Caso F. Gomes: Plenário do Fórum está pronto para sessão de júri

Plenário do Fórum Amaro Cavalcante - (FOTO: Sidney Silva)
Plenário do Fórum Amaro Cavalcante, local aonde vai sentar o Conselho de Sentença  – (FOTO: Sidney Silva)

O julgamento popular do ex-pastor Gilson Neudo Soares do Amaral, um dos réus no processo da morte do jornalista F. Gomes, terá início às 09hs da manhã da segunda-feira (04). O juiz Luiz Cândido de Andrade Villaça, vai presidir a sessão de julgamento no plenário Siloé Capuxú, no Fórum Municipal Amaro Cavalcante.

As pessoas que comporão o Conselho de Sentença, serão escolhidas entre as que foram intimadas. Serão escolhidos 7 jurados. Eles estarão sentados do lado esquerdo do juiz.

O réu, Gilson Neudo, solicitou através de seu advogado que lhe fosse concedido o direito de ficar sentado ao lado de seu defensor, diferente do que ocorre normalmente nos julgamentos quando os réus ficam de costas para o plenário.

O presidente da sessão mandou afixar um tapume à meia altura ao lado dos jurados de moto que se diminua a percepção de conversas paralelas vindas da plateia. A medida também serve para resguardá-los.

O juiz ainda determinou a regulação das imagens e, são duas as restrições. O Conselho de Sentença não pode ser fotografado. O réu também não, a não ser que ele autorize.

Foi solicitado o reforço policial ao comando do 6º Batalhão da Polícia Militar.

O promotor de Justiça que atuará na acusação é Carlos Henrique Cox. Ele será auxiliado pelo promotor criminal, Geraldo Rufino de Araújo Júnior.