Ação conjunta das Polícias Federal e Militar prende foragido dos EUA no RN

Uma ação conjunta das polícias federal e militar do Rio Grande do Norte possibilitou a prisão na noite desta sexta-feira (27), em Tibau do Sul, litoral sul potiguar, de um fugitivo americano, 53 anos, apontado como líder de uma seita religiosa e acusado de abusar sexualmente de meninas no estado de Minnesota/EUA.

O homem estava entre os 15 foragidos mais procurados pelo U. S. Marshals, do Departamento de Justiça dos Estados Unidos e o seu nome consta na Difusão Vermelha da INTERPOL. Ele vivia escondido no Brasil desde março de 2012.

A PF entrou no caso desde outubro de 2014 e, de posse do Mandado de Prisão expedido pelo Supremo Tribunal Federal, passou a rastrear a possível localização do foragido em solo brasileiro, sendo ele encontrado e preso por policiais militares de Pipa e Tibau do Sul, por volta das 21h, em um condomínio, juntamente com uma brasileira, 34 anos, que lhe dava apoio no Brasil.

Ambos seguiram conduzidos para autuação na sede da PF. Contra a mulher foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), sendo que ela responderá, em liberdade, perante a Justiça Federal/RN, pelo crime de favorecimento pessoal e acusada de prestar ajuda a um foragido da Justiça.

O estrangeiro permanecerá custodiado na superintendência da Polícia Federal em Natal, até que o STF conclua o seu processo de extradição.