15ª edição do Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI) estreia em Natal dia 2 de novembro no Cinemark Midway Mall

15ª edição do Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI) estreia em Natal

O mundo dos sonhos do cinema exclusivo para crianças está de volta a Natal. O Festival Internacional de Cinema Infantil (FICI), que chega à sua 15ª edição como o único festival do gênero no país, estará na capital de 02 a 12 de novembro, Cinemark Midway Mall. Este ano, a programação reunirá 120 filmes de 25 países, concentrando mais que o triplo de lançamentos do gênero no Brasil em um só evento. O ingresso meia-entrada para todos custa apenas R$ 12,00.

Com patrocínio do Ministério da Cultura, BNDES, Petrobras, Cinemark, Prefeitura do Natal, Lei Djalma Maranhão de Incentivo à Cultura, Unimed Natalapoio institucional da UFRN, apoio do Telecine, Globo Filmes, TV Brasil, Afinal Filmes, o FICI exibirá curtas, médias e longas-metragens, brasileiros e internacionais, mostras especiais, além de oficinas e debates.

O festival abre espaço, estimula, conta e reconta a produção audiovisual brasileira direcionada ao público infanto-juvenil através dos debates do Fórum Pensar a Infânciaque acontece de 6 a 9 de novembro, na UFRN, em Natal.



7ª FLIQ começa na próxima quinta-feira com mais de 100 horas de atividades culturais

Com mais de  100 horas de atividades culturais gratuitas, entre palestras, debates, cordel, oficinas, lançamentos de livros, quadrinhos, games , sessões de autógrafos e apresentações culturais, começa na próxima quinta-feira, dia 05, a 7ª  Feira de Livros e Quadrinhos de Natal. A edição deste ano vai acontecer no Complexo Cultural da UERN, na Zona Norte, e se estende até o domingo, dia 08.

A FLIQ vai contar com a participação dos poetas Antonio Francisco e Manoel Cavalcante;  George Daniel, criador da página Signos Nordestinos – o 4º  maior perfil de humor, cultura e Nordeste do país, com mais de 1,7 milhão de seguidores no Facebook + Instagram; Mostra de Cinema com o  Coletivo Caboré Audiovisual; a parte de Quadrinhos com a curadoria de Milena Azevedo;  jornalista Glácia Marillac ; a Semana do Livro e da Biblioteca da UERN;  e ainda as equipes do Roboeduc e Toca do Aluno.   As atividades  da Feira serão realizadas durante todo o dia, envolvendo um público diverso e dinâmico.

De acordo com o coordenador do evento, jornalista Osni Damásio, a “ FLIQ se consolida como um dos principais eventos de Quadrinhos do Nordeste, atingindo, ao longo de sua realização, uma marca de mais de 15 mil visitantes, entre escolas públicas e privadas, universidades e a sociedade civil” . Tendo como principal objetivo estimular os quadrinhos, a leitura e a produção literária, a Feira  tem diversificado sua atuação na área cultural, registrando novas formas de potencializar a educação e a arte no Rio Grande do Norte.

A FLIQ tem o patrocínio da Prefeitura de Natal-Lei Djalma Maranhão, Arena das Dunas, Senac-Fecomércio e Universidade Potiguar. Apoio da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte( UERN), Café Santa Clara, RoboEduc e Toca do Aluno.



Quartas Clássicas de setembro recebe maestro Carlos Eduardo Moreno com solos de saxofone e flauta

Quartas Clássicas de setembro recebe maestro Carlos Eduardo Moreno com solos de saxofone e flauta

Os instrumentos de sopro darão os acordes do sétimo concerto no ano do projeto Quartas Clássicas. O saxofonista brasileiro Marco Toledo e a flautista francesa AdelineStervinou são os solistas que se apresentarão com a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte (OSRN) nesta edição, desta vez regidos pelo maestro convidado Carlos Eduardo Moreno. A apresentação acontecerá no Teatro Riachuelo, no dia 27 de setembro, às 20h. A entrada é gratuita.

O repertório do espetáculo contará com obras famosas como a abertura da ópera O Barbeiro de Sevilha e composições do brasileiro Heitor Villa Lobos, prometendo ao público momentos emocionantes com a marca OSRN, sob a direção artística de Linus Lerner.

