Caicó: Justiça concede liberdade a mulher presa na Operação Fantoche II

Justiça mandou soltar mulher presa e autuada por tráfico de drogas

Na tarde desta sexta-feira (25), o blog tomou conhecimento que Janiele Karine Fernandes, presa pela manhã na Operação Fantoche II, na cidade Caicó, foi posta em liberdade.

O advogado Ariolan Fernandes, que faz a defesa de Janiele disse que ela foi presa e autuada em flagrante por, supostamente, ser a proprietária de quase mil porções de maconha e dezenas de pedras de crack encontradas em imóvel de que tinha posse.

O advogado ainda disse que a soltura de sua cliente aconteceu de forma rápida devido “o status libertates ser medida que contemplou os ditames da Justiça. Ela é primária, tem profissão definida, é mãe de 4 filhos pequenos e faz jus ao benefício da liberdade permanente, visto que provisória é a prisão. Quanto à acusação da prática do crime pelo qual se viu autuada, a instrução processual trará luz para os fatos”.


Administração Penitenciária e Justiça estudam projeto para APAC em Jucurutu

Secretário da SEAP, diretora do Presídio de Caicó e o juiz de Jucurutu, fizeram visita ao CDP de Jucurutu

Representantes da Secretaria da Administração Penitenciária (SEAP) e do Tribunal de Justiça estiveram reunidos nesta quinta-feira, dia 24, com o juiz da comarca de Jucurutu, Mark Clark Santiago Andrade, para avaliar a possibilidade de instalação da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) no município da Região Seridó do Rio Grande do Norte. 

A APAC é uma entidade civil de direito privado dedicada à recuperação e à reintegração social dos condenados a penas privativas de liberdade. O juiz Mark Clark explicou que é um entusiasta do projeto e que no que depender do Judiciário, as portas estão abertas para uma parceria. “A APAC tem o viés de acreditar no ser humano e encampamos essa ideia”, disse. Para o secretário da Administração Penitenciária, Pedro Florêncio Filho, a criação de mais uma APAC seria um grande avanço. “A APAC é o modelo eficaz de transformação do apenado. O Rio Grande do Norte, por determinação do Governo do Estado, tem caminhado e apoiado parcerias nesse sentido. Somado a uma Justiça atuante e comprometida com o Sistema Penitenciário, vamos avançar nessa questão”, disse.

Continue lendo

Microcrédito chega a mais de 200 empreendedores de dez cidades do Seridó

Crédito chegou para diversas cidades do Seridó

Em apenas três dias, um total de 204 empreendedores de 10 cidades da região Seridó do Rio Grande do Norte receberam o apoio do Microcrédito do Empreendedor Potiguar. O programa de crédito e incentivo ao empreendedorismo do Governo do Estado, executado pela Agência de Fomento do RN (AGN-RN), garantiu suporte a negócios instalados nas localidades com um investimento superior a R$ 1 milhão.

Os proprietários de negócios nos municípios de Cerro Corá, Lagoa Nova, São Vicente, Currais Novos, Jucurutu, Acari, Cruzeta, Parelhas, Santana do Seridó e Carnaúba dos Dantas estão entre os atendidos pelos recursos do programa de crédito e incentivo ao empreendedorismo. Na região, o programa atende principalmente os setores de comércio, serviços e economia solidária.

As liberações aconteceram entre a última quarta-feira (22) e a manhã desta sexta (25) com a assinatura dos contratos de financiamento. O atendimento obedeceu aos protocolos de bioprevenção para garantir a saúde de colaboradores, parceiros e clientes da instituição de fomento.

Continue lendo

Celso de Mello antecipa volta ao STF e reassume caso de Bolsonaro sobre suposta interferência na PF

Celso de Mello antecipa volta ao STF – (FOTO: Daniel Ferreira/Metrópole)

O ministro Celso de Mello, que estava de licença médica, antecipou para esta sexta (25) sua volta aos trabalhos do Supremo Tribunal Federal e reassumiu a relatoria do inquérito que apura a suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

O STF confirmou à CNN que a volta da investigação para as mãos de Mello é automática, e que já ocorreu.

Durante a ausência do decano do STF, a relatoria do caso foi para ministro Marco Aurélio. Durante sua interinidade, ele decidiu que o recurso de Bolsonaro contra a obrigatoriedade de depoimento presencial à PF deveria ser julgado pelo plenário da corte.

Mello havia determinado que o interrogatório deveria ser presencial.

Iniciada no dia 19 de agosto, a licença de Mello iria até sábado (26), mas foi encerrada na quinta (24) — pela previsão original, ele deveria voltar aos trabalhos do STF na próxima segunda-feira.

O encerramento da licença se deu no mesmo dia em que Marco Aurélio divulgou seu voto no caso Bolsonaro: ele defendeu que o presidente tinha o direito de prestar depoimento por escrito.

O julgamento sobre a forma do depoimento de Bolsonaro está marcado para a próxima sexta, 2 de outubro, e deverá ocorrer no plenário virtual do STF. Mello deixará a corte em 1º de novembro, quando completará 75 anos, idade limite para integrantes do Supremo.

CNN Brasil


Advogado e candidato a prefeito do PT em cidade do RN está desaparecido

Carro do advogado foi encontrado com os pneus furados

O candidato a prefeito pelo PT, João Venâncio, da cidade de Antônio Martins, interior do Rio Grande do Norte, está desaparecido desde de ontem (24) à tarde, quando saiu em seu veículo rumo à cidade de Pau dos Ferros. Até o momento a família não tem notícias dele. A informação é do portal Folha Regional.

O carro de João Venâncio foi encontrado nas margens da BR-405 com os quatro pneus furados e fechado. A família já o procurou em hospitais, delegacias e diversos outros locais.

