Polícia Civil descobre que ex-candidato a prefeito no RN forjou o próprio sequestro

Vereador forjou o sequestro e vai responder por comunicação falsa

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte aponta que o então pré-candidato a prefeito do município de Antônio Martins, João Venâncio Ferreira (PT), forjou o próprio sequestro. O caso ganhou repercussão em setembro passado, após o político sumir por três dias. A investigação do caso descobriu evidências que depõem contra o suposto sequestro.

A principal prova da investigação é um vídeo, gravado por câmeras de segurança, do dia 25 de setembro, que mostra João Venâncio Ferreira, de 73 anos, descendo de um carro na cidade de Pereiro, no Ceará, o político foi localizado — três dias após o suposto sequestro ser informado. O veículo que levou o petista até a cidade pertence a um sobrinho do político.

Continue lendo

Caicó: Adolescente morre afogado em barragem do Rio Sabugi

Lucas morreu afogado em barragem do Rio Sabugi

Morreu afogado na tarde de sábado (17), na barragem do Sabugi, o adolescente Lucas Lucena Batista, de 15 anos. O garoto estava aniversariando.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e fez buscas pelo corpo de Lucas até encontrá-lo. De lá, ele foi levado para o ITEP aonde passou por necrópsia e depois liberado para sepultamento.

A vítima residia na Rua André Sales, no Bairro Barra Nova, zona oeste de Caicó.


Deicor prende vereador e mais 5 com armas e dinheiro em João Dias/RN

Das pessoas abordadas na residência do vereador, algumas foram presas

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR) deflagraram uma operação, neste sábado (17), com o cumprimento de mandados de busca e apreensão, que resultaram na prisão de sete pessoas e na desarticulação de uma organização criminosa, na cidade de João Dias/RN. Entre os presos, está o vereador Laete Jácome de Oliveira (PP), de 64 anos.

O objetivo da operação era prender 4 filhos do vereador, que são foragidos da Justiça. Ele não foram localizados, mas, os policiais conseguiram apreender a quantia de R$ 15.535, 00 (quinze mil quinhentos e trinta e cinco reais).

De acordo com informações, o dinheiro foi arremessado por cima do muro, pois o vereador imaginou se tratar de ação policial de cunho eleitoral. Os policiais recuperaram o dinheiro.

No local, foram detidos cinco homens que estavam armados, são eles: DAMIÃO LUIZ DA SILVA, vulgo “Damião”, natural de Upanema, de 43 anos, foragido da Justiça, com 01 mandado em aberto; DAVI DOS SANTOS CHAVES, vulgo “Davi”, natural de Fortaleza/CE, de 25 anos; RIAN COSTA BRUNO, vulgo “Rian”, natural de Fortaleza/CE, de 32 anos; ISRAEL NASCIMENTO DA SILVA, vulgo “Israel”, natural de Fortaleza/CE, de 24 anos e FRANCISCO DE ASSIS DA SILVA, vulgo “Chico”, natural de João Dias, de 47 anos.

No momento em que as equipes da DEICOR chegaram à residência do vereador, Laéte Jácome se negou a abrir o portão da casa, mesmo tendo sido verbalizado e informado que se tratava de um mandado de busca, sendo necessário o uso da força. No imóvel foram apreendidas: duas espingardas de calibre 12, com 100 munições do mesmo calibre, dois rifles de calibre 38, com 103 munições do mesmo calibre, e três pistolas de calibre 380, com 80 munições.

Eles foram autuados em flagrante pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e receptação, e encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181, Disque DEICOR (84) 3232-2862 ou pelo WhatsApp da DEICOR (84) 98135-6796.