Os interessados fizeram a reserva prévia do primeiro lote no dia 20 de setembro, em formulário disponível no site da OSRN –www.orquestrasinfonicadorn.com.br. Cada CPF cadastrado dá direito a dois ingressos, que poderão ser retirados entre os dias 25 e 26 de setembro, das 13 às 16h, na Fundação José Augusto, mediante apresentação de documento com foto. Apenas o titular do CPF cadastrado poderá retirar os bilhetes de entrada com a apresentação do CPF e um documento com foto . O segundo lote será distribuído para o público no dia 27 de setembro – dia da apresentação – a partir das 12h, na bilheteria do Teatro Riachuelo. Os interessados deverão apresentar seu CPF na bilheteria. Cada pessoa terá direito a retirar até dois ingressos.

Continue lendo



Galeria Sesc Cidade Alta recebe propostas para compor calendário 2018

Galeria Sesc Cidade Alta recebe propostas para compor calendário 2018 – (Foto: Moraes Neto)

Artistas visuais interessados em expor suas obras em 2018 na Galeria Sesc Cidade Alta, em Natal, podem entregar seus trabalhos até dia 20 de outubro. O Sistema Fecomércio, por meio do Serviço Social do Comércio (Sesc RN), selecionará seis propostas, que podem ser entregues presencialmente no Sesc Cidade Alta ou enviadas ao e-mail cultura@rn.sesc.com.br

Cada um dos seis artistas escolhidos receberá R$ 2.300 brutos para expor suas obras com temáticas livres, envolvendo técnicas como desenho, colagem, fotografia, gravura, pintura, escultura, cerâmica, objeto, instalação e mídias contemporâneas. O resultado será divulgado dia 10 de novembro, e as exposições acontecerão entre março e dezembro de 2018.

Além disso, o Sesc abriu outro edital relacionado a artes no Sesc Cidade Alta: serão selecionados sete trabalhos de artistas que realizarão a segunda intervenção artística no muro da unidade, que também abrange parte do muro do Senac RN. A primeira foi em 2016, quando foram escolhidos cinco artistas para grafitar o espaço, voltado para a Avenida Câmara Cascudo.

As propostas selecionadas  – com temática “Natal daqui a 50 anos” –receberão cada uma R$ 715 brutos, além da visibilidade durante cerca de um ano no coração do Centro Histórico da capital potiguar. Os candidatos podem se inscrever até sexta-feira, 22 de setembro, o resultado será divulgado dia 28 de setembro e a intervenção está prevista para acontecer ainda em outubro deste ano.

Para se candidatar, o (a) artista precisa residir no estado. Ambos os editais estão disponíveis no site do Sesc RN, o www.sescrn.com.br



Exposição revela identidade da cultura negra do Seridó potiguar no século 20

Exposição revela identidade da cultura negra do Seridó potiguar do século 20

Os primeiros retratos de pessoas negras do Rio Grande do Norte fotografadas por José Ezelino da Costa no início do século 20 serão apresentadas ao público, pela primeira vez, na exposição “Quando a pele incendeia a memória – Nasce um fotógrafo no sertão do século 19“. O projeto acontece entre os dias 6 e 28 de setembro, no 2º piso do Natal Shopping, paralelamente ao lançamento do livro que dá nome à mostra da professora e pesquisadora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ângela Almeida. A iniciativa conta com patrocínio do Morada da Paz, por meio do programa de incentivo à cultura Djalma Maranhão da Prefeitura do Natal, com realização da Cultura de Valor, e será apresentada no horário de funcionamento do mall, das 10h às 22h.

A exposição, que tem curadoria de Ângela Almeida e expografia de Rafael Campos e Michelle Holanda, contará com 40 fotografias. Os retratos revelam a identidade social da cultura negra e o dia a dia da região do Seridó, cuja sociedade da época era predominantemente branca, comandada por uma elite de coronéis e fazendeiros. A pesquisadora contou com o apoio da sobrinha-neta do retratista, a arquiteta Ana Zélia Moreira, que apresentou o álbum de família, herança deixada por sua mãe.

A importância histórica do legado de José Ezelino reside nos pequenos detalhes estéticos e sociais de sua fotografia. Um pioneirismo silencioso, que agora vem à tona publicamente. “Não podemos afirmar que José Ezelino quisesse revelar alguma espécie de racismo sobre sua condição de negro ou sobre a sociedade que vivia. Entretanto, podemos perceber que ele provocou por meio de sua fotografia, uma imagem forte de identidade social, principalmente por ser uma sociedade de descendência branca aristocrática. Assim, ele registrou lindamente os negros, seus descendentes da mesma estética que fotografava as famílias brancas que iam ao seu estúdio”, explica Ângela Almeida.

