Caern divulga calendário do rodízio de abastecimento de outubro para Caicó

A Companhia de Água e Esgotos do Rio Grande do Norte – CAERN, divulgou nesta segunda-feira (09), o rodízio de abastecimento para a cidade de Caicó, para parte deste mês de outubro.

Confira:

O abastecimento de água seguirá o seguinte calendário:

*Bairro Paraíba: DIAS: 05, 06

*Centro, Acampamento, Barra Nova, Zona Norte + a Cidade de Jardim de PiranhaS: DIAS: 07,08,09,10,11

*ZONA LESTE e Bairro João Paulo II: DIAS: 12,13,14

*ZONA OESTE – BAIRROS -João XXIII, Walfredo Gurgel, Luiz Januário (Novo Horizonte), Adjuto Dias,Paulo VI, Soledade, parte da Barra Nova, parte do setor do Hospital do Seridó, Batalhão de Polícia Militar, Soledade: DIAS: 15,16,17,18 + a Cidade de Jardim de Piranhas.

A CIDADE DE CAICÓ ESTÁ SENDO ABASTECIDA SOMENTE PELOSISTEMA DA ADUTORA EMERGENCIAL, COM UMA VAZÃO QUE ESTÁ VARIANDO ENTRE 270 E 320m³/h.

O ABASTECIMENTOSERÁ LENTO POR MOTIVO DA VAZÃO.

DIAS 07 E 08, SERÁ ABSTECIDA A CIDADE DE JARDIM DE PIRANHAS E A CIDADE DE CAICÓ, FICARÁ COM A VAZÃO 200m³/h.



São Fernando terá abastecimento realizado através de adutora emergencial de Caicó

Adutora emergencial de Caicó também vai abastecer São Fernando

Em virtude da seca que atinge a região, o açude municipal que atende a cidade de São Fernando, no Seridó, está com baixo nível. Para atender a população deste município, a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) realizará o abastecimento através da adutora emergencial de Caicó.

A adutora emergencial capta água na Barragem Armando Ribeiro e leva água para Caicó. Já de Caicó para São Fernando, a água será transportada pela adutora Manoel Torres. Esta adutora é a que normalmente leva água do rio Piranhas para Caicó.

O fornecimento de água acontecerá em sistema de rodízio, sendo abastecida aos sábados e domingos.



Matéria do Fantástico mostra seca que castiga o Rio São Francisco

Dos grandes rios brasileiros, o São Francisco é o maior e um dos mais importantes. Para 12 milhões de pessoas, o Velho Chico é um pai generoso: mata a sede, a fome, produz frutas, energia. Mas o pai anda muito doente. É como se o rio estivesse sofrendo de anemia grave. Em uma viagem de mais de mil quilômetros, o Fantástico mostra um São Francisco quase irreconhecível. Nem os afluentes estão ajudando como antes. Na lagoa de Itaparica, a seca matou mais de 500 toneladas de peixes. O nível da barragem de Sobradinho é de menos de 5% do volume normal. Se chegar a zero, as turbinas param de funcionar.

Veja aqui a matéria



Água que chega em Caicó pela adutora Serra de Santana, também abastecerá Jardim de Piranhas

Diretora Caern, Rosi Gurgel, confirma que água que chega em Caicó pela adutora Serra de Santana, também irá para Jardim de Piranhas – (Foto: Sidney Silva)

A situação de falta de água na região vai se ampliando cada vez mais com o passar dos meses. Na região Seridó, nas últimas semanas, as cidades de Currais Novos, Cruzeta e Acari, entraram em colapso. Outro município foi Jardim de Piranhas. A seca do Rio Piranhas fez com que o abastecimento de água fosse suspenso.

Diante da notícia, a diretora regional da Caern, Rosi Gurgel, disse ao Blog Sidney Silva, que até quinta-feira (05), a água que chega à Caicó, também será bombeada para Jardim de Piranhas. O esquema, segundo Rosi, é manobrar a água que chega pela adutora Serra de Santana para que esta siga pela adutora Manoel Torres, até Jardim. “As duas adutoras estão engatadas aqui próximo de Caicó e isso vai facilitar o envio de água para Jardim de Piranhas. Nós queremos fazer isso pelo menos uma vez por semana“, disse Rosi Gurgel.

