Condenado pela morte de jornalista em Serra do Mel/RN é um dos 27 foragidos de presídio no Pernambuco

Ranielly Brito é um dos foragidos de presídio em Limoeiro do Norte – (FOTO: Divulgação-Polícia Civil/RN

A Polícia tenta recapturar o potiguar, Ranielly Brito de Azevedo, de 37 anos, que fugiu no dia 09 de julho, passado, juntamente com outros 26 detentos, da Penitenciária Dr. Ênio Pessoa Guerra, na cidade de Limoeiro do Norte, no estado do Pernambuco.

Os detentos explodiram o muro do presídio e colocaram grampos nas ruas da região, para dificultar a reação da polícia. Até esta terça-feira (14), tinham sido recapturados, 9 presos.

O foragido, Ranielly Brito, foi condenado em 2013, a uma pena de 23 anos de reclusão pela morte do jornalista e líder político, Edinaldo Filgueira, na cidade de Serra do Mel/RN. Ele foi um dos autores materiais do crime.

A denúncia ofertada pelo Ministério Público à época diz que “ficou comprovado que coube aos denunciados Rafânio Brito de Azevedo, Ranielly Brito de Azevedo, Daniel dos Santo Azevedo e Cícera Soares da Costa orquestrar o assassinato de Edinaldo Filgueira”.

Segundo os autos do processo, a arma usada para matar Edinaldo pertencia a Ranielly.

Em 2015, a Divisão Especial de Investigação e Combate ao Crime Organizado – Deicor, prendeu Ranielly Brito e outros dois comparsas por assalto e estouro de caixas eletrônicos. A prisão ocorreu em Natal.


Justiça Eleitoral do RN desaprova contas de diretórios do PSDB e PT; partidos terão que pagar multas

A corte do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) desaprovou, por unanimidade, as contas do exercício financeiro de 2017 dos diretórios estaduais do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB/RN) e do Partido dos Trabalhadores (PT/RN), na sessão ordinária desta terça-feira (14).

Na prestação de contas do PSDB/RN, o relator, juiz eleitoral Ricardo Tinôco, destacou que o órgão utilizou recursos do fundo partidário na manutenção de uma piscina no imóvel alugado como sede do partido. Além disso, ressaltou a não aplicação de recursos do fundo em programas de incentivo à participação feminina na política, como dispõe o §5 do art. 44 da Lei 9.096/95 (Lei dos Partidos Políticos).

Continue lendo

Corpo do empresário Jácio Galvão é encontrado no Gargalheiras

O corpo do empresário, Jácio Mamede Galvão, de 62 anos, foi encontrado na tarde desta terça-feira (14), por volta das 15hs50min nas águas do açude Gargalheiras.

Em contato com o Blog Sidney Silva, o sargento Glicério Santos, do Subgrupamento dos Bombeiros Militares de Caicó, que participou das buscas, disse que foi possível localizar o corpo quando ele emergiu.

“Ele emergiu próximo de onde nós estávamos fazendo as buscas. Nossa equipe fez a retirada do corpo de dentro da barragem e o deixou sob custódia da Polícia Militar, que acionou a Polícia Civil e o ITEP”, relatou.

Ao todo, foram empregados (dos Bombeiros) 4 militares de Caicó e 4 de Natal, além de 3 militares da Capitania dos Portos. Eles usaram 2 botes, material de mergulho e busca e 1 JetSki.

Equipe dos Bombeiros que participaram das buscas em Gargalheiras – (FOTO: Bombeiros Militar/Divulgação)

O empresário Jácio Mamede Galvão, desapareceu na tarde do último domingo (12), depois que saiu para dar uma passeio de lancha na Barragem.

Durante as buscas, foram encontrados vários objetos pessoas como, máscara que estava usando, um remo e um banco da embarcação, galões de combustível. A lancha não foi encontrada.


