Caminhada na UFRN elimina focos e recolhe potenciais criadouros do Aedes aegypti‏

Em cada passo, olhares atentos para encontrar focos ou criadouros em potencial do Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças como dengue, febre amarela, chikungunya e zika. Essa foi a missão dos participantes da caminhada educativa realizada na manhã desta sexta-feira, 29, no Campus Central da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), nas proximidades da BR 101. Como resultado, aproximadamente 20 sacos de lixo foram recolhidos pelo mutirão planejado pela Diretoria de Assistência à Saúde do Servidor (DAS) e Pró-Reitoria de Extensão (PROEX).

Caminhada contra o mosquito Aedes Aegypti na UFRN
Caminhada contra o mosquito Aedes Aegypti na UFRN

A iniciativa teve início às 7h30 e reuniu cerca de 50 pessoas, número que superou em dobro as expectativas dos organizadores. Servidores, gestores, agentes de endemias, equipe de educação em saúde e escoteiros saíram em caça ao mosquito no trajeto que passou por sete setores da UFRN.

A caminhada contou com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde através do Distrito Sanitário Sul (agentes de endemias e equipe de educação em saúde), Centro de Zoonoses de Natal/Distrito Zona Sul e do Grupo de Escoteiros.