A perspectiva é que o abastecimento de Jardim de Piranhas fique acontecendo sempre aos domingos, foi o que garantiu a dirigente. Os demais dias, o bombeamento segue normalmente para Caicó.



Permanece vigente regra para uso de água na região de Pendências/RN

O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio do Instituto de Gestão de Águas do Rio Grande do Norte, e junto à Agência Nacional de Águas (ANA) e ao Comitê Hidrográfico das Bacias Piancó Piranhas Açu, vem a público informar que:

Diante do quadro de colapso de abastecimento de água enfrentados pelos municípios da região Vale do Açu nas últimas semanas, permanece terminantemente proibida qualquer captação de água para usos múltiplos, à exceção do abastecimento humano e animal, no trecho entre a válvula dispersora na barragem Armando Ribeiro Gonçalves e a captação da CAERN no município de Pendências.

A determinação leva em consideração os seguintes pontos:

1. A reunião realizada pelo Governo do Estado ocorrida nesta quarta-feira (13) com os usuários de água produtores da área, representantes do Comitê da Bacia Hidrográfica e da Agência Nacional de Águas (ANA), bem como prefeitos das cidades atingidas para discutir alternativas que assegurem a continuidade do fornecimento de água para a população.

2. O início parcial do abastecimento para os municípios colapsados (Macau, Pendências e Guamaré) e a incerteza da sustentação da operação do sistema de bombeamento pela CAERN em Pendências;

3. O monitoramento do níveis de águas nas réguas de medição no trecho do Rio, que está em execução entre os dias de hoje (17) e amanhã (18).

O Governo esclarece ainda que a determinação será fiscalizada e, caso não seja respeitada, os usuários estarão sujeitos às penalidades como multa e embargo.

Qualquer alteração na determinação será informada mediante Nota Informativa, emitida pelos integrantes do Sistema de Recursos Hídricos.

GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

INSTITUTO DE GESTÃO DAS ÁGUAS DO RIO GRANDE DO NORTE – IGARN

AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS – ANA

COMITÊ DA BACIA HIDROGRÁFICA DOS RIOS PIANCÓ PIRANHAS-AÇU



Governo discute soluções para garantir abastecimento de água na região Vale do Açu

Diante dos problemas de abastecimento de água enfrentados pelos municípios da região Vale do Açu, o Governo do Estado realizou na tarde desta quarta-feira (13) reunião com os usuários de água produtores da área, representantes do Comitê da Bacia Hidrográfica e da Agência Nacional de Águas (ANA), bem como prefeitos das cidades atingidas para discutir alternativas que assegurem a continuidade do fornecimento de água para a população.

Ficaram definidos os seguintes encaminhamentos:

A partir das 21h do dia 14/09/2017 fica proibida qualquer captação de água para usos múltiplos, à exceção do abastecimento humano e animal, no trecho entre a válvula dispersora na barragem Armando Ribeiro Gonçalves e a captação da CAERN no município de Pendências/RN, inicialmente por 72 horas, ou até o sistema voltar a operar normalmente;

Esta determinação será fiscalizada e, caso não seja respeitada, os usuários estarão sujeitos às penalidades como multa e embargo;

Será realizada reunião específica com os órgãos ANA, IGARN, IDEMA, CAERN, Comitê da Bacia Hidrográfica, usuários e prefeituras com o objetivo de estruturar, com a maior brevidade possível, a limpeza do Rio Açu;

Caberá ao Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio realizar, junto ao IGARN, ANA e Usuários de água, a revisão da Resolução sobre os usos da água atualmente em vigor.



Durante fiscalização, Igarn identificou aumento do desvio de água na região do Vale do Açu

A respeito de problemas no abastecimento de água em municípios da região do Vale do Açu, o Governo do Estado emitiu nota esclarecendo que há cerca de dez dias, a CAERN comunicou a dificuldade para efetuar a captação e abastecimento para a população daquela região. A partir dessa informação, a fiscalização do Instituto de Gestão de Águas (IGARN) detectou o aprofundamento de canais que desviam água do leito natural do rio Açu para captação de produtores que atuam na área, reduzindo a disponibilidade hídrica do sistema para as cidades de Pendência, Alto do Rodrigues, Macau e Guamaré.

