Sobe para 20 o número de casos suspeitos de Coronavírus em Caicó

O número de pessoas que se enquadram na situação de suspeitos de estar com o Coronavírus em Caicó, subiu para 20 neste sábado (21).

Com relação a possibilidade de confirmação de algum desses casos, ainda não foi possível saber, pois o primeiro exame enviado para o laboratório teve resultado inconclusivo.

A cidade de São Fernando, na região Seridó, tem 2 casos suspeitos.

Na cidade de Parelhas, dois casos suspeitos foram confirmados. Inclusive, um dos pacientes foi encaminhado para Natal.


Seridó: MPF e MPRN recomendam que PM fiscalize quem descumpre decretos, inclusive com prisão, se for necessário

O comandante do 6º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel, Walmary Costa, recebeu duas recomendações do Ministério Público Federal e do Ministério Público Estadual, para adotar providências imediatas de fiscalização ostensiva no MUNICÍPIO DE CAICÓ, quanto ao descumprimento dos decretos governamentais que visam o isolamento social por causa do Coronavírus, utilizando-se dos meios legais que lhes são inerentes, incluindo medidas de natureza criminal, como a prisão em flagrante por quem resistir ou desobedecer à ordem dirigida pela autoridade militar.

Os lugares que precisam estar fechados são:

Shopping centers, restaurantes, lanchonetes, praças de alimentação, praças de food trucks, bares e similares, boates, casas de eventos e de recepções, salões de festas, inclusive privados, clubes sociais, parques públicos, parques de diversões, academias de ginástica e estabelecimentos similares, centros de artesanato, museus, bibliotecas, teatros, cinemas e demais equipamentos culturais, igrejas, templos religiosos, lojas maçônicas e estabelecimentos similares.

As recomendações chegam, principalmente, depois que um carro do Corpo de Bombeiros, na manhã deste sábado (21), teve que fazer o uso de serviço de som pedindo às pessoas que evitassem aglomerações e voltassem para suas casas.

As fiscalizações ostensivas ocorrerão ainda nos MUNICÍPIOS DE ACARI, CAICÓ, CARNAÚBA DOS DANTAS, CERRO CORÁ, CRUZETA, CURRAIS NOVOS, EQUADOR, FLORÂNIA, IPUEIRA, JARDIM DE PIRANHAS, JARDIM DO SERIDÓ, JUCURUTU, LAGOA NOVA, OURO BRANCO, PARELHAS, SANTANA DO SERIDÓ, SÃO FERNANDO, SÃO JOÃO DO SABUGI, SÃO JOSÉ DO SERIDÓ, SÃO VICENTE, SERRA NEGRA DO NORTE, TENENTE LAURENTINO CRUZ E TIMBAÚBA DOS BATISTAS.

Confira as recomendações:


Fundase suspende visitas às unidades de atendimento socioeducativo

Diante da pandemia do coronavírus (Covid-19) e considerando as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), a Fundação de Atendimento Socioeducativo – Fundase/RN suspende a partir da segunda-feira (23) as visitas às unidades de internação, em Natal, Caicó e Mossoró. A decisão foi publicada da noite de sexta-feira (20) pela Portaria Nº 029/2020, que também trata de outras medidas preventivas.

Todos os procedimentos serão inicialmente adotados durante três semanas. Ao final desse período, o quadro de ameaças de contaminação será reavaliado e as medidas poderão ser extintas ou prorrogadas.

Continue lendo

Plantão noturno: Justiça concede liminar para suspensão de feiras livres em Natal e Parnamirim

A juíza Karyne Chagas atendeu aos pedidos do Ministério Público Estadual em duas Ações Civis Públicas ajuizadas durante o Plantão Noturno dessa sexta-feira (20) e, durante a madrugada, concedeu liminar determinando a suspensão das feiras livres que aconteceriam neste sábado nos bairros do Alecrim e Santa Catarina, em Natal, e durante o sábado e domingo no Município de Parnamirim (bairros Coophab, Nova Esperança, Santos Reis, Parque Industrial e Pium). As decisões são motivadas pelo surto epidêmico do novo coronavírus (Covid-19).

Nas duas Ações Civis Públicas – movidas contra o Município de Natal e de Parnamirim – a magistrada determinou que os entes municipais e os organizadores se abstenham de promover as feiras, impedindo a montagem das barracas e o comércio dos gêneros alimentícios no local, até que se realize estudo de viabilidade da realização dessas feiras ou, caso não realizado, enquanto perdurarem as medidas restritivas à formação de aglomeração de pessoas, sob pena de multa de R$ 10 mil.

Foi determinado ainda que os dois Municípios suspendam imediatamente, as licenças para funcionamento das feiras citadas, também sob pena de multa no mesmo valor.


Comerciantes de outros estados não poderão comprar no Moda Center em Santa Cruz do Capibaribe-PE

Os comerciantes de diversos estados brasileiros que compram confecção para revenda nos pólos de moda de Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco, não poderão se quer fazer pedidos junto aos fornecedores. É que a Prefeitura local determinou a proibição de pessoas que tentem entrar na cidade para comprar.

Vou coibir a entrada dos ônibus que estão vindo com o intuito de comprar aqui no Moda Center. Quero dizer que a população poderá transitar normalmente nessas divisas, lembrando que só serão barrados aqueles ônibus identificados com pessoas que venham fazer comercio em nossa cidade“.

