10ª DIREC, 3º Sub Grupamento de Bombeiros Militares, Bombeiros Mirins/Civis, 15º Grupo de Escoteiros Vale Sobrinho, 3º DPRE, PRF, CIPAM, escolas privadas e imprensa falada e escrita.

“Milhares de pessoas acompanharam a apresentação de oito fanfarras, cada uma se apresentando com seus ritmos e a presença de crianças, jovens, adolescentes e adultos. Foi um espetáculo que já virou tradição e esse ano melhorou ainda mais”, disse o prefeito de Caicó, Robson de Araújo (Batata).

O prefeito enfatizou que a prefeitura vai estudar a possibilidade de inserir as fanfarras em outros eventos da cidade. “O público vibra, aplaude, acompanha, canta e dança com esses grupos que congregam muitos talentos da área musical do Município de Caicó”, afirmou Batata. Ele agradeceu a todos os envolvidos na organização do evento, as fanfarras e o público que se fez presente na Ilha de Sant’Ana.



Rede de proteção da criança e do adolescente debateu sobre o Carnaval 2020, em Caicó

Reunião aconteceu no auditório da 10ª Direc

A Rede de Proteção a Criança e ao Adolescente de Caicó esteve reunida na manhã desta segunda-feira (02/09) para debater e deliberar pauta importante para a política municipal da criança e do adolescente. Desta vez, o tema foi Carnaval 2020. A reunião contou com a participação dos operadores do Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente de Caicó que debateram e alinharam propostas que visam a execução de ações de prevenção e fortalecimento da política de atendimento.

Dentre elas, foi deliberada a criação de uma Comissão Especial que vai elaborar uma proposta para constituição dos Agentes de Proteção da Infância e Juventude de Caicó. Além disso, ficou acertada a regulamentação dos espaços públicos e privados onde haja ingresso ou permanência de crianças e adolescentes. Essas ações objetivam contribuir para a redução das múltiplas formas de violência contra a criança e contra o adolescente.

São ações relevantes para política da criança e do adolescente onde em rede debatemos e propomos a linha de ação da política de atendimento focando na prevenção e no seu fortalecimento. Como também a implementação integral de políticas públicas voltadas ao público infanto-juvenil“, destacou Santiago Júnior, gestor de Aldeias Infantis SOS Brasil e membro da Rede de Proteção.



Instituições são condenadas por exploração irregular de serviços educacionais em Parelhas

Instituições atuavam de forma irregular na cidade de Parelhas

O Ministério Público Federal (MPF) obteve a condenação da Faculdade de Desenvolvimento Regional (FADIRE) e da Faculdade Educacional de Guanhaes (FACIG) por exploração irregular de serviços educacionais. As instituições ofereciam diploma de graduação em Serviço Social, na cidade de Parelhas/RN e região, de forma terceirizada, sem autorização do Ministério da Educação (MEC). A decisão da 9ª Vara da Justiça Federal determina o pagamento de R$ 30 mil por danos coletivos causados à sociedade. O valor será destinado ao fundo de reparação de direitos difusos.

As investigações demonstraram que a FADIRE repassava os conteúdos teóricos aos alunos por meio de oito módulos de “cursos de extensão”. Além disso, as aulas eram ministrados pela empresa RM Núcleo de Ensino, uma terceirização ilegal. A FACIG, por sua vez, convertia esses certificados em diploma de graduação. Nenhuma das instituições tinha autorização do MEC para ofertar cursos de nível superior na região. Assim, as duas faculdades promoviam a venda irregular, com promessa de diploma de nível superior aos participantes.

Na Ação Civil Pública que deu origem à decisão, o MPF destacou que “as autorizações emitidas pelo Ministério da Educação para o desenvolvimento da atividade educacional se dão para a prestação direta, em locais específicos, o que permite a devida fiscalização das instituições autorizadas. Para emitir os certificados nesse formato de terceirização ilícita do ensino, as instituições descumpriram o art. 47, § 2º, da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei nº 9.394/96)”.

De acordo com a decisão, “a fraude orquestrada atingiu o interesse de toda a comunidade local, motivada pelo intuito de difusão de instrução formal em um nível até então inexistente no município, vindo a prejudicar o acesso à educação”.

Os alunos prejudicados pelas instituições poderão ingressar com ações individuais para reparação de danos específicos.



Caicó: Casa da viúva de motorista assassinado no final de semana é arrombada

Casa foi arrombada nesta terça-feira – (FOTO: Maurício Fernandes)

A casa de Carina Loise Da Silva Santos, viúva do motorista Ezequiel dos Santos, de 33 anos, assassinado na noite de sábado, dia 31 de agosto, foi arrombada na noite desta terça-feira (03). A residência é localizada na Rua Colombo Cesário, no Bairro Walfredo Gurgel, zona Oeste de Caicó.

De acordo com informações apuradas pela Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, o fato se deu por volta das 23hs30min. A sala e a cozinha estavam reviradas e alguns móveis quebrados. Ao realizar diligências, as guarnições prenderam, JOANDRO OLIVEIRA MEDEIROS DANTAS, de 21 anos. Ele foi apontado por vizinhos da vítima como sendo o homem que quebrou o medidor de água e de energia e autor do arrombamento da casa. O acusado foi visto saindo da casa com uma sacola.

A Polícia prendeu o acusado quando chegava à residência dos avós no mesmo Bairro.

Conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, Joandro Oliveira, foi autuado e depois liberado.

*Informações do Blog Caicó na Rota da Notícia