O Estado notificou a Agência Nacional de Águas (ANA), órgão responsável pela gestão do sistema.

Mesmo sendo prerrogativa da ANA apurar e tomar as medidas cabíveis para solucionar essa situação, o Governo do Estado está adotando providências para minimizar os efeitos do desabastecimento.

1.    Está sendo encaminhado à ANA e ao Ministério da Integração Nacional o pedido formal de desassoreamento do rio Açu, iniciando pelo trecho entre Alto do Rodrigues e Pendências;

2.    Na próxima segunda-feira (11) serão reunidos os usuários de água produtores da região do Vale do Açu e representantes do Comitê da Bacia Hidrográfica para, juntos, encontrarmos a melhor alternativa para dar continuidade ao abastecimento dos municípios da região;

3.    Também serão reunidos os prefeitos das cidades atingidas pelo desabastecimento daquele sistema para iniciar as orientações a respeito da gestão da Operação Vertente (carros-pipa), que objetiva o abastecimento humano.



Presidente do CBH-PPA convoca segmentos a se unirem na cobrança pelos recursos para sistemas-adutores no Seridó

Presidente do CBH-PPA convoca segmentos a se unirem na cobrança pelos recursos para sistemas-adutores no Seridó

Em reunião provocada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Assu, nesta terça-feira (22) no escritório da CAERN em Natal, foram discutidas várias alternativas para ajudar no abastecimento das cidades do Seridó. Da reunião participaram o presidente e toda diretoria técnica da Caern, secretário da Semarh, Diretor Presidente do IGARN, representante da prefeitura e Câmara municipal de Caicó e Presidente da AMSO.

Na reunião o presidente do CBH-PPA, José Procópio de Lucena fez uma exposição para os presentes das alocações de água realizada em reservatórios do Seridó e das propostas elencadas nestas reuniões para dar maior segurança hídrica aos sistemas de abastecimento d’água da região, em especial para Caicó.

Procópio concluiu que o problema não é simplesmente de água, mas também de  vontade política, recursos financeiros e projetos que precisam ser concluídos, com possibilidades de abastecer as cidades da região.

Pelo menos três sistemas-adutores estiveram na pauta discutida na reunião de hoje. Um deles o da Serra de Santana que tem possibilidade de abastecer várias cidades, o outro o sistema-adutor de Parelhas, com condições de abastecer Jardim do Seridó, Ouro Branco, São José do Seridó e Cruzeta, e o sistema-adutor da Barragem Carnaúba, que quando estiver concluído irá abastecer as cidades de Caicó, São Fernando e Timbaúba dos Batistas.

Continue lendo



Reunião de alocação de água da Armando Ribeiro Gonçalves e do Rio Assu acontece nesta terça

Nesta terça-feira, dia 01 de agosto acontece em Assu, à reunião anual de alocação de água, do Sistema Hídrico formado pelo reservatório Armando Ribeiro Gonçalves, e pelo Rio Açu. A reunião será das 14 às 17 horas no auditório da UERN/Campus de Assu.

Para a reunião, que é realizada pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piancó–Piranhas–Açu (CBH PPA) e a Agência Nacional de Águas (ANA), foram convidados representantes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do RN, Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca do RN, Instituto de Gestão das Águas do RN,  Rio Grande do Norte, DNOCS, CAERN, Ministério Público Federal e Estado, usuários de água e municípios abastecidos por captações dos reservatórios.

Na pauta, temas como a apresentação pela ANA sobre os usos da água na região, debate sobre as demandas e disponibilidades apresentadas, apresentação pela ANA de regras gerais para os usos no sistema hídrico, debate sobre a proposta de marco regulatório e alocação de água 2017-2018; encaminhamentos pertinentes à proposta e aprovação do Termo de Alocação de Água.



