Adolescentes caicoenses gravam vídeo e polícia investiga apologia ao crime