Caicó: Áudios revelam que grupo preso na Operação Fantoche II tramou assassinato

Operação Fantoche prendeu envolvidos com o crime organizado em Caicó

Áudios obtidos pelo Blog Sidney Silva e, que fazem parte do material probatório constante na investigação da Polícia Civil em torno de um grupo que é faccionado, revelam a trama do que parece ser a “determinação” do assassinato de uma pessoa em Caicó. Um dos envolvidos é José Antônio Freire da Silva, também conhecido como “JET ou “Zé da Brahma”, que está preso por força de mandados de prisão, cumpridos nas duas fases da operação Fantoche, ocorridas nos dias 15 de maio e no dia 25 de setembro, deste ano. Inclusive, ele estava se preparando para ser candidato a vereador nas eleições deste ano em Caicó.

Os áudios são de conversas mantidas através de um aplicativo de celular, onde, o Zé da Brahma trata com seus amigos, que fazem parte de uma facção criminosa, sobre a morte de “THIAGO OLIVEIRA VARELA”.

Zé da Brahma é apontado pela Polícia Civil como membro de facção criminosa

Após análise do material, o Blog fez a transcrição dos áudios.

No dia 13/05/20 às 13:00, o homem identificado como “Papel”, que se intitula o “Disciplina da Quebrada”, relata um fato onde o Thiago é abordado por ele e o “Coroa Guerreiro”, que é Zé da Brahma. A abordagem se deu porque Thiago estaria ameaçando pessoas e agredido a própria mãe.

Confira:

(E aí meus irmãos, uma boa tarde aí viu, aqui é Papel na voz, o Disciplina da Quebrada aqui Nova Caicó. Meu irmão eu vim passar a visão de um camarada aí chamado Thiago, que já não é de hoje não, é de tempo, vem fazendo tumulto na quebrada, ameaçando o povo, querendo bater no povo e aí hoje tava empurrando a mãe dele, o irmão, aí eu fui lá mais o Coroa pra resolver. O cara “danou” uma chave lá no Coroa que cortou na mão dele e disse que ia dar parte de nós, tá entendendo, do Coroa Guerreiro).

Às 13hs01min do mesmo dia: Voz de Papel:

(Só agradece a atenção de vocês e atenção aqui na Nova Caicó)

E ele seguiu dizendo:

(E quando nós chegou lá, o cara tentou partir pra cima de nós lá, com um pedaço de ferro e nós conseguiu tomar lá dele).

OBS: A Polícia Militar foi chamada e conduziu Zé da Brahma e Thiago para a Delegacia. Foi lavrado Termo Circunstanciado de Ocorrência – TCO neste mesmo dia 13 de maio de 2020, onde José Antônio Freire da Silva, “JET ou Zé da Brahma” foi acusado de ameaçar “THIAGO OLIVEIRA VARELA”.

Na noite do mesmo dia, às 18hs39min o grupo volta a se falar pelo aplicativo. Dessa vez, Papel pergunta sobre com quem pode pegar o “café” que é droga, no Bairro Walfredo Gurgel, que eles chamam de WG.

Confira:

(E aí parceiro, uma boa noite aí, escute, quem é que tem o café de balinha lá no WG, é o Trem é?)

Às 19hs29, o Zé da Brahma responde dizendo:

(Boa noite parceiro pra nós aí, só agradece a atenção, ou o Trem ou o Pai Vei, só quem pode ter pra lá é eles mesmo).

No dia seguinte, em 14 de maio, Zé da Brahma fala no grupo dizendo que está “do outro lado da cidade resolvendo “as situações”.

(E aí tá tudo tranquilo aí graças a Deus? Eu tô aqui do outro lado da cidade resolvendo as situações, então a mais tarde eu chego aí).

Outro membro responde às 11hs44min:

(Demorou, demorou, tá sossegado, eu pensei que cê tava em casa)

Às 11hs47min, o Zé da Brahma, fala:

(Faça uma transferência pros moleques aí, se avistar essa alma aí, que ele já é alma, não diga nada, certo, não diga nada com ele, pra não me complicar) – Aqui ele se refere à Thiago.

Em seguida vem a resposta:

(Demorou)

Às 11hs48, outro pergunta:

(E aí, como é que vai ficar, já pode pegar?)

*Emojis, que são imagens, de um fantasma e de uma arma, são mostrados.

Às 11hs55min, o Zé da Brahma responde:

(Não, pode pegar agora não, eu vou fazer uma sopão semana que entra e vou ficar na porta de minha casa com a sopa e um monte, e a comunidade me ver que eu tô em casa, aí no dia da sopa é o último dia que ele veve).

Às 11hs56min, a resposta:

(Demorou então, vai dar certo, bote eu no cangaço viu?)

E Zé da Brahma responde em seguida:

(Você já faz parte do cangaço, fique sossegado)

O  assassinato de “THIAGO OLIVEIRA VARELA”, não se concretizou. Ele, com seus familiares, deixaram a cidade de Caicó.

No dia 15 de maio, foi deflagrada pela Polícia Civil, a Operação Fantoche I, que prendeu Gerfferson Nunes Alves, vulgo “pompom”, de 31 anos, José Antônio da Silva Freire, vulgo “Zé da Brahma”, de 57 anos e Pablo Araújo da Silva Andrade, vulgo “papel”, de 21 anos.

Segundo a Polícia, Zé da Brahma, exerce papel de liderança da facção Sindicato do RN, em Caicó. Ele também é apontado como responsável pela prática de tráfico de drogas na região, e integra do “Tribunal do Crime”, que realizava o julgamento e punição de integrantes da facção que burlavam seus próprios regramentos.


Sargento Alencar foi transferido para o Hospital Walfredo Gurgel em Natal

Sargento Alencar foi transferido para Natal em ambulância do Samu

Era por volta das 22hs45min da noite desta segunda-feira (28) quando a Unidade Avançada do Samu deixou o Hospital Regional do Seridó, em direção ao Hospital Walfredo Gurgel em Natal, conduzindo o Sargento Alencar Antônio de Costa, que sofreu um AVC Isquêmico, fato ocorrido na noite do último domingo, em Ouro Branco/RN.

Após a realização de exame de tomografia computadorizada, os médicos identificaram leve piora na área aonde ocorreu o AVC, por isso decidiram encaminhá-lo para Natal.

Quando já estava dentro da ambulância, o respirador instalado no veículo apresentou problema e Alencar teve que ser levado às pressas de volta para a UTI do Hospital. Mais tarde, com a resolução do problema, foi possível fazer a transferência.

Uma viatura do 3º Distrito de Polícia Rodoviária Estadual, aonde o policial trabalha, fez acompanhou do translado para facilitar a liberação do trânsito.