Caravana da Águas terminou em Caicó com a Adese entregando a “Carta do Seridó”

Carta do Seridó com reivindicações foi entregue no final da Caravana das Águas

Após comemorar em Pau dos Ferros a notícia da autorização pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para a retomada das obras do eixo norte do Projeto de Transposição do São Francisco, a Caravana das Águas celebrou outra importante conquista durante a audiência pública em Caicó, no final da tarde desta terça-feira (20): a assinatura no Ministério Nacional da Integração do Projeto Executivo para a conclusão das obras do Eixo Norte.

Com isso, é esperado que dentro de um mês, as obras sejam retomadas pelo consórcio Emsa-Siton. O contrato com os vencedores da licitação, o Consórcio Emsa-Siton, estava suspenso há mais de um ano. A previsão era de que as águas do rio São Francisco corressem pelas estruturas físicas de todo o Eixo Norte e chegassem aos beneficiados ainda neste ano.

Continue lendo



STF autoriza reinício das obras de trecho norte da transposição do São Francisco

O Ministério da Integração Nacional conseguiu autorização do Supremo Tribunal Federal (STF) para tocar as obras de um trecho de 146 quilômetros da transposição do Rio São Francisco, última etapa que falta para concluir o empreendimento que leva água para região do sertão do Nordeste.

A decisão da ministra Cármen Lúcia atendeu a um pedido apresentado pelo Ministério da Integração por meio da Advocacia-Geral da União. Cármen Lúcia decidiu suspender uma liminar dada em abril pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), que paralisava a licitação para contratação das obras, atendendo a alegações de uma das concorrentes na disputa. Com a autorização do STF, o Ministério da Integração pretende retomar as obras imediatamente.

*Do Estadão via Tribuna do Norte



Ministro pede ao STF urgência para retomada de obras do Rio São Francisco

Ministro pede celeridade em decisão judicial para que obra do Eixo-Norte termine – (Foto: Carlos Moura)

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, pediu hoje (13) à presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, urgência para a retomada das obras do trecho 1N do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. A estrutura levará água para os estados do Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte e oeste da Paraíba, evitando que estas áreas entrem em colapso hídrico.

Cerca de 7,1 milhões de habitantes em 223 municípios, dos quais 4,5 milhões somente na Região Metropolitana de Fortaleza (CE), estão à espera da conclusão do trecho.

Tínhamos o compromisso de entregar água à população de Fortaleza e região em setembro e ao Rio Grande do Norte até dezembro deste ano. As obras estão paralisadas e, se não conseguirmos resolver a questão, os prazos serão atrasados e a população prejudicada”, afirmou o ministro durante o encontro, que contou com a presença do presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira, dos governadores Robinson Faria (Rio Grande do Norte), Camilo Santana (Ceará), Ricardo Coutinho (Paraíba), do vice-governador Raul Henry (Pernambuco), da advogada-geral da União, Grace Mendonça, entre outras autoridades.

Histórico

Em 25 de abril, o desembargador Souza Prudente, em uma decisão de 2ª instância da Justiça Federal, atendeu pedido de uma das empresas concorrentes e suspendeu a licitação. A Procuradoria-Geral da União entrou com mandado de segurança para reverter o parecer. No momento, o Ministério da Integração Nacional aguarda a definição para que as obras do Eixo Norte sejam retomadas.

O consórcio Emsa-Siton foi declarado vencedor do processo licitatório, por ter apresentado a proposta mais vantajosa na combinação dos fatores preço e expertise técnica. A Comissão Permanente de Licitação conseguiu um desconto de 10% sobre o preço inicial, o equivalente a R$ 516,873 milhões. O valor significou uma economia de R$ 57,4 milhões ao erário.

Anteriormente, outros órgãos já haviam analisado o processo e não encontraram irregularidades. Em abril, a Justiça Federal indeferiu liminar de uma das concorrentes que pedia a suspensão da licitação. Em março, o Tribunal de Contas da União (TCU) indeferiu medida cautelar que também pedia a suspensão do certame. O Ministério Público Federal, em primeira e segunda instâncias publicou entendimento semelhante.

A obra

A execução da primeira etapa do Eixo Norte (Meta 1N) do Projeto de São Francisco foi interrompida após a construtora responsável (Mendes Júnior) ter informado ao ministério, em junho de 2016, a sua incapacidade técnica e financeira de continuar com os dois contratos firmados.