Indenização para profissional da saúde afetado por covid-19 é aprovada

Benefício vale para quem atuou diretamente no combate à pandemia – (Foto: Rovena Rosa/ABr)

Agência Brasil – A Câmara dos Deputados concluiu nesta terça-feira (14) a análise do projeto que prevê o pagamento de compensação financeira de R$ 50 mil aos profissionais de saúde por morte ou incapacidade permanentemente para o trabalho após serem contaminados pela covid-19 ao atuarem diretamente no combate à pandemia. A indenização será paga pela União. A matéria segue para sanção presidencial.

O texto do Projeto de Lei 1.826 estabelece que, no caso de morte, o valor será dividido igualmente entre os dependentes e o cônjuge ou companheiro. Além desse valor, serão pagos R$ 10 mil a cada ano que faltar para o dependente menor de 21 anos atingir essa idade. A indenização será estendida aos 24 anos, caso o dependente esteja cursando ensino superior na data do óbito. Para dependentes com deficiência, a indenização será de R$ 50 mil, independentemente da idade.

Continue lendo

Deputados rejeitam proposta de adiar PEC da Previdência

Deputados se reuniram em sessão virtual

Com 13 votos contra e 11 a favor, os deputados rejeitaram o requerimento do deputado Kelps Lima (SDD) que solicitava o adiamento da votação da PEC da reforma Previdência dos servidores do RN. O requerimento condicionava sua votação ao retorno dos trabalhos legislativos presenciais. A PEC será votada em dois turnos.

Os deputados que votaram contra o requerimento de Kelps argumentaram sobre o prazo estipulado pelo Governo Federal, até 31 de julho, sob pena, para o Governo do RN e dos outros Estados federativos que não fizerem sua reforma, de terem suspensos convênios e transferência de recursos.

Na discussão da matéria, o autor do requerimento, deputado Kelps Lima, afirmou que gostaria de saber qual seria a postura da então sindicalista e atual governadora, Fátima Bezerra, diante de uma votação como esta. “Qual seria a mobilização para votar um requerimento, do projeto dos mais importantes para o servidor, longe do servidor?”, questionou Kelps. O parlamentar afirmou que o governo poderia ter tentado adiar o prazo da reforma junto ao Governo Federal.

Continue lendo

Caicó: Idosos do Abrigo Pedro Gurgel testam negativo para Covid-19

Idosos passagem por exames de Covid

Na manhã desta terça-feira (14), os idosos do Abrigo Dispensário Professor Pedro Gurgel, de Caicó, fizeram testes rápidos de Covid-19 e o resultado foi negativo em todos.

Ao todo, são 36 idosos, sendo 20 mulheres e 16 homens morando morando na instituição.

O diretor, Thiago Carneiro, disse ao Blog Sidney Silva, que por causa da pandemia, as visitas estão suspensas e que os funcionários, antes de entrar, passam por sala de higienização.


Prefeitura de Jardim de Piranhas decreta o fechamento de fábricas, igrejas e parte do comercio

Prefeitura de Jardim de Piranhas decreta o fechamento de setores da economia local(FOTO: Naquib Libânio)

O prefeito Elídio Quiroz, decretou o fechamento de diversos setores do comercio da cidade de Jardim de Piranhas, até o dia 29 de julho, por causa do aumento dos casos de COVID-19 no Município. Só nesta segunda-feira (13), 55 pessoas foram confirmadas com a doença. Ao todo, durante a pandemia, 292 pessoas testaram positivo e 05 já morreram.

“CONSIDERANDO a absoluta necessidade de adoção de medidas preventivas mais rígidas”, diz um trecho do Decreto. O documento ainda destaca que Jardim de Piranhas não dispõe de nenhum leito de UTI para tratamento de pessoas em estado grave.

