Catadora de materiais recicláveis em Parelhas aprendeu a ler e escrever após incentivo da associação

Ednalva Belo da Silva é catadora de materiais recicláveis há 26 anos, dos quais 23 trabalhou no lixão de Parelhas. Ela conta que após a criação da Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Parelhas – ASCAMARPA, da qual é presidente, ela decidiu aprender a ler e a escrever, o que representou uma verdadeira mudança em sua vida.

Durante o lançamento do projeto Recicla Seridó, em Caicó, Ednalva falou sobre a importância da associação para os catadores tanto no contexto de organização como no de capacitação. Segundo ela, o projeto Recicla Seridó será fundamental para a valorização da classe. “É uma grande luta que juntos vamos conseguir”, finalizou.