A declaração é do Secretário Executivo de Defesa Social de Santa Cruz do Capibaribe, Júnior da Rocam, em entrevista a imprensa local.


Em Jucurutu, vereadores e empresário entram em quarentena depois de contato com o deputado General Girão

Marcos Dantas informa em seu blog que vereadores e lideranças da região do Seridó que tiveram contato com o deputado federal General Girão entraram em quarentena. A recomendação do isolamento voluntário partiu da própria Secretaria de Saúde de Jucurutu, depois da confirmação de que o deputado Girão está positivo para o Coronavirus.

A Secretária de Saúde, Ilany Kelle Gomes de Araújo confirmou que a secretaria entrou em contato com todos as pessoas de Jucurutu que tiveram contato com o deputado, no período de menos de 14 dias, orientando o isolamento voluntário até o dia 27 deste mês.

Dentre os que tiveram contato com Girão estão três vereadores e um empresário de Jucurutu, porém não apresentam até agora nenhum sintoma característico para o Coronavirus.


2020 já regristrou 165 casos e 13 mortes de pessoas infectadas pela gripe A H1N1

O Ministério da Saúde mantém a vigilância da influenza no Brasil por meio da vigilância sentinela de Síndrome Gripal (SG) e de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em pacientes hospitalizados.

Ao todo, são 114 unidades distribuídas em todas as regiões geográficas do país e tem como objetivo principal identificar os vírus respiratórios circulantes, permitir o monitoramento da demanda de atendimento dos casos hospitalizados e óbitos.

Em 2020, até a Semana Epidemiológica 11 (14 de março), foram registrados 165 casos e 13 óbitos por Influenza A (H1N1), 139 casos e 14 óbitos por Influenza B e 16 casos e 2 óbitos por Influenza A (H3N2). O estado de São Paulo concentra o maior número de casos de H1N1, com 42 casos e 2 óbitos. Em seguida, estão a Bahia (40 casos e 3 óbitos) e o Paraná (20 casos e 5 óbitos). No ano passado, o país registrou 5.800 casos e 1.122 óbitos pelos três tipos de influenza.


Começa segunda-feira vacinação contra gripe

O Ministério da Saúde inicia na segunda-feira (23/3) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Nesta primeira etapa, os públicos prioritários são idosos e trabalhadores da saúde. Serão realizadas mais duas etapas em datas e para públicos diferentes, alcançando cerca de 67,6 milhões de pessoas em todo o país. A meta é vacinar, pelo menos, 90% de cada um desses grupos, até o dia 22 de maio. Para isso, foram adquiridas 75 milhões de doses da vacina, que já estão sendo enviadas aos estados. O dia “D” de mobilização nacional para a vacinação acontece no dia 9 de maio (sábado). Nesta data, os 41 mil postos de saúde ficarão abertos para atender todos os grupos prioritários.

Continue lendo

Por causa do Coronavírus, CDL, Assisc e Sindvajero, recomendam o fechamento do comércio de Caicó

A Câmara de Dirigentes Lojistas, Associação Comercial, Industrial e Serviços e Sindicato do Comércio Varejista de Caicó, emitiram neste sábado (21), de forma excepcional e com o objetivo de resguardar o interesse da coletividade na prevenção do contágio e no combate da propagação do Coronavírus (COVID-19), RECOMENDAM O FECHAMENTO DO COMÉRCIO DE CAICÓ, COM O OBJETIVO DE GARANTIR O ISOLAMENTO SOCIAL.

Para as empresas que não conseguirem fechar o estabelecimento, foi sugeridas algumas medidas, como:

▪ redução de regime de jornada de trabalho, com possibilidade de turnos alternados de revezamento ou “expediente corrido”;

▪ adoção de trabalho remoto, com prestação de serviços “home office” e “delivery”;

▪ os colaboradores que pertencerem ao grupo de risco (pessoas maiores de 60 anos e portadores de doenças crônicas como diabéticos, hipertensos, insuficiência renal e doenças respiratórias, gestantes e lactantes) devem, preferencialmente, ficar em isolamento domiciliar;

▪ os colaboradores que apresentarem sintomas de doenças respiratórias devem, preferencialmente, ficar em isolamento domiciliar;

▪ melhor distribuição física da força de trabalho presencial com o objetivo de evitar concentração de pessoas no ambiente de trabalho.

Como medidas de proteção aos clientes:

▪ cumprimento de medidas previstas pela OMS e Ministério da Saúde;

▪ cumprimento das medidas previstas no Decreto Estadual n°29.541 de 20 de março de 2020;

▪ mesmos os estabelecimentos empresariais não contemplados no Decreto Estadual n°29.541/2020 devem adotar as medidas de prevenção ao COVID-19.

Todas as medidas sugeridas são motivadas pela confirmação, nesta sexta-feira (20), por parte do Ministério da Saúde, de que todo o território nacional está em status de transmissão comunitária do coronavírus.

Para a publicação de tal recomendação, consideramos também a existência de casos suspeitos de coronavírus em nossa região e a fragilidade do nosso sistema de saúde.

As entidades empresariais de Caicó, colocam-se à disposição do Poder Público e de demais instituições locais para empreender novas ações de enfrentamento ao COVID-19 (coronavírus).