Carga de explosivos que era transportada para o RN, foi apreendida pela PRF do Ceará

Explosivos apreendidos pela PRF no Ceará
Explosivos apreendidos pela PRF no Ceará

Do Diário do Nordeste – A Polícia Rodoviária Federal (PRF) aprendeu 2.500 explosivos no município de Chorozinho, que estavam sendo levados para a cidade de Seridó, no Rio Grande do Norte (RN) nesta quarta-feira (18). Os explosivos, parte deles já prontos para serem detonados, estavam sendo transportados de maneira irregular.

Conforme a PRF, a irregularidade foi flagrada durante uma blitz, no município de Chorozinho. Segundo o condutor do carro que transportava os explosivos, em um veículo Fiat Strada, ele pegou a carga no município de Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza, e levava o material para o Rio Grande do Norte.

O motorista do veículo foi detido com a carga avaliada em R$12 mil, contendo 2 mil espoletas desmontadas, 500 espoletas prontas para o uso e cerca de 1.500 metros de cordel detonante (tubo recheado de explosivo especial com nitropenta com velocidade de detonação de 7,2 km por segundo).

Ele informou que estava fazendo a entrega para uma pedreira no RN e apresentou a cópia de um documento que autoriza que ele transporte a carga. No entanto, segundo a PRF, o modo de como o material altamente inflamável e perigoso estava sendo transportado estava errado. De acordo com a PRF, o material apreendido estava acondicionada na parte traseira do veículo e sob os bancos, próximo ao motorista, dentro de caixas de papelão, o que não é permitido. Segundo a PRF, a maneira correta e segura de transportar esse tipo de material é acondicionado dentro de receptáculos (compartimentos de ferro robusto).

A carga foi apreendida e encaminhada para o Exército que assumirá as investigações sobre o caso. Conforme a Polícia, esse tipo de explosivo é comumente utilizado em explosões contra caixas eletrônicos e possuem alto poder de destruição.