Continue lendo



Caicó: Premiado espetáculo “P´S” ganhará adaptação cinematográfica

Jornalista Raildon Lucena esteve vendo locações pra o filme junto com Lourival Andrade e Alexandre Muniz

Inspirado no livro “Eu, Pierre Rivière, que degolei minha mãe, minha irmã e meu irmão”, o espetáculo “P’S”, da Trapiá Cia Teatral, será adaptado para o cinema, através da produção de um curta-metragem. A ideia de realizar essa adaptação surgiu a partir de conversas, entre o diretor do espetáculo, Lourival Andrade Júnior, o ator Alexandre Muniz e o jornalista Raildon Lucena, diretor da Referência Comunicação, em que avaliaram o potencial cinematográfico da peça.

Nesta sexta-feira (25), a equipe de produção visitou locações na zona rural de Caicó e definiu o cronograma de gravações. A ideia da adaptação surgiu da possibilidade de mostrar o espetáculo sob outra ótica, trabalhando a linguagem cinematográfica. De acordo com o jornalista Raildon Lucena, a adaptação de P´S será importante no fomento ao audiovisual em Caicó e na região do Seridó.

“P’S” é uma adaptação de Gregory Haertel que descreve e analisa um caso real de parricídio acontecido na primeira metade do século XIX. A peça traz para uma vila do sertão nordestino a história de P, jovem que assassina brutalmente alguns de seus familiares.

“É um desafio adaptar o espetáculo P´S para uma nova linguagem, que é a do cinema. Mas, estamos acreditando no projeto e nossa meta é apresentar o curta nos festivais”, afirmou o professor Lourival Andrade. O personagem P será novamente interpretado pelo ator Alexandre Muniz, que está entusiasmado com o projeto. Para ele, a realização do curta-metragem será importante e irá apresentar a história a novos públicos. A adaptação cinematográfica de “P’S” terá direção do professor Lourival Andrade, com roteiro do jornalista Raildon Lucena. A produção é da agência Referência Comunicação.



Projeto de cinema itinerante que usa energia solar chaga ao RN

Um projeto de cinema itinerante que exibe filmes utilizando energia solar chega pela primeira vez ao Rio Grande do Norte. Além de sessões gratuitas, o ‘Cinesolar’ vai oferecer oficinas de cinema em João Câmara e São Miguel do Gostoso, hoje e amanhã.

Além das exibições de filmes de curta e longa-metragem, serão oferecidas oficinas de cinema para estudantes das escolas da região e apresentação de grupo folclórico.

Durante as sessões de cinema acontece também a Eco Estúdio Solar, que é uma exposição tecnológica sustentável, com apresentação da van chamada de ‘Cinesolar Tupã’.

Nos dois municípios, a programação de filmes terá início a partir às 18hs com apresentação do filme “O Milagre de Santa Luzia”.

O projeto é realizado pela Brazucah Produções, Ministério da Cultura e Governo Federal.



Noite memorável homenageia cantor e compositor potiguar Elino Julião

Elino Julião sendo representado por ator potiguar em cima de uma carroça de burro – (Fotos: Paulo Fuga)

Quem passava pelo terceiro piso do Midway Mall podia ouvir de longe os inconfundíveis sons da sanfona, zabumba e triângulo. O trio recepcionava o público ansioso pelo espetáculo do projeto Morada da Memória Elino Julião, realizado na última quinta-feira (1º/6), no Teatro Riachuelo, promovido pelo cemitério e crematório Morada da Paz e pela Prefeitura do Natal.

Segundo Ibsen Vila, um dos diretores do Grupo Vila, o objetivo do projeto foi manter viva a memória de Elino Julião. “Não queremos que as pessoas esqueçam desse artista tão importante para a cultura potiguar. É nossa missão divulgar e fortalecer a cultura”.

Entre os presentes, era clara a paixão pelo forró e pelo ícone do gênero que levou a música e a cultura do RN para o Brasil e o mundo. Quando o espetáculo começou e o ator Rodrigo Bico entrou acompanhado do trio sanfoneiro, usando o chapéu e o colete que Elino usava em seus shows, foi a certeza de que aquela seria uma noite memorável para todos que estavam no Teatro.

