Advogado “atentou contra a dignidade da Justiça” passando cheque sem fundos

Deu na coluna de Rosalie Arruda, da Tribuna do Norte, que poderá sobrar para o advogado Leonardo Dias de Almeida, que defende o ex-deputado federal, João da Silva Maia, o fato de ter passado um cheque pessoal, sem fundos, para “quitar” dívida do político em leilão da Justiça do Trabalho do Rio Grande do Norte.

Segundo informou a jornalista, um especialista em Justiça do Trabalho, o advogado teria praticado ato atentatório a dignidade da Justiça.