Prefeito com representantes das entidades de classe do comercio de Caicó

O Decreto 30.419/21, do Governo do Estado, que determina o fechamento dos estabelecimentos não essenciais como medida para tentar conter o avanço do novo coronavírus, começa a vigorar neste sábado (20) e vai até o dia 3 de abril. Em Caicó, os representantes da Associação Comercial, CDL, SindVarejo e Casa do Empresário, se reuniram com o prefeito Dr. Tadeu, para tentar viabilizar uma medida para não prejudicar a economia local.

Ao final do encontro, o prefeito disse que mostrou a “intenção de não prejudicar os trabalhadores, as pessoas que dependem do comercio para sobreviver e a economia“.

Dr. Tadeu diz que o Decreto estadual, que foi publicado na quarta-feira, dia, 17, é extenso tem “algumas fendas” que no âmbito local, pode ajustar. “Ela publicou que os serviços não essenciais, podem funcionar por tele-atendimento, na modalidade delivery, e agora, no sistema drive trhu. Na segunda-feira, vai sair o decreto municipal. Existe, já, um entendimento do TJRN que não vai permitir um decreto que flexibilize mais do que o do Governo do Estado, mas, a gente precisa ver essas questões“, comentou.

Ele ainda disse que recebeu um apelo da presidência da CDL, para que seja pensado um pacote de medidas para beneficiar lojistas. “Nós vamos conversar com a equipe de finanças e ver como podemos ajudar. A situação é favorável, mas, vamos analisar“, disse.

Back To Top