Continue lendo



Sethas-RN seleciona artesãos para 18º Fenearte

A Secretaria do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas-RN) publicou no Diário Oficial do Estado, o edital para seleção de artesãos para ocupação de um espaço coletivo de 35 metros quadrados para a divulgação e comercialização de produtos artesanais na 18º Feira Nacional de Artesanato (Fenearte), de 06 a 16 de julho, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda.

As inscrições acontecerão até o dia 31 de maio e serão disponibilizadas 10 vagas, dos quais seis serão para artesãos individuais e Microempreendedor Individual (MEI), três para associações e cooperativas, e um uma vaga para Economia Solidária.

Continue lendo



Morada da Memória Elino Julião: ingressos gratuitos esgotaram em menos de duas horas

Ingressos gratuitos para o Morada da Memória Elino Julião esgotaram em menos de duas horas

Os ingressos gratuitos para o espetáculo Morada da Memória Elino Julião, marcado para o dia 1º de junho, no Teatro Riachuelo, em Natal, foram disponibilizados na manhã desta terça-feira (23), no site do evento (www.moradadamemoria.com.br/elino-juliao), e foram esgotados em menos de duas horas. O segundo lote estará disponível somente no dia do espetáculo, a partir das 12h, na bilheteria do Teatro. Cada CPF dará direito a dois ingressos.

As pessoas que já fizeram a reserva pelo site do projeto devem agora atentar à retirada, que acontecerá nos dias 26 e 27 de maio, no horário das 14h às 18h, no Morada da Paz São José. No momento da entrega, será realizada a campanha “Faça o Bem”: para participar,basta levar 1kg de alimento não perecível. As doações arrecadadas vão beneficiar entidades de assistência a crianças carentes de Timbaúba dos Batistas, cidade de nascimento de Elino Julião.

Continue lendo



Caicoense Fernando Antônio lança o livro “Do Seridó que a gente ama”

Lrivo Do Seridó que a gente ama é lançado em Natal

Da Tribuna do Norte – O Seridó é uma região interminável de histórias. Sua terra, seu povo, sua cultura, é objeto de inúmeras publicações ano a ano. E quanto mais se pesquisa, mais assunto se encontra para escrever. É mergulhado em histórias e estudos que o advogado e escritor caicoense Fernando Antonio Bezerra desenvolve artigos para publicar na internet. Depois da boa repercussão no ambiente virtual, os textos agora ganham sua versão impressa no livro “Do Seridó Que a Gente Ama”, cujo lançamento acontece nesta quinta-feira (30), a partir das 18h, no Solar Bela Vista (Cidade Alta).

Publicado pela Sebo Vermelho, a obra reúne cerca de 40 artigos antigamente publicados pelo autor. O conteúdo vai desde temas amenos como a conversa na calçada de Paizinho Rangel, em Caicó, passando por breves anotações de genealogia, até assuntos históricos, como a morte de Octávio Lamartine, em Acari.

Para a obra, Fernando reuniu os artigos que mais evidenciavam fatos, circunstâncias gerais já estudadas por pesquisadores e algumas reflexões sobre as secas da região. “É um trabalho modesto. Não é uma pesquisa aprofundada. É uma leitura acerca de tais temas que fazem parte do Seridó que vivo ou sobre o qual já li”, explica.

O autor diz ter material para outras duas publicações – o que deve vir em breve. “Não me considero pesquisador, mas um leitor curioso acerca de fatos, pessoas, cenários que fazem a história de minha região”, conta Fernando, que tem especial atenção às pesquisas de genealogia. “Há uma boa tradição em desejarmos conhecer nossos antepassados. A região territorialmente não é tão grande e costumamos ser parentes de muitos. Gostamos do parentesco. É algo que nos aproxima e nos alegra”.



Semana de atividades vai marcar reinauguração do Centro Cultural de Caicó

Alexandre Muniz confirma que Fundação José Augusto prepara semana de atividades para reinaugurar o Teatro de Caicó na Festa de Sant’Ana – (Foto: Sidney Silva)

O Centro Cultural Adjuto Dias, está passando por reforma em sua estrutura. A ordem de serviço foi assinada por ocasião da vinda do governador Robinon Faria, à Caicó, no mês de fevereiro passado. O diretor do Centro, Alexandre Muniz, disse nesta segunda-feira (13), em entrevista na Rádio Caicó, que a empresa já resolveu alguns dos problemas existentes no prédio, como era o caso das infiltrações. “Quando chovia, era um caos. Agora, com as últimas chuvas, o problema não mais apareceu, ou seja, foi solucionado“, comentou.

