Município de Caicó dará apoio logístico a refugiados venezuelanos

Prefeito Marcos José de Araújo, recepcionou os venezuelanos em Caicó

O prefeito de Caicó, Marcos José de Araújo, participou ao lado de autoridades civis, religiosas, militares e a população do bairro Castelo Branco da acolhida a 60 refugiados venezuelanos que passarão a residir nas Aldeias Infantis SOS. O transporte até o Seridó ficou a cargo do Exército.

O grupo foi recebido em Natal, vindo de Boa Vista/AC, pelo representante Cáritas Diocesana de Caicó, José Carlos Martins; secretária municipal de Assistência Social, Jarine Cristina; secretário municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil, Emmanuel Sabino; diretor do Hospital do Seridó, Gedson Santos, além de representantes nacionais das Aldeias Infantis SOS, Ministério do Desenvolvimento Social e ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados).

Marcos garantiu que caberá ao Município o apoio logístico a essas famílias, permitindo acesso aos programas nas áreas de saúde, educação e assistência social. “Há 30 dias recebemos a notícia e, desde então, estávamos trabalhando pela acolhida das famílias”, disse o prefeito. “Estamos trilhando ao lado deles a reconstrução de suas vidas, contemplando as necessidades de cada um”, completou o gestor das Aldeias em Caicó, Francisco de Assis Santiago Júnior.A interiorização busca ajudar os solicitantes de refúgio e de residência a encontrar melhores condições de vida em outros estados. Todos os selecionados que aceitaram participar da interiorização, foram vacinados, submetidos a exame de saúde e regularizados no Brasil, inclusive com CPF e carteira de trabalho.




Venezuelanos chegam à Caicó e são acolhidos nas Aldeias SOS

Os 60 venezuelanos refugiados no Brasil, chegaram à Caicó, na noite desta quarta-feira (03). Eles viajaram de Roraima até Natal, em um avião da Força Aérea Brasileira e depois foram escoltados em dois ônibus pelo Exército Brasileiro.

Em Caicó, eles foram acolhidos nas Aldeias Infantis SOS. O grupo ficará em cinco casas que foram preparadas com antecedência.

Confira imagens do desembarque dentro das Aldeias.



Município de Caicó vai enviar representantes para recepcionar os refugiados venezuelanos

Em nome do prefeito de Caicó, Marcos José, uma comitiva caicoense estará na base aérea em Natal nesta quarta-feira (03), com a finalidade de recepcionar 60 refugiados venezuelanos que virão residir em Caicó, nas Aldeias Infantis SOS.

A comitiva que irá para Natal é composta pela secretária municipal de Assistência Social, Jarine Cristine, o secretário municipal do Meio Ambiente, Emmanuel Sabino, o diretor da Cáritas Diocesana, José Carlos Martins, o diretor do Hospital do Seridó, Gedson Santos, além de representantes das Aldeias Infantis SOS.

Em Caicó, haverá outra equipe para esperar a chegada dos venezuelanos, integrada pelo prefeito e o procurador do Município, Sérgio Magalhães. Em mais uma etapa do processo de interiorização, os migrantes venezuelanos saem de Boa Vista pela manhã com destino a Natal e a previsão para a chegada é às 12h50. Da capital, os venezuelanos virão para Caicó de ônibus.

A interiorização busca ajudar os solicitantes de refúgio e de residência a encontrar melhores condições de vida em outros estados. Todos os selecionados que aceitaram participar da interiorização, foram vacinados, submetidos a exame de saúde e regularizados no Brasil, inclusive com CPF e carteira de trabalho.



Em 45 dias de gestão, Marcos do Manhoso já registra economia de R$124 mil em combustíveis

Prefeito Marcos do Manhoso conseguiu economizar recursos financeiros com abastecimento de combustíveis

Desde que assumiu a prefeitura Municipal de Caicó, o prefeito Marcos do Manhoso determinou uma série de  medidas que tem como principal objetivo diminuir os gastos.

Um dos exemplos mais evidente é com relação ao gasto com combustíveis. Nos 45 dias de gestão, a economia chegou a quantia de 124 mil reais. Somente no mês de setembro foram R$ 76 mil de economia.

Marcos do Manhoso vem recomendando a todas as secretarias: economia e responsabilidade nos gastos em todas as áreas. “A austeridade é necessária para poder reequilibrar as contas públicas. Só conseguiremos continuar pagando em dia, se economizar e planejar. Esta é uma determinação que dei a todos os secretários”, frisou.

Recentemente, o município de Caicó foi notificado pelo Ministério público estadual a dar informações no tocante aos combustíveis na gestão do prefeito preso e afastado Batata Araújo.



Prefeitura de Caicó restaura caminhão parado há vários meses

Caminhão recuperado pela Prefeitura

A Prefeitura de Caicó contará, a partir desta segunda-feira (01), com um caminhão Mercedes-Benz para fazer o recolhimento dos restos de poda das árvores no município. Por falta de manutenção, o veículo estava quebrado, mas a gestão em menos de 45 dias restaurou e colocou em atividade novamente, reforçando a frota do município.

“É o esforço do nosso governo em oferecer melhorias para a população. Estamos trabalhando a cada dia, principalmente para garantir a qualidade das condições no atendimento ao usuário e de trabalho para os servidores”, declarou o prefeito Marcos José de Araújo.



Venezuelanos chegam à Caicó na quarta, dia 3 de outubro

A chegada dos refugiados venezuelanos à Caicó vai acontecer no próximo dia 3 de outubro, às 19hs na Aldeias Infantis SOS.