João Venâncio, que também é advogado, é candidato a prefeito da cidade de Antônio Martins e realizou a convenção do seu partido, o PT, no último dia 15 de setembro, mas até o momento não deu entrada no registro de candidatura.

Portal Grande Ponto


Polícia Civil deflagra Operação “Fantoche II” e prende cinco pessoas em Caicó

Material apreendido pela Polícia Civil na Operação Fantoche II – (Foto: Divulgação/Polícia Civil-RN)

Policiais civis da Delegacia Municipal de Caicó deflagram, nesta sexta-feira (25), a 2ª fase da Operação “Fantoche”; a 1ª fase da operação aconteceu em maio deste ano. Ao longo das diligências, foram cumpridos mandados de busca e apreensão e de prisão. A operação resultou na prisão em flagrante de uma mulher, pela suspeita da prática do crime de tráfico de drogas.

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nos bairros: Walfredo Gurgel e Nova Caicó. Em uma residência no bairro Walfredo Gurgel, foram apreendidas quase mil porções de entorpecentes, sendo: 152 pedras de “crack”, 770 porções de maconha e uma porção de cocaína; além de seis tabletes de maconha, motivo pelo qual Janiele Karine Fernandes foi presa em flagrante, pela suspeita da prática do crime de tráfico de drogas.

Ainda na residência dela, foram encontrados diversos objetos relacionados à prática do crime de tráfico de drogas: duas balanças de precisão e uma balança de escala eletrônica – portátil e R$ 2.239,00 (dois mil duzentos e trinta e nove reais) em dinheiro fracionado. Ainda durante a operação, foram apreendidos cinco aparelhos celulares.

Em outra casa, também no bairro Walfredo Gurgel, foram apreendidas 31 pedras de “crack” e seis porções de maconha; mas, ninguém foi preso. Além disso, foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), decorrente do uso de droga, em desfavor de um homem, que portava uma porção de maconha.

Ao longo da operação, foram cumpridos, já no sistema penitenciário, os seguintes mandados de prisão, em desfavor de: José Antônio Freire da Silva, mais conhecido como “Zé da Brahma”, que já havia sido preso em maio; Pablo Araújo da Silva Andrade, mais conhecido como “Papel”; Jefferson Alves Nunes, mais conhecido como “Pompom”; e Cláudio José da Silva, mais conhecido como “Fazendeiro”, mandado para regressão de regime.

Ao todo, a operação contou com a participação de, aproximadamente, 50 policiais, lotados na Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Mossoró, nas Delegacias Municipais de: Caicó, Parelhas, Currais Novos, Florânia, Santana do Matos e Jardim do Seridó, além de equipes da 3ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Caicó, e apoio da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), da Diretoria de Inteligência (DINT) e do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MSJP).

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.


Polícia Civil prende, em João Pessoa, caraubense integrante do “Novo Cangaço”, condenado a mais de cem anos de prisão

Operação prendeu o homem que estava entre os mais perigosos do Rio Grande do Norte – (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) prenderam, nesta sexta-feira (25), José Jocenildo de Morais Fernandes, mais conhecido como “Nildinho” ou “Farofa”, 38 anos. Em desfavor dele, havia cinco mandados de prisão em aberto, totalizando quase 100 anos de prisão.

Ele, que estava foragido da Justiça Potiguar desde 2016, foi preso no município de João Pessoa, no Estado da Paraíba, onde estava residindo há, aproximadamente, dois anos. José Jocenildo também estava foragido da Justiça Paraibana. A operação contou com o apoio do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil da Paraíba (PC/PB).

Segundo as investigações, “Nildinho” é integrante do “Novo Cangaço”, sendo um dos responsáveis por diversos roubos a agências bancárias no Rio Grande do Norte (RN) e na Paraíba (PB), bem como por roubos a carros-fortes. Nas ações criminosas, José Jocenildo é o responsável por explodir os cofres das agências, cumprindo um papel relevante.

Os últimos crimes, comprovados como praticados pela organização criminosa que ele integra, ocorreram no município de São Paulo do Potengi (RN), em setembro de 2018, quando roubaram a quantia de um milhão e meio de reais (R$ 1.500.000,00). Na ocasião, houve confronto com policiais da DEICOR, resultando na morte de um dos suspeitos.

“Nildinho” também é condenado por ter praticado os crimes de homicídio, que vitimaram os irmãos do então prefeito de Campo Grande (RN): Cézar Verás e Vicente Verás; de acordo com as investigações, contratado por Valdetário Carneiro. José Jocenildo foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181 ou Disque DEICOR, no número: (84) 3232-2862 ou, por meio do aplicativo WhatsApp, no número: (84) 98135-6796.


Currais Novos: Homem é preso por abusar sexualmente de sobrinha de 11 anos

Prisão foi realizada pela Polícia Civil em Currais Novos – (Foto: Cleto Filho)

Um homem de 32 anos foi preso no final da tarde desta quinta-feira (24), suspeito de abusar sexualmente da sua própria sobrinha, de 11 anos, em Currais Novos, na região Seridó potiguar. Segundo o delegado Paulo Ferreira, o suspeito confessou o crime durante o interrogatório feito na delegacia.

O crime chegou ao conhecimento da Delegacia de Currais Novos após uma denúncia feita pelo Conselho Tutelar do município.

De acordo com o delegado, a polícia abriu um inquérito e pediu um mandado de prisão preventiva contra o suspeito, concedido pela Justiça e cumprido no final da tarde.

Ele confessou todos os seus atos reprováveis praticados e foi encaminhado para o presídio de Caicó, onde vai aguardar julgamento“, disse o delegado.

A Polícia Civil solicitou que a população faça denúncias, mesmo que de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.