Com 140 quilômetros de extensão, o trecho 1N passa pelos municípios pernambucanos de Cabrobó, Salgueiro, Terra Nova e Verdejante até a cidade de Penaforte, no Ceará. As demais etapas (2N e 3N) do eixo estão em ritmo final de construção. Ao todo, o eixo completo apresenta 94,92%.



Caravana das Águas pede retomada das Obras do Eixo Norte da transposição do São Francisco

Imagem da Barragem de Jati no Ceará feita em 2016 mostra a obra ainda em andamento – (Foto: Sidney Silva)

A Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado da República (CDR), presidida pela senadora do RN, Fátima Bezerra, realizará nos dias 19 e 20 de junho, a “Caravana das Águas pela retomada das obras do Eixo Norte da transposição do rio São Francisco”, através de visitas técnicas e audiências Públicas nos estados da Paraíba, Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte.

A Caravana contará com a participação de parlamentares das bancadas Federais dos Estados envolvidos, da Igreja Católica, do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piancó- Piranhas-Açu (CBH-PPA), de representantes dos Legislativos Estaduais e Municipais, além de Prefeitos, representantes da Sociedade Civil Organizada, de Sindicatos de Trabalhadores Rurais, de empresários, da OAB, e outros segmentos interessados.

O objetivo da Caravana das Águas, é fiscalizar o andamento das obras físicas do eixo norte, que permitem a chegada das águas do Velho Chico ao RN e a PB, como também as obras sociais derivadas do projeto de integração do São Francisco. A caravana tem ainda como objetivo mobilizar e conscientizar toda a sociedade da importância desta obra e pressionar o governo para sua retomada e conclusão, já que se encontram paralisadas desde julho de 2016 e sub Júdice.

Para organizar e planejar a audiência pública da Caravana das Águas no município de Caicó, convidamos as instituições públicas e privadas, Igrejas, OAB, Universidades, movimentos sociais\sindicais\populares, clubes de serviços e demais entidades e pessoas interessadas para participarem de uma reunião preparátoria a ser realizada amanhã (terça-feira), dia 13 de junho, às 14 horas, na sala de reuniões da ADESE/CBH-PPA, localizada no 1º andar – da rádio rural de Caicó – ao lado Colégio Diocesano”, disse Procópio Lucena, presidente do CBH PPA.

O evento terá a seguinte programação:

  • 19/06
  • 08h – Visita técnica a Estação de bombeamento EBI – 3, na cidade de Terra Nova/PE
  • 10h – Visita técnica a Barragem de Jati, no município de Jati/CE
  • 15h- visita técnica na Barragem de Boa Vista, no município de São José de Piranhas/PB
  • 16h – visita técnica a Barragem de Caiçara no município de Cajazeiras/PB, concluindo as atividades com um ato público na praça pública da referida cidade
  • 20/06
  • 09h – Audiência Pública no auditório da UERN, município de Pau dos Ferros/RN
  • 14h30min – Audiência Pública no auditório do CERES/UFRN – município de Caicó/RN


Audiência Pública vai discutir obra do Eixo Norte da transposição do São Francisco

Transposição do Rio São Francisco Eixo Norte é discutida em audiência

A Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia da Câmara dos Deputados realiza nesta sexta-feira (09), uma audiência pública para discutir a situação da obra do eixo norte do Programa de Integração das Águas do Rio São Francisco.

A audiência será realizada a partir das 8h30 na Câmara Municipal de Uiraúna (PB), e contará com a participação de representantes do Ministério da Integração Nacional, Agência Nacional de Águas (ANA), do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs), órgãos vinculados aos recursos hídricos, Governo da PB, prefeitos, deputados, vereadores e sociedade civil organizada.

O Comitê da Bacia Hidrográfica dos Rios Piancó-Piranhas-Açu, se fará presente através do seu Presidente, Procópio Lucena e outros membros do comitê. Para Procópio, a audiência vai discutir o andamento da obra que encontra-se paralisada e com a licitação suspensa, e ao mesmo tempo, buscar saber o que está sendo feito e quais são os novos prazos para sua conclusão.