Please enter banners and links.


Aldeias Infantis SOS estimula ações de cidadania entre jovens no Nordeste

Jaianne é uma jovem de ação. Aos 17 anos, ela queria fazer algo, por mais simples que fosse, que transformasse o meio que ela vive em Caicó, município de 70 mil habitantes no interior do Rio Grande do Norte.

A jovem foi uma das selecionadas para o “Projeto Sonhar: Planejando Vidas”, realizado pela Aldeias Infantis SOS Brasil em parceria com a Fundación Mapfre. A inciativa, também implementada em Araçoiaba e Igarassu (PE) e João Pessoa (PB), promove a autonomia e qualificação de jovens para o mercado de trabalho, com foco no seu desenvolvimento, fortalecimento familiar e comunitário.

Durante as oficinas, ainda inquieta, ela pulava de uma ideia para a outra, mas lembra-se do momento que a despertou: “O professor disse uma frase que eu vou levar para o resto toda vida: ‘se você tem uma ideia, a coloque em prática e tudo dará certo’”.

Mariana levou o conselho a sério. Em pouco tempo, juntou mais três colegas de escola para desenvolver a campanha “Doando Amor”, em apoio a Associação Caicoense de Proteção aos Animais e ao Meio Ambiente (ACAPAM). Juntos, os jovens mobilizaram a comunidade ao seu entorno para a arrecadação de materiais de limpeza e sacos de ração.

“Deu tudo muito certo”, comemora. “Este projeto me trouxe muitas coisas novas, coisas que eu não conhecia”. Mariana e seus colegas integram o grupo de 500 estudantes de 15 a 22 anos impactados pelo “Projeto Sonhar: Planejando Vidas” nas quatro cidades do Nordeste. Além da capacitação ao mercado de trabalho, a iniciativa também foca na educação, formação laboral e cidadania. “O projeto me trouxe novas perspectivas e me fez enxergar uma outra pessoa que pode nascer dentro de mim. Eu aprendi muito, e continuo aprendendo”, afirma a jovem.

“Essa é uma ação coletiva e de expressiva envergadura social para adolescentes e jovens desses territórios. Estamos falando de cidadania, desenvolvimento e formação profissional que conjumina com Empregabilidade. É uma política que faz a diferença na vida dos nossos adolescentes e jovens”, disse Santiago Júnior, Gestor de Aldeias Infantis SOS.