Please enter banners and links.


Veículo de locadora com queixa de roubo é recuperado pela PRF em Caicó

Veículo foi recuperado pela Polícia Rodoviária Federal em Caicó

No final da noite desta quarta-feira (04), no Km 101 da BR 427, em Caicó/RN, a Polícia Rodoviária Federal recuperou o veículo Argo, cor branca, com registro de roubo/furto nos sistemas operacionais.

O condutor, um homem de 37 anos, informou havia recebido o carro há 60 dias de um amigo, na cidade de Aparecida/PB e que teria ido para Caicó comprar uma peça de reposição para um caminhão de sua propriedade e por isso estava com uma quantia de mais de quatro mil reais.

A ocorrência de roubo/furto para o veículo, com placa de Minas Gerais, foi registrada pela Delegacia de Polícia Civil de Mogi das Cruzes/SP. A locação foi realizada e não houve a devolução.

Diante das informações, o veículo e os ocupantes foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Caicó.



Servidores do DETRAN/RN anunciam greve para próxima segunda-feira

Da Tribuna do Norte – Os servidores do DETRAN/RN anunciaram que irão entrar em greve a partir da próxima segunda-feira (9). A decisão foi tomada em assembleia da categoria realizada na manhã da quarta-feira (4) na sede estadual do Departamento.

De acordo com representantes dos trabalhadores, entre as principais cobranças estão a revogação do decreto 29007, que retira a autonomia financeira da autarquia, a realização de concurso público, o reajuste salarial, além do pagamento das três folhas em atraso devidas aos aposentados e pensionistas da categoria.

O diretor de imprensa do Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do RN (SINAI-RN), Alexandre Guedes, afirmou que as negociações iniciaram no início do ano durante a Campanha Salarial, mas que até agora não avançaram, embora audiências tenham sido realizadas. “Fica difícil, nestas condições, a categoria suportar as adversidades que está enfrentando”, afirmou o sindicalista.



Mulher é condenada por exercício ilegal da profissão em obra de Barra de Sant’Ana

Essa é uma das imagens de como deve ficar o Cemitério de Barra de Sant’Ana

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do RN voltou a julgar, na sessão desta terça-feira (3), o caso de uma mulher denunciada pelo Ministério Público Estadual por exercício ilegal da profissão de Arquiteto, bem como por uso de documento falso, mantendo assim a sentença definida pela 7ª Vara Criminal de Natal.

De acordo com a Denúncia, no primeiro semestre de 2016, a empresa KL Engenharia foi contratada pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos para executar obras de urbanização na Comunidade Barra do Santana, em Jucurutu. Por sua vez, a empresa MA Ferreira Construções e Serviços LTDA foi subcontratada para realizar as obras do novo cemitério da localidade e a acusada, que se apresentava como arquiteta, elaborou o projeto arquitetônico do local.

Ainda segundo a denúncia, quando da apresentação dos documentos necessários para o licenciamento da obra, não foram verificadas as autenticidades do Registro de Responsabilidade Técnica – RRT nº 3896021 e o seu registro profissional no Conselho de Arquitetura e Urbanismo – CAU/RN – de número A34724-2. A denunciada também não estava registrada no Conselho profissional da classe na qual estava exercendo suas funções. Tanto o RRT do projeto da obra quanto o registro no CAU/RN apresentados pela ré eram falsos, de acordo com o MP.

Na primeira instância, a acusada foi condenada a uma prestação pecuniária consistente no pagamento de dois salários mínimos à entidade com destinação social, esta a critério do Juízo da Execução e prestação de serviços à comunidade ou a entidades públicas durante 735 horas, em local a ser definido também pelo Juízo da Execução.

Durante a sessão desta terça-feira, a defesa, em sustentação oral na tribuna da Câmara Criminal, destacou que não teria ocorrido o exercício ilegal da profissão, já que não houve a habitualidade do delito, o qual teria ocorrido em apenas uma ocasião. Desta forma, para a defesa, o que pode haver é a falsidade ideológica ou uso de documento falso.

Contudo, a Câmara Criminal não acolheu os argumentos da defesa e, para o procurador de Justiça, José Alves, representante do MP no órgão julgador, ocorreram as práticas de crimes previstos nos artigos 47 da Lei de Contravenções Penais e 304 do Código Penal. Argumento acompanhado pelo relator da Apelação Criminal, desembargador Saraiva Sobrinho.



Concurso elegerá melhores doces do Seridó

Durante o 1° Encontro de Doceiras do Seridó acontecerá a eleição dos melhores doces da região em quatro categorias: doce de leite, caju ameixa, chouriço e raivinha. Os produtos artesanais serão julgados por uma comissão formada por especialistas em gastronomia e pesquisadores da doçaria seridoense.

“Qualquer pessoas pode participar do concurso. Não precisa ser doceira profissional. Até quem faz um desses doces apenas para o consumo em casa, pode participar do concurso. Vamos eleger quem faz o melhor doce de leite do Seridó, bem como o melhor chouriço, o melhor caju ameixa e a melhor raivinha.”, explica Diego Vale, da organização.

As inscrições são gratuitas pelo site referenciacomunicacao.com.br/doceiras e o produtor pode concorrer em mais de uma categoria. “Não precisa produzir na hora. Só fazer a inscrição e disponibilizar o doce para a apreciação da mesa julgadora”, reforça Diego.

O evento é uma iniciativa da JK Promoções e Referência Comunicação, com apoio do Município de Caicó, Paróquia de Sant’Ana e Sebrae-RN, sendo campeão do Edital Economia Criativa 2019 do Sebrae. O 1° Encontro de Doceiras do Seridó acontecerá nos dias 27 e 28 de setembro, na praça Monsenhor Walfredo Gurgel, em Caicó-RN.