Prefeitura de Caicó começa a demitir funcionários do Hospital do Seridó

A Prefeitura Municipal de Caicó começou a demitir na tarde desta terça-feira (31), os funcionários do Hospital do Seridó.

A informação que chegou ao Blog Sidney Silva, da conta que vários funcionários foram colocados pra fora.

A data para que o Município pudesse renovar um possível contrato com o pessoal era está terça, dia 31 de março.

Algumas tentativas de regularização foram ensaiadas, mas não saiu do papel.

Agora, a Prefeitura tem que agilizar a realização de um processo seletivo ou concurso para contratar gente pra trabalhar na unidade ou essa não terá viabilidade.



Rosângela mantém defesa para transformar UPA em centro de triagem

Ideia de Rosângela é usar prédio da UPA

A presidente da Câmara Municipal de Caicó, Rosângela Maria, continua a defesa de indicação para transformar o prédio da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na Zona Norte, em centro de triagem. O objetivo, segundo ela, é atender casos suspeitos de coronavírus (covid-19).

“Estamos discutindo com o Poder Executivo alternativas de enfrentamento à pandemia. Além da doação de R$ 50 mil, a Câmara sugeriu a utilização da reserva de contingência, conforme previsto na LOA (Lei Orçamentaria Anual), e recursos advindos da emenda de um milhão de reais do senador Styvenson Valentim”, disse a presidente.

Segundo a presidente, o Município já utilizou R$ 500 mil destinados pelo senador para pagamento de pessoal, além de ter um projeto de transformação da UPA em policlínica. “Enquanto a mudança não acontece, e que deve custar mais um milhão de reais, poderia ser aproveitado o prédio ocioso como centro de triagem. Isso deixaria a iniciativa da policlínica encaminhada futuramente”, concluiu Rosângela.



Câmara de Caicó discute investimentos no combate ao coronavírus

Reunião aconteceu no auditório da Prefeitura Municipal

Uma comissão de vereadores coordenada pela presidente da Câmara de Caicó, Rosângela Maria, se reuniu com o prefeito Robson de Araújo (Batata), nesta segunda-feira (30). Em pauta, os investimentos no combate ao coronavírus (covid-19).

“Nós convocamos essa reunião para tomar algumas diretrizes. Dentre elas, discutir a destinação dos R$ 50 mil doados pelo Legislativo à saúde. Faremos um levantamento junto à secretaria municipal de Saúde e Hospital, para saber as prioridades”, disse Rosângela.

O Poder Legislativo votará em caráter de urgência projetos do Município no combate à pandemia. “É necessário que a prefeitura encontre caminhos para garantir a segurança da nossa população. Até quarta-feira (1), devemos votar, por exemplo, a destinação de recursos da COSIP e emendas impositivas”, completou a presidente.




Câmara convoca prefeito para discutir combate ao coronavírus em Caicó

O Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus criado pela Câmara Municipal de Caicó, convocou o prefeito, Robson de Araújo (Batata), para uma reunião na próxima segunda-feira (30). Um dos objetivos é tratar sobre os investimentos que estão sendo feitos no combate ao coronavírus (covid-19).

Os vereadores também tratarão sobre a liberação da reserva de contingência, prevista na Lei Orçamentária Anual (LOA), e das emendas impositivas que não foram executadas por inviabilidade técnica.

Além dessas medidas, o Poder Legislativo vai disponibilizar R$ 50 mil, para que sejam utilizados pela secretaria municipal de Saúde. “Só com a reserva de contingência, a previsão é de mais R$ 194.971,00. Esse recurso tem a finalidade de atender passivos contingentes e outros riscos fiscais imprevistos”, disse a presidente Rosângela Maria.



Funcionários do Hospital do Seridó pedem ajuda para criar associação voltada para defesa de seus direitos

Os funcionários do Hospital do Seridó, em movimento encabeçado pelos técnicos de enfermagem Iris de Assis Nogueira e Marinho Xavier da Silva, estão realizando mobilização para constituir associação sem fins lucrativos voltada para a defesa dos seus direitos e que lutará pela organização do próprio Hospital do Seridó.

A Associação dos Prestadores de Serviços do Seridó em Saúde (APRESSE Saúde) terá como pautas iniciais:

1ª) A manutenção dos postos de trabalho dos funcionários do Hospital do Seridó, cujos contratos se encerrarão no próximo dia 31.03.2020;

2ª) A luta pela organização do formato jurídico do Hospital do Seridó, o que não foi definido desde que a sua administração deixou de ser realizada pela extinta Fundação Dr. Carlindo de Souza Dantas;

3ª) A luta por condições dignas de trabalho, já que nem sequer o FGTS dos funcionários vem sendo depositado pelo Município de Caicó; e

4ª) A garantida de que o Hospital do Seridó possa realizar cirurgias eletivas, sem que seja necessário submeter o povo mais simples do Seridó à humilhação de ter que se deslocar até a Capital do Estado para ter acesso a serviços médico-hospitalares de média complexidade.