Diante dos números, o gestor suspendeu em todo território municipal, o funcionamento de: Bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres; Academias, centros de ginástica, ginásios, centros esportivos públicos e privados, e estabelecimentos similares; Proibir que se frequente praças públicas, campos de futebol, áreas de lazer pública ou privada, quadras poliesportivas, bem como a circulação de pessoas que não estejam adquirindo bens ou serviços essenciais; A realização de missas, cultos e quaisquer cerimônias religiosas, podendo ser realizado on-line; Suspender o funcionamento de salões de beleza e de estética, barbearias e congêneres; Fábricas e indústrias, exceto as que se destinam a fabricação de EPI’s; Hotéis, motéis, pousadas e similares e lojas de motocicletas.

*Leia AQUI, o Decreto da Prefeitura de Jardim de Piranhas.


Presidente da Câmara defende realização de testes em asilos de Caicó

A presidente da Câmara Municipal de Caicó, Rosângela Maria, encaminhou ofício ao prefeito Robson de Araújo (Batata). O objetivo é buscar entendimentos com a secretaria municipal de Saúde, no sentido de que sejam disponibilizados testes de covid-19.

Os exames atenderiam os idosos do Abrigo Dispensário Professor Pedro Gurgel e Casa da Caridade São Vicente de Paula.

Devido aos internos desses asilos estarem incluídos no grupo de risco do covid-19, se faz necessária essa testagem com a máxima urgência”, explicou Rosângela.


Saque de auxílio emergencial é liberado para beneficiários do 3º lote

Beneficiários do auxílio emergencial contemplados no terceiro lote podem sacar hoje (14) os recursos da primeira parcela. O saque está liberado para os nascidos entre outubro e dezembro. O auxílio foi criado pelo governo para reduzir os efeitos da pandemia na economia brasileira.

A Caixa antecipou o calendário de saque em dinheiro aos beneficiários com direito a receber a primeira parcela do auxílio emergencial por terem sido aprovados no início do mês de junho.

Essas pessoas, que pertencem ao terceiro lote que a Caixa recebeu da Dataprev, teriam originalmente a liberação do saque em espécie concluída em 18 de julho. O calendário de saque em dinheiro teve início no dia 6 de julho, de forma escalonada pelo mês de nascimento.

Continue lendo

Justiça decreta indisponibilidade de bens de ex-deputado Ricardo Motta

Ricardo Motta, ex-deputado, teve os bens bloqueados pela Justiça – (FOTO: João Gilberto)

Em um desdobramento da operação “Dama de Espadas”, foi decretada a indisponibilidade de bens, limitada ao valor de R$ 372 mil, do ex-deputado estadual Ricardo Motta, da ex-servidora comissionada da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Bruna Torres Pereira, e de seu pai, Oswaldo Ananias Pereira Júnior, em uma Ação de Responsabilização pela Prática de Atos de Improbidade Administrativa. O caso envolve a suposta condição de “funcionária fantasma” atribuída a Bruna Pereira. A decisão, em medida liminar, é do juiz Bruno Montenegro Ribeiro Dantas, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal.

Segundo o Ministério Público Estadual, Bruna Torres manteve vínculo com a ALRN, na função de Assessor Técnico da Presidência 2, com lotação na Presidência daquela Casa legislativa durante a gestão do então deputado Ricardo Motta, no período compreendido entre janeiro do ano de 2014 e novembro do ano de 2015, tendo recebido regularmente a remuneração do cargo.

Continue lendo

Governo edita decreto que amplia prazo para suspensão de contratos de trabalho e redução da jornada

A suspensão do contrato de trabalho feita pelo Governo Federal foi prorrogada

O governo federal editou decreto que amplia o prazo do programa que permite a redução de jornada e de salário e a suspensão de contratos de trabalho, medidas que foram anunciadas em meio à pandemia do novo coronavírus como forma de evitar uma perda maior de empregos.

O decreto foi publicado no “Diário Oficial da União” desta terça-feira (14), com assinatura do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Economia, Paulo Guedes.

A medida provisória inicial, que foi sancionada no último dia 6 e transformada em lei, previa a suspensão dos contratos de trabalho por até dois meses e a redução da jornada e de salários em até 70% por até três meses.

Continue lendo