Abastecimento de água está suspenso para cidades da Serra de Santana

Abastecimento de água está suspenso na Serra de Santana

As cidades de Currais Novos, Acari, Bodó, Cerro-Corá, Florânia, Lagoa Nova, Tenente Laurentino Cruz, São Vicente e Jucurutu estão com o abastecimento de água suspenso até o próximo sábado, (20). O desligamento ocorreu nesta quarta-feira. Os municípios são atendidos pelo Sistema Produtor Integrado Serra de Santana, na região Seridó do Estado, e a interrupção no abastecimento se dará para que seja feito um trabalho de realocação da captação de água.

Com o quadro de seca no Estado, os níveis dos mananciais baixam, tornando necessária a execução de serviços para garantir o abastecimento. Equipes da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) estão trabalhando na mudança no ponto de captação da adutora de Serra de Santana na Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, avançando três quilômetros para melhorar a operação.

Logo que o serviço for concluído, o sistema será religado, levando 72 horas para que esteja totalmente pressurizado e com o fornecimento normalizado.



Caern regulariza abastecimento de cidades da Médio Oeste após ação de vândalos

O abastecimento da cidade de Janduís, assim como de Paraú e Campo Grande, foi retomando nesta quarta-feira (3) e continuará até sábado (6), dando sequência ao calendário de rodízio.

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) identificou que vândalos mexeram no equipamento, o que alterou o envio de água do sistema de rodízio da adutora Médio Oeste. Assim que identificado, o problema foi prontamente resolvido.

A partir do domingo (7), dentro do sistema de rodízio, o abastecimento será para as cidades de Patu e Messias Targino.



Caern implanta nova adutora para melhorar abastecimento de São Rafael

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) já colocou em operação a nova Adutora da Prainha, que melhorará o abastecimento do município de São Rafael, na região do Vale do Açu. A adutora tem uma extensão de seis quilômetros e teve funcionamento iniciado na última quinta-feira (27).

A realização da obra foi necessária devido aos baixos níveis do rio Pindoba, onde antes era feita a captação de água para ser levada até a Estação de Tratamento de Água do bairro Bela Vista. Com a seca, a Caern vinha tendo que constantemente mudar o ponto de captação no braço do rio que é ligado à Barragem Armando Ribeiro Gonçalves.

Agora a nova adutora faz a captação diretamente na barragem, garantindo o abastecimento com maior regularidade. São Rafael tem cerca de oito mil habitantes.



Rio Grande do Norte ainda tem 9 açudes em volume morto, diz Igarn

Reservatórios do RN acumulam quase 26% da capacidade total de água – (Foto: Bruno Andrade)

O Relatório da Situação Volumétrica dos Principais Reservatórios do Estado, divulgado pelo Instituto de Gestão das Águas do RN (IGARN) nesta terça-feira (25), indica que, passada a quadra invernosa, as bacias hidrográficas estaduais acumulam 1.171.962.105 metros cúbicos de água, o correspondente a 26,56% do total que conseguem acumular, que é 4.411.787.259 m³.

Dos 47 reservatórios, com capacidade superior a 5 milhões de metros cúbicos, monitorados pelo Igarn, 9 estão em volume morto, o que corresponde a 19,14% dos mananciais potiguares monitorados. Já os açudes atualmente secos são 4, que correspondem, percentualmente, a 8,51% do total de mananciais monitorados.

Maior reservatório do estado, com capacidade para 2,4 bilhões de metros cúbicos, a barragem Armando Ribeiro Gonçalves atualmente acumula 609,7 milhões de metros cúbicos, correspondentes a 25,4% da sua capacidade total.

Continue lendo



Cidade de Cruzeta entra em colapso de abastecimento

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) informa que o abastecimento de Cruzeta, região Seridó, será suspenso a partir do próximo sábado (22).

O Açude Público Municipal que atende o município está com nível muito baixo, não havendo condições de captação e tratamento da água.

Atualmente, outras três cidades estão em colapso de abastecimento, todas na região Alto Oeste, são elas: Paraná, Pilões e São Miguel.



Cruzeta entra em colapso no abastecimento neste sábado (22)

Marcos Dantas destaca em seu Blog que a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) informa que o abastecimento de Cruzeta, região Seridó, será suspenso a partir do próximo sábado,22.

O Açude Público Municipal que atende o município está com nível muito baixo, não havendo condições de captação e tratamento da água.

Atualmente, outras três cidades estão em colapso de abastecimento, todas na região Alto Oeste, são elas: Paraná, Pilões e São Miguel.



