Ezequiel Ferreira informa ao Blog sobre pedidos por melhorias nas estradas do Seridó

Deputado Ezequiel Ferreira em audiência com o diretor do Der

Dos deputados estaduais citados pelo Blog Sidney Silva no post anterior, apenas Ezequiel Ferreira, presidente da ALRN, enviou nota dando conta de ações envidadas junto aos governo, Estadual e Federal, em favor das estradas que cruzam a região Seridó.

O parlamentar disse através de sua acessoria que “a precariedade das estradas do Seridó potiguar motivou a apresentação apenas este ano de 37 requerimentos de sua autoria, apenas em 2019. Em todos os documentos, o objetivo de buscar melhorias para a estrutura das rodovias seridoenses. E a atuação do parlamentar não ficou por aí, Ezequiel buscou junto aos órgãos responsáveis alternativas para que as estradas fossem alvo de operações tapa buracos“.

A nota ainda diz que em várias oportunidades, Ezequiel se reuniu com o diretor-geral do Departamento Estadual de Estradas de Rodagens (DER), Manoel Marques, e com o superintendente regional do DNIT no RN, General Daniel Dantas. Nos encontros, a pauta sempre foi a importância do investimento em melhorias nas estradas, diante do perigo que a falta de estrutura pode representar para os motoristas da região.

A nota segue:

Em outubro, o Governo do Rio Grande do Norte iniciou a recuperação da RN-089, entre os municípios de Jardim do Seridó e Ouro Branco (até a divisa com a Paraíba) no Seridó potiguar. A ação atendeu a um requerimento do deputado estadual Ezequiel Ferreira. Antes, em julho, o DNIT iniciou a recuperação da BR-226, no trecho entre Currais Novos a Santa Cruz.
Ezequiel também defendeu a recuperação da BR-226 no trecho que passa os municípios de São Vicente, Florânia e Jucurutu. O Dnit-RN também iniciou a recuperação do trecho da BR-427 que liga Caicó a Jardim do Seridó, Acari e Currais Novos. Também o trecho que vai de Caicó a Serra Negra do Norte foi solicitado pelo deputado Ezequiel.

Na lista do Dnit está, por exemplo, a recuperação da rodovia entre Florânia e Campo Grande, que recebeu promessa de ser completamente refeita, e a BR 427 que passa em Currais Novos, Acari, Jardim do Seridó, Caicó e Serra Negra do Norte. Ezequiel revelou ainda ter feito ao superintendente do órgão um apelo por melhorias na rodovia 229, que liga Currais Novos a Florânia, rodovia que ainda está sob os cuidados do Estado. O Dnit disse que há chances de que este trecho seja federalizado no próximo ano, quando o órgão terá oportunidade de realizar melhorias no local.


Deputados do Seridó esquecem situação imoral das estradas

O que estão fazendo os deputados que representam a região Seridó, na Assembleia Legislativa, que não lutam pela recuperação das rodovias estaduais? Não pergunto porque eles tem a caneta na mão para resolver. Na verdade, eles tem que ir em busca das melhorias no Governo do Estado, cobrar, pedir, solicitar, bater a porta do Governo, insistir, ser persistentes.

Os parlamentares, Nélter Queiroz (MDB), Vivaldo Costa (PSD), Ezequiel Ferreira (PSDB) e Francisco (PT), parecem visitar a região de avião, helicóptero, ou outro meio que não precise usar as RNs 118 e 228, que estão há décadas precisando de melhorias. Destaco que somente o trecho da 118, entre Caicó e Jucurutu, foi recuperado e está em ótimo estado.

As demais rodovias estão sem nenhuma melhoria e os parlamentares parecem desconhecer a situação, o que é lamentável.

Outras rodovias que cruzam a região, estão igualmente em situação IMORAL.


Mega-Sena sorteia nesta terça-feira prêmio acumulado de R$ 36 milhões

Agência Brasil – O concurso 2.217 da Mega-Sena sorteará nesta terça-feira (17) um prêmio estimado em R$ 36 milhões. O sorteio desta noite será o primeiro da Mega-Sena de Natal, que terá concursos ainda na quinta-feira (19) e no sábado (21).

As seis dezenas serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo. O sorteio é aberto ao público.

De acordo com a Caixa, o valor do prêmio principal, caso aplicado na poupança, renderia por mês mais de R$ 103 mil.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa, em todo o país. A cartela, com seis dezenas marcadas, custa R$ 4,50.