Please enter banners and links.


Caicó sedia V Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente

Caicó sedia V Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente

Nesta sexta-feira (27), a partir das 8 horas, a cidade de Caicó sedia a V Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente, no auditório do Centro Administrativo (Prefeitura de Caicó). De acordo com Neijanir Santos – Coordenador do Ensino Fundamental I na rede municipal e Coordenador da Conferência em Caicó, o evento terá como tema: Vamos Cuidar do Brasil Cuidando das Águas.

Participarão da Conferência os representantes da Escola Hermann Gmeiner, Escola Municipal Maria Bernardete de Souza Ginane, Escola Municipal Severina Brito da Silva, a secretária municipal de Educação, Cultura e Esportes, Lúcia Gregório, a adjunta Lucineide Araújo, a coordenadora estadual da Conferência e o secretário municipal do Meio Ambiente, Emmanuel Sabino. “Essa conferência envolveu os alunos com os assuntos relacionados ao meio ambiente, onde eles desenvolveram projetos e foi feita uma votação nas escolas para escolher o melhor projeto para que represente o município de Caicó. Agora teremos a segunda etapa da conferência em âmbito municipal, na qual será escolhida uma escola para a conferência estadual e até chegar à conferência nacional”, disse Neijanir Santos.

A Conferência Estadual será no dia 09 de maio em Natal e a Conferência Nacional acontecerá em Brasília, de 15 a 19 de junho. A Conferência Nacional Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente (CNIJMA) é uma iniciativa do Órgão Gestor da Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA), constituído pelo Ministério da Educação (MEC) e pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA).

É uma estratégia de mobilização de estudantes, adolescentes e jovens de todo o país visando promover a reflexão, o desenvolvimento de estudos e pesquisas, além de estimular a proposição de ações e projetos no contexto da temática socioambiental.

A Conferência é um processo pedagógico, dinâmico, de diálogos e encontros, onde valoriza a cidadania ambiental nas escolas e comunidades a partir da educação ambiental crítica, participativa, democrática e transformadora.  A Conferência Infanto-juvenil pelo Meio Ambiente, realizada por adesão espontânea das escolas do segundo segmento do Ensino Fundamental, representa um marco na política de Educação Ambiental do país.