A empresa ainda vai instalar mais duas saídas de emergência, uma rampa, hidrantes, mais pára-raios, barras anti-pânico nas portas, entre outros detalhes. A previsão para a conclusão da obra é de 120 dias.

A inauguração está sendo articulada pela Fundação José Augusto, para que ocorra dentro da Festa de Sant’Ana e será uma semana de eventos e comemorações. “A professora Izaura Rosado, está em contato constante conosco e nos disse que pretende trazer a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte para fazer uma apresentação em um dos dias dessa semana de reabertura do Centro Cultural. Nós já sugerimos também que a Orquestra seja levada também para se apresentar no Anfiteatro da Ilha de Sant’Ana no mesmo período“, contou Alexandre Muniz.

Uma novidade anunciada por Muniz, é a formatação de um regimento interno para o Centro Cultural Adjuto Dias, aonde constarão os valores de pautas, locação para eventos diversos e as regras de uso de modo geral. “Primeiro, nós vamos discutir sobre regimento com os artistas locais e depois levaremos para a Secretaria de Cultura do Estado com o desejo de que seja aprovado e passe a vigorar“, disse.

Depois de estar liberado para funcionamento, o Teatro poderá receber peças teatrais e os mais diversos tipos de eventos.

O diretor do local, Alexandre Muniz, disse já está articulando a realização de um Festival Nordestino de Cinema para acontecer no mês de setembro. “Nesse período poderão ser apresentados curtas e longas metragens feitos pelos artistas de nosso estado e dos demais do Nordeste. O Centro Cultural está sendo preparado para dar dignidade aos artistas“, finalizou.



Show cultural Alma de Poeta é apresentado neste sábado (11) no prédio da Antiga Prefeitura

A cidade de Caicó, recebe neste sábado (11), o show musical, Alma de Poeta. O evento acontece às 19hs no Salão Nobre da Antiga Prefeitura localizada na Rua Felipe Guerra, no Centro.

O compositor, músico e cantor Esso Alencar incluiu Caicó no seu Circuito Itinerante de Música Autoral. Em Caicó, sua apresentação conta com participação dos poetas recitadores Edcarlos Medeiros e José Fernandes.

Será uma apresentação de música e poesia, neste mês em que também comemoramos o Dia da Poesia.  A entrada será um quilo de alimento não perecível, para doação ao grupo Amigos Solidários.



Centro de Artesanato do Seridó será inaugurado em julho

Secretária Juliane Faria assinou ordem de serviço para obras do Centro de Artesanato do Seridó

Um sonho antigo dos artesãos seridoenses está mais próximo de se tonar realidade. O governador Robinson Faria e a secretária de Trabalho, Habitação e Assistência Social, Julianne Faria, assinaram, nesta quinta-feira (16), a ordem de serviço para instalação do Centro de Comercialização do Artesanato do Seridó que vai funcionar no prédio da antiga Casa de Coletoria de Caicó, no bairro Paraíba.

Enviamos 15 ofícios para três governos anteriores solicitando que fosse criado um centro de artesanato onde funcionou a Casa de Coletoria, mas nunca fomos atendidos. Em 2015, nem enviamos ofício, pedimos informalmente à secretária Julianne, ela veio até Caicó visitar o prédio, se comprometeu em fazer essa obra pois já coincidiu com o desejo dela e hoje já foi assinada a ordem de serviço. Estamos muito satisfeitos”, relatou a presidente do Comitê Regional das Associações e Cooperativas Artesanais do Seridó, Arlete Silva Andrade. A entidade congrega 3 mil artesãos de 20 associações, três cooperativas e três clubes de mães.

A obra, que vai beneficiar cerca de 3 mil artesãos dos 23 municípios da região, está orçada em R$ 350 mil, com recursos do RN Sustentável. Segundo a secretária, ela deverá ser concluída até julho. “Me comprometi com os artesãos de realizar essa importante obra e hoje estamos dando o passo inicial para que ela se torne realidade”, disse.

O governador Robinson Faria destacou a importância de fomentar a cadeia produtiva do artesanato, pois é uma grande geradora de emprego e renda. Ele disse ainda que o Centro irá impulsionar a atividade na região do Seridó que tem tradição no artesanato.