Canal da transposição do São Francisco entregue neste mês rompe

Reservatório rompeu com intervenção de popular para desviar água do canal

Um canal do Projeto de Integração do Rio São Francisco, entre os municípios de Terra Nova e Salgueiro, no Sertão pernambucano, rompeu neste sábado (11). A obra da terceira estação de bombeamento do Eixo Norte (EBI-3) foi entregue em 3 de agosto pelo presidente Michel Temer.

O Ministério da Integração suspeita tratar-se de um ato criminoso. De acordo com o ‘G1’, suspeitos foram detidos pela Polícia Militar (PM). Moradores acreditam que o objetivos dos criminosos era desviar o curso d’água para encher um reservatório nas imediações.

Após o rompimento, o trecho do São Francisco está desaguando no Riacho Grande e seguindo até o município pernambucano de Terra Nova.

Ainda segundo o Ministério da Integração, em nota, o rompimento foi pontual. Técnicos estão no local trabalhando para recuperar a estrutura em até 48 horas. O documento afirma também que equipes estão verificando todo o perímetro para avaliar possíveis danos a comunidades no entorno.

*Fonte: Notícias ao Minuto



Ministro diz que água do ‘Velho Chico’ chegará ao Ceará em agosto

Ministro teve audiência com senadores

O ministro da Integração Nacional, Pádua Andrade, reafirmou nesta terça-feira (5) o esforço do Governo Federal para cumprir os prazos de conclusão do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Durante audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR), no Senado Federal, o titular da Pasta garantiu que as águas do ‘Velho Chico’ já beneficiarão o estado do Ceará no mês de agosto e, até dezembro, percorrerão os 260 quilômetros de canais desse eixo.

Nosso acompanhamento tem sido rigoroso. Equipes técnicas estão se revezando em tempo integral para fiscalização dos serviços executados pela nova empresa. Nos trechos mais complexos, a exemplo do Túnel Milagres e da terceira estação de bombeamento – a EBI 3, os trabalhos estão acontecendo durante 24 horas. Estamos priorizando o caminho das águas, pois nossa meta é cumprir os prazos para beneficiar a população o mais breve possível”, disse Pádua Andrade.

A EBI-3, citada pelo ministro, é a maior estação elevatória dos dois eixos – Norte e Leste – do Projeto São Francisco. A estrutura possui 90 metros de altura e bombeará volume de água equivalente a uma piscina olímpica por segundo. A expectativa é que as bombas sejam acionadas até o final deste mês.



Patu e Messias Targino têm abastecimento regularizado pela Caern

Abastecimento das duas cidades volta a ser feito pela Caern

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) restabeleceu, na manhã desta quinta-feira (24), o fornecimento de água para Patu e Messias Targino. As cidades são abastecidas pela adutora Arnóbio Abreu, popularmente conhecida como Médio Oeste, com captação da Barragem Armando Ribeiro Gonçalves (BARG).

Com a retomada na distribuição de água, aproximadamente 18 mil pessoas voltam a ter água nas torneiras. As cidades estavam em colapso desde janeiro deste ano, quando surgiram dificuldades na captação de água e distribuição nestas cidades em virtude da baixa de volume da BARG. Estas cidades são as últimas atendidas na Adutora Médio Oeste. A mesma adutora atende mais quatro cidades: Campo Grande, Janduís, Paraú e Triunfo Potiguar.

Atualmente, com a saída das duas cidades do colapso, cai para oito o número de cidades nesta situação, todas elas na região Alto Oeste.

A Caern ressalta que com a retomada, trabalha na manutenção do sistema, que pode apresentar situações operacionais nos próximos dias. E destaca que o uso racional é essencial em todos os momentos.



Caern garante abastecimento de cidades durante serviço do DNOCS

O Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS) irá fechar as comportas da barragem Armando Ribeiro Gonçalves na próxima segunda-feira (14) para realizar manutenção em equipamentos do sistema do manancial. A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) realiza intervenções para garantir alternativa de abastecimento durante o serviço de recuperação hidromecânica na barragem.

Continue lendo



Jardim do Seridó deixa lista de cidades em colapso

Jardim do Seridó saiu do colapso

A cidade de Jardim do Seridó não está mais com o abastecimento em situação de colapso. Desde quarta-feira, dia 25 de abril, a população do município, que tem cerca de 12 mil habitantes, voltou a ser atendida pela Barragem Passagem das Traíras, que está atualmente com 4% de sua capacidade. Técnicos da Caern estão trabalhando nos ajustes no sistema, que estava em colapso desde novembro do ano passado.