Além disso, a associação funcionará como entidade terceirizadora de mão-de-obra na área da saúde, o que é raro na região do Seridó na atualidade.

Precisamos arrecadar fundos para custear a constituição da associação e executar as suas metas iniciais. Os funcionários do Hospital do Seridó são pessoas muito humildes e que, na sua grande maioria, não dispõe do valor de R$ 200,00 (duzentos reais) que foi a taxa inicial estabelecida para cada funcionário pagar para custear a formalização da associação e arcar com as despesas das primeiras ações a serem realizadas. Nossa meta é filiar 70 (setenta) pessoas inicialmente, o que equivaleria a R$ 14.000,00 (quatorze mil reais) de despesas a serem realizadas. PRECISAMOS DE AJUDA E TODA DOAÇÃO SERÁ BEM VINDA”, disse Iris.

Não podemos deixar o Hospital do Seridó morrer. Tivemos várias iniciativas de organização da nossa situação jurídica no ano passado por parte do Município de Caicó, chegando até a haver mobilização na Câmara de Vereadores, mas que, por alguma razão, não foram levadas adiante pelo poder público municipal. Não podemos ficar calados, apenas recebendo ordens do Ministério Público de forma aleatória. A proibição das cirurgias eletivas foi um grande erro. A demissão dos funcionários, que está prestes a ocorrer, será outro. Quem já passou por aqui sabe a importância que este hospital tem para a nossa região e para todos nós”, disse Marinho.

Quem quiser fazer doações, basta entrar em contato com Iris (84 99812-8637) ou Marinho (84 99969-5218), ou fazer depósito de qualquer valor com os seguintes dados bancários: Bradesco, agência 1038, conta corrente 2853-3, em favor de Iris de Assis Nogueira (CPF nº 011.675.174-66).



Casa do Empresário de Caicó emite nota orientando seus associados a retomarem atividades

A Casa do Empresário divulgou uma nota orientando os seus associados e (comerciantes) a retornarem as atividades, abrindo seus estabelecimentos comerciais.

Confira a nota:

A Casa do Empresário vem a público ressaltar seu papel como entidade de classe que tem como objetivo, através do associativismo, estimular o consumo e o desenvolvimento econômico de Caicó e região.

Diante da pandemia do novo coronavírus que também atinge o nosso estado, reforçamos a preocupação com a saúde da população, acima de qualquer outro interesse. Entendemos o quadro atual e suas consequências diretas às rotinas sociais e financeiras de todos.

Nesse contexto, orientamos os nossos associados a retomarem suas atividades, seguindo todas as orientações da Organização Mundial da Saúde e dos decretos federais, estaduais e municipais. Assim, garantimos emprego e renda para os caicoenses, amenizando os impactos econômicos, ao mesmo tempo em que preservamos o bem-estar e a segurança de clientes e colaboradores.

Destacamos que cabe a nós informar e promover a discussão de assuntos que interfiram na economia da cidade; no entanto, não possuímos poderes para determinar abertura ou fechamento do comércio, já que este é regulado pelas leis nacionais, estaduais e municipais, assim como pelas convenções coletivas de trabalho.

Lembramos que cada estabelecimento, formal ou informal, é importante para o nosso desenvolvimento. Para manter uma economia forte e sustentável, devemos enfrentar os desafios atuais e os que estão por vir. Por isso, convocamos todas as instituições, autoridades e cidadãos para que façam a sua parte.

Quanto mais nos prevenirmos, mais cedo passaremos por essa situação delicada e voltaremos a contribuir para o crescimento da nossa tão querida cidade.



Feira livre e Mercado Público de Caicó reabrem neste sábado (28); Veja as normas

O prefeito de Caicó, Robson de Araújo (Batata), através do decreto Nº 750 de 27 de março de 2020, destaca a adoção de medidas imprescindíveis à reabertura da Feira Livre Semanal no Município de Caicó, à manutenção dos serviços prestados no Açougue Público Municipal e do Mercado Público Municipal e da outras providências.

A reabertura da feira livre semanal, no âmbito do Município de Caicó, ficando condicionada à adoção das seguintes medidas:

Continue lendo


Caicó: Pagamento de março dos servidores começou nesta sexta

A Prefeitura Municipal de Caicó iniciou nesta sexta-feira (27), o pagamento dos servidores municipais referente ao mês de março de 2020.

De acordo com o prefeito de Caicó, Robson de Araújo (Batata), receberam nessa sexta (27), os professores lotados no FUNDEB 60 (Ensino Fundamental).

Neste sábado, dia 28 de março, o pagamento será efetuado para ps professores lotados no FUNDEB 60 (Ensino Infantil).

Na segunda-feira (30), recebem os professores lotados no FUNDEB 40 (Ensino Fundamental e Infantil).