A informação foi confirmada pelo presidente da instituição, Júnior Santiago, que recebeu feedback do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados – Acnur.

Os venezuelanos vem em um avião da FAB até São Gonçalo do Amarante/RN e de lá seguem de ônibus para Caicó sob escolta do Exército Brasileiro.



Chegada de venezuelanos à Caicó é adiada

A chegada dos venezuelanos que ficarão refugiados nas Aldeias Infantis SOS de Caicó, não aconteceu nesta quinta-feira (27), como estava previsto. A falta de voos da Força Aérea Brasileira motivou o adiamento para a próxima semana.

As famílias serão acolhidas em residências da instituição. Os venezuelanos chegam ao estado de avião e depois de ônibus sob escolta do Exército até Caicó.



Advogado “atentou contra a dignidade da Justiça” passando cheque sem fundos

Deu na coluna de Rosalie Arruda, da Tribuna do Norte, que poderá sobrar para o advogado Leonardo Dias de Almeida, que defende o ex-deputado federal, João da Silva Maia, o fato de ter passado um cheque pessoal, sem fundos, para “quitar” dívida do político em leilão da Justiça do Trabalho do Rio Grande do Norte.

Segundo informou a jornalista, um especialista em Justiça do Trabalho, o advogado teria praticado ato atentatório a dignidade da Justiça.



MPRN investiga emissão de cheques sem fundo por servidor após exoneração

Outro Inquérito Civil instaurando pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte, é para investigar possível ato de improbidade administrativa praticado pela ex-diretora da 5ª Diretoria Regional de Alimentação Escolar, do Governo do Estado, Maria de Fátima Saraiva Rezende Costa.

De acordo com o que consta na comunicação divulgada no Diário Oficial do Estado, ela teria emitido cheques sem fundos pertencentes ao órgão e após sua exoneração do cargo.




Prefeitura de Caicó efetua pagamento do mês de setembro nesta sexta (28)

O secretário de Tributação e Finanças de Caicó, Francisco Oliveira, confirmou que o salário de todos servidores municipais – efetivos e comissionados – será depositado até essa sexta-feira (28). Nesta quinta-feira (27), está sendo feito o repasse para os agentes de endemias e comunitários de saúde.

Até o mês de dezembro os salários estão garantidos. A projeção é fazer o pagamento até o quinto dia útil, mas dentro da nossa programação estamos repassando os vencimentos até o último dia útil de cada mês. E antes do dia 20 de dezembro pretendemos depositar o 13º salário”, confirmou Francisco.



Verba de gabinetes da Câmara de Vereadores de Caicó segue suspensa

Os vereadores da Câmara de Caicó, estão há três meses sem a vera de gabinete. Os Edis estão tentando reaver a verba, mas, não obtiveram êxito até então.

O presidente da Casa, vereador Odair Diniz, disse que a suspensão se deu por causa de recomendação do Tribunal de Contas do Estado.

A verba de gabinete dos vereadores de Caicó, soma ao final de cada mês, cerca de 53 mil reais. Ao final dos três meses, já são em média 160 mil reais que não são repassados.



Após advogado de João Maia passar cheque sem fundos, Justiça do Trabalho e OAB serão acionadas

O candidato a deputado federal, João da Silva Maia (PR), cometeu um ato gravíssimo quando pediu para seu advogado, Leonardo Dias de Almeida, passar um cheque pessoal para “pagar” a dívida trabalhista no dia do leilão promovido pelo TRT/RN em Natal. Com isso, o apartamento de João Maia, saiu do leilão, mas, o cheque não tinha fundos, ou seja, a Justiça do Trabalho foi enganada.

O próprio João Maia e também seu advogado estão passiveis de punição pelo órgão judicial. A Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, vai ser acionada por causa da ação do defensor.

A advogada Ralina França, que faz a defesa dos radialistas autores da ação está fazendo a comunicação dos fatos ao juiz Décio Teixeira, responsável pelo leilão para que sejam adotadas as providências necessárias.

O processo trabalhista que motiva o leilão do apartamento de João Maia, e a imposição de restrições em diversos bens seus, se arrasta desde 2014, quando a emissora arrendada por ele e a radialista Suerda Medeiros, em Caicó, fechou suas portas por causa de uma ação movida pelo Ecad, em decorrência de dívida.



Em nota, advogado diz que emissão de cheque se deu em acordo com João Maia

O advogado, Leonardo Dias, enviou no início da noite desta segunda-feira (24), ao Blog, nota dizendo que tenta junto ao seu cliente, o candidato a deputado federal, João da Silva Maia, o pagamento da dívida trabalhista que ele tem com 4 ex-funcionários da empresa Estação JJ & A LTDA, com sede em Caicó.

Confira:

O advogado Leonardo Dias esclarece que o episódio envolvendo a emissão de um cheque para quitar dívida judicial de seu cliente foi feita com o único objetivo de dar celeridade a solução do conflito que resultou em dívida trabalhista. Vale ressaltar que a emissão se deu em prévio acordo com o próprio cliente.

A intenção do advogado era agilizar o pagamento do débito, que ocorreria em um tempo maior caso o leilão do bem do seu cliente tivesse acontecido. No entanto, em razão do cliente não ter viabilizado o pagamento do cheque emitido, ficou impossibilitada a sua quitação, como era a intenção do advogado.

Leonardo Dias esclarece que está, junto ao seu cliente, tentando dar celeridade a quitação da dívida, dentro de todos os regramentos previstos na Legislação Trabalhista.

Assessoria de Imprensa do advogado Leonardo Dias