A região do Seridó agora só tem uma cidade em situação de colapso: Cruzeta. Segundo a gerente da Regional do Seridó, Rosy Gurgel, Cruzeta também deve voltar a ser abastecida normalmente pelo açude público da cidade nos próximos dias. Tanto no caso de Cruzeta, quanto de Jardim do Seridó, o abastecimento seguirá sendo feito em sistema de rodízio.

Dessa forma, a Caern renova a recomendação para que a população dessas cidades esteja atenta ao uso racional da água, tendo em vista que os mananciais não estão completamente carregados.



Comitê pede mudanças na liberação de água em Curemas e na barragem Armando Ribeiro

Comitê pede que ANA muda quantidade água liberada em barragens

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu encaminhou à Agência Nacional de Águas – ANA ofícios nos solicitando mudanças na liberação de água do açude Curemas/PB e da barragem Armando Ribeiro Gonçalves. Os documentos foram encaminhados nesta quarta-feira (25), em virtude das diferentes situações vivenciadas na bacia.

No caso do açude Curemas/PB, o CBH-PPA pediu aumento da liberação de água para 1000 litros por segundo, em virtude do baixo nível de água na captação da CAGEPA, em Pombal/PB, fato que pode vir a ocasionar um colapso d’água na região. Já no caso da barragem Armando Ribeiro Gonçalves, o comitê solicitou a redução na liberação de água do reservatório, atualmente igual a 3,5 metros cúbicos por segundo, passando a operar com 2,0 metros cúbicos por segundo.

Continue lendo



Segundo Caern, perspectiva é reduzir número de cidades em colapso de 14 para 2

Barragem de Pau dos Ferros tem recarga de água, positiva

As chuvas do primeiro quadrimestre já transformaram paisagens e aumentaram o nível de alguns reservatórios potiguares. A perspectiva da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte – Caern, é que o número de cidades em colapso, atualmente 14, reduza para duas.

Nesta quarta-feira (25), o abastecimento da cidade de Jardim do Seridó deve ter o abastecimento retomado pela Caern. Na próxima semana, as cidades de José da Penha e Luís Gomes, no Alto Oeste, retornam o abastecimento.

Continue lendo



ANA determina que SEMARH/RN abra comportas da Passagem das Traíras

Barragem Passagem das Traíras deve ter comportas abertas

A Agência Nacional de Águas (ANA) solicitou, em 17 de abril de 2018, à Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Rio Grande do Norte (SEMARH/RN) a abertura das válvulas do reservatório Passagem das Traíras, de modo que seja mantido o nível d’água de segurança de 185m, que corresponde a 6% do volume do reservatório.

Este nível d’água de segurança foi estabelecido ainda em março de 2017, em razão das precárias condições de segurança da barragem, constatada nas inspeções realizadas desde 2015 pela SEMARH/RN e pela ANA. Este nível d’água corresponde à acumulação de 3 milhões de metros cúbicos de água, suficientes para suprimento do consumo humano e dessedentação animal associado ao açude por um período de cerca de um ano após o período chuvoso.

Continue lendo



Lançamento de livro: “Um século de secas: por que as políticas hídricas não transformaram o Semiárido brasileiro?”

Livro conta sobre a seca dos últimos anos

A obra “Um século de secas: por que as políticas hídricas não transformaram o Semiárido brasileiro?”(http://www.letrasambientais.com.br/sobre-livro) é um relato crítico e analítico da história de mais de 100 anos de políticas hídricas implementadas na região semiárida brasileira. A abrangência temporal da pesquisa, bem como das instituições analisadas, possibilitaram uma visão ampla dos fatores comuns às ações de mitigação dos impactos da seca durante o período.

Por que as inúmeras políticas implementadas na área semiárida do Brasil, durante mais de um século, não trouxeram mudanças significativas para a região? Qual o motivo de o fenômeno continuar tomando proporções de desastre natural, causando prejuízos generalizados à economia? Por que obras intensamente propaladas como soluções para a seca (açudagem, irrigação, perfuração de poços, Projeto de Integração do Rio São Francisco, etc) não modificaram ou talvez não alterem o cenário socioeconômico da região? Em “Um século de secas”, os autores buscam na história explicações para os fatores predominantes à tradicional inefetividade das ações de mitigação dos impactos do fenômeno. Além de oferecerem uma compreensão crítica e abrangente sobre a área semiárida do Brasil, no passado e no presente, apontam caminhos e traçam estratégias político-institucionais para promover a gestão sustentável da seca, no contexto de possíveis mudanças climáticas.

Continue lendo