A partir da terça-feira, dia 31 de março, a prefeitura iniciará o pagamento dos servidores da saúde. O município concluirá a folha dos servidores efetivos até o quinto dia útil do mês de abril.



Cadastro Único de Caicó emite informações sobre o Auxílio Emergencial

A Coordenação do Cadastro Único no Município de Caicó está informando que em relação ao Auxílio Emergencial para informais, desempregados e micro empreendedores, o referido projeto ainda está em fase de aprovação e construção e os municípios ainda não receberam as orientações e normativas sobre como de fato funcionará.

“Assim que obtivermos informações concretas vindas do Ministério da Cidadania (Governo Federal) estaremos divulgando à população”, disse Natália Araújo – Coordenadora do Cadastro Único em Caicó.

O Cadastro Único é uma proposta do governo federal, onde é possível conhecer a realidade socioeconômica das famílias de baixa renda e configura a porta principal para os programas sociais do governo. Vários programas para ter acesso têm que está inserido no Cadastro Único, como o Bolsa Família, o Tarifa Social da energia elétrica, o BPC (Benefício de Prestação Continuada), o Programa do Leite e o Minha Casa Minha Vida.




Por causa do Coronavírus, CDL, Assisc e Sindvajero, recomendam o fechamento do comércio de Caicó

A Câmara de Dirigentes Lojistas, Associação Comercial, Industrial e Serviços e Sindicato do Comércio Varejista de Caicó, emitiram neste sábado (21), de forma excepcional e com o objetivo de resguardar o interesse da coletividade na prevenção do contágio e no combate da propagação do Coronavírus (COVID-19), RECOMENDAM O FECHAMENTO DO COMÉRCIO DE CAICÓ, COM O OBJETIVO DE GARANTIR O ISOLAMENTO SOCIAL.

Para as empresas que não conseguirem fechar o estabelecimento, foi sugeridas algumas medidas, como:

▪ redução de regime de jornada de trabalho, com possibilidade de turnos alternados de revezamento ou “expediente corrido”;

▪ adoção de trabalho remoto, com prestação de serviços “home office” e “delivery”;

▪ os colaboradores que pertencerem ao grupo de risco (pessoas maiores de 60 anos e portadores de doenças crônicas como diabéticos, hipertensos, insuficiência renal e doenças respiratórias, gestantes e lactantes) devem, preferencialmente, ficar em isolamento domiciliar;

▪ os colaboradores que apresentarem sintomas de doenças respiratórias devem, preferencialmente, ficar em isolamento domiciliar;

▪ melhor distribuição física da força de trabalho presencial com o objetivo de evitar concentração de pessoas no ambiente de trabalho.

Como medidas de proteção aos clientes:

▪ cumprimento de medidas previstas pela OMS e Ministério da Saúde;

▪ cumprimento das medidas previstas no Decreto Estadual n°29.541 de 20 de março de 2020;

▪ mesmos os estabelecimentos empresariais não contemplados no Decreto Estadual n°29.541/2020 devem adotar as medidas de prevenção ao COVID-19.

Todas as medidas sugeridas são motivadas pela confirmação, nesta sexta-feira (20), por parte do Ministério da Saúde, de que todo o território nacional está em status de transmissão comunitária do coronavírus.

Para a publicação de tal recomendação, consideramos também a existência de casos suspeitos de coronavírus em nossa região e a fragilidade do nosso sistema de saúde.

As entidades empresariais de Caicó, colocam-se à disposição do Poder Público e de demais instituições locais para empreender novas ações de enfrentamento ao COVID-19 (coronavírus).



Missa das Exéquias do Diácono Lopes será restrita

Tendo em vista o decreto governamental e as orientações da diocese sobre as medidas de prevenção ao COVID-19, o Bispo Dom Antônio Carlos, juntamente com família e a Comissão dos Diáconos, informam que a missa de exéquias do Diác. Lopes, que acontece nesta quinta-feira (19), será restrita somente a família e ao clero.

Pedimos aos demais paroquianos que se mantenham em orações e irmanados nas suas residências. A missa será transmitida pelo Facebook. Agradecemos a compreensão de todos“.

O diácono Lopes, estava há algum tempo convalecendo de problemas de saúde e morreu esta semana em Natal.




Caicó teve atividades suspensas por causa do Coronavírus

Em Caicó, os cuidados contra o Coronavírus, também, seguem sendo tomados.

A direção do Abrigo Dispensário Pedro Gurgel, decidiu suspender as visitas em grupo aos idosos. Os familiares, podem visitar seus parentes internos na unidade, de forma individual.

O forró dos idosos, que acontece todas as sextas-feiras, pela Prefeitura Municipal, no Complexo Turístico Ilha de Sant’Ana, também foi suspenso.

A 17ª Copa Seridó de Futsal, que aconteceria no final deste mês, em Caicó, foi adiada para outra data ainda a ser definida, também por causa do Coronavírus.

Nos dois primeiros casos, os idosos, são os mais vulneráveis ao Covid-19.