Audiência pública vai debater coleta e destino do lixo eletrônico

A coleta e a destinação do lixo eletrônico na Capital será tema de audiência pública a ser realizada na quinta-feira (28), às 10h, na sede do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), em Candelária.

O objetivo da 41ª Promotoria de Justiça da Comarca de Natal é discutir junto com a população e empresários que lidam com produtos de informática os problemas e possíveis soluções relacionados ao descarte destes itens.

Na ocasião, serão avaliadas propostas apresentadas pelos principais fornecedores/produtores de resíduos eletrônicos, bem como os revendedores desse tipo de material e as assistências técnicas especializadas – e pelo – Ministério Público. A meta é formular, com base no que for discutido, um termo de ajustamento de conduta com os órgãos responsáveis, se for o caso. Entre as instituições convidadas para participar da audiência estão a Semurb e a Urbana.

O 41º promotor de Justiça, João Batista Machado Barbosa, fará inicialmente um breve relato do procedimento administrativo referente ao objeto da audiência pública. Também será dado espaço a um representante dos produtores, revendedores e assistência técnica para fazer parte da mesa e proferir uma apresentação em nome do segmento. “Esperamos que a população também venha contribuir”, destacou o representante ministerial.