Sindipetro-RN fará assembleia nesta terça (29) sobre greve da categoria

O Sindipetro-RN fará na manhã desta terça-feira (29) assembleia geral na sede administrativa da Petrobras, em Natal, para debater e deliberar sobre a greve nacional de advertência que a categoria petroleira promoverá a partir da quarta-feira (30).

O movimento reivindica a redução dos preços dos combustíveis e do gás de cozinha; a manutenção de empregos e a retomada da produção interna de combustíveis; o fim das importações de gasolina e de outros derivados; a suspensão das privatizações e venda de ativos do Sistema Petrobrás; e a imediata saída de Pedro Parente da presidência da companhia.



Reajuste de combustíveis será feito em 60 dias e depois, mensalmente

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, afirmou hoje, em entrevista coletiva, que o reajuste de preços de combustíveis será feito inicialmente daqui a 60 dias e depois, mensalmente. Ele negou risco de prejuízos para a Petrobras,que terá liberdade total para fixar a política de preços.

“Primeiro, 60 dias, depois, mensalmente. Não há nenhum prejuízo para a Petrobras”, disse o ministro. “Não há congelamento de preços”.

Segundo ele, os preços serão alterados para cima ou para baixo, dependendo das reações do mercado internacional.

A entrevista do ministro é concedida um dia depois de o presidente Michel Temer anunciar o acordo com os caminhoneiros para encerrar  a paralisação nas rodovias federais. O governo negociou a redução de R$ 0,46 no litro do óleo diesel e a suspensão da cobrança de pedágio para caminhões vazios, entre outras medidas.

*Agência Brasil



Conta de luz terá bandeira tarifária mais cara em junho

Conta de luz vai ficar mais cara

As contas de luz em junho terão bandeira tarifária vermelha no patamar 2, o maior patamar entre as faixas tarifárias. Com isso, haverá cobrança extra nas contas de luz de R$ 5,00 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. A cobrança da nova bandeira foi anunciada hoje (25) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

De acordo com a Aneel, a decisão foi tomada em razão do fim do período chuvoso e a redução no volume dos reservatórios das usinas hidrelétricas. Com isso, há a necessidade de usar energia produzida pelas usinas termelétricas, que têm maior custo de produção.

*Agência Brasil



TRT-RN paga R$ 958 mil a ex-empregados da TV Potengi

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) deverá encerrar, nos próximos dias, uma ação trabalhista de ex-empregados da Televisão Novos Tempos (TV Potengi), que tramita na 3ª Vara do Trabalho de Natal desde 1991.

Muitos dos beneficiários desse processo já receberam o pagamento de suas verbas rescisórias, entretanto, existem ainda 25 ex-empregados da emissora que não foram localizados.

Continue lendo



Sindipostosalerta para risco de desabastecimento no RN

Sindipostos alerta que o RN pode ficar desabastecido – (Foto: Ana Silva)

O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Rio Grande do Norte (Sindipostos RN) se manifestou sobre o risco da gasolina dos postos no Estado acabarem. Segundo o sindicato, a população deve estar alerta para o risco de “desabastecimento geral” em caso de persistência dos protestos de caminhoneiros por todo o país.

Caminhões-tanque estão sendo retidos no polo de produção de Guamaré-RN, local de onde sai o diesel e a gasolina que são comercializados nos postos do Rio Grande do Norte.

O sindicato explica, ainda, que “repudia veementemente” o aumento abusivo no preço dos combustíveis durante a crise. Para o Sindipostos, praticar um preço fora do aceitável se traduz em “uma postura de claro desrespeito ao consumidor” e pede o bom senso dos empresários do setor durante a instabilidade.

**Fonte: Tribuna do Norte



Entenda a composição do preço da gasolina e do diesel no Brasil

Gasolina altas no preço ao longo dos últimos meses

Agência Brasil – A variação do preço dos combustíveis no Brasil, acompanhando a valorização do dólar e o encarecimento do petróleo no mercado internacional, tem causado protestos de caminhoneiros em diversos estados e incentivado debate no governo federal e no Congresso sobre como reduzir o custo da gasolina e do diesel no país.

Segundo a Petrobras, esse preço é composto de três variáveis principais: o preço cobrado nas refinarias ou na importação, os impostos estaduais e federais e a margem de comercialização dos distribuidores e postos revendedores.

Na semana de 6 a 12 de maio, o preço cobrado nas refinarias da Petrobras correspondia a 32% do preço da gasolina e 55% do preço do diesel que o consumidor encontrava na bomba dos postos de combustível, segundo a própria estatal.

Continue lendo



Petrobras anuncia queda nos preços da gasolina e do diesel

Petrobrás anuncia redução no preço da gasolina e diesel

A partir de amanhã (23), a gasolina e o óleo diesel ficarão mais baratos nas refinarias de todo o país. Informações divulgadas hoje (22) no site da Petrobras indicam que o preço da gasolina cairá 2,08% e o do diesel, 1,54%.

A queda no preço da gasolina ocorre depois de 11 aumentos consecutivos nos últimos 17 dias e de o preço do produto ter fechado os primeiros 21 dias do mês de maio com alta acumulada de 16,07%. Com a queda de 2,08% que entra em vigor amanhã, o preço da gasolina nas refinarias cairá para R$ 2,0433.

Continue lendo



Temer convoca reunião para discutir alta no preço dos combustíveis

Aumento nos combustíveis é o motivo da reunião convocada por Temer

O presidente Michel Temer convocou para hoje (21) uma reunião de emergência para discutir a alta dos preços dos combustíveis. A reunião ocorre no momento em que os caminhoneiros deflagraram uma paralisação por tempo indeterminado e que bloqueia rodoviais em pelo menos dez estados. Os caminhoneiros se queixam do reajuste das tarifas do diesel.

A reunião, no Palácio do Planalto, teve início às 18hs. Foram chamados para participar da conversa com o presidente os ministros Moreira Franco (Minas e Energia), Eduardo Guardia (Fazenda), Eliseu Padilha (Casa Civil), Esteves Colnago (Planejamento) e o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid.

Continue lendo



Imposto de Renda 2018: prazo para entrega dos atrasados começa nesta quarta-feira (02)

Começa nesta quarta-feira o prazo para entrega do Imposto de Renda para os atrasados

A Receita Federal libera a partir das 8h desta quarta-feira (2) o sistema do Imposto de Renda 2018 para que os contribuintes que não entregaram a declaração dentro do prazo possam fazer o envio e pagar a multa.

De acordo com o Fisco, até às 23h59 do dia 30 de abril foram entregues 29.269.987 declarações, número acima da expectativa de 28,8 milhões neste ano. Desse total, 317.920 declarações foram enviadas por dispositivos móveis.

Quem não tem imposto a pagar terá R$ 165,74 descontados da sua restituição. Já aqueles que terão que pagar IR, a multa é de 1% ao mês, começando a contar a partir de maio. O valor máximo é de 20% do imposto devido.

É recomendável que o contribuinte acerte as contas o quanto antes para pagar uma multa menor. Assim que emitir a declaração, o contribuinte receberá a “notificação de lançamento de multa” e a Darf da multa. O contribuinte terá 30 dias para pagar a multa e regularizar sua situação.

Além do prejuízo financeiro com a multa, o contribuinte fica com o CPF “sujo”, o que pode lhe impedir de empréstimos, tirar passaportes, obter certidão negativa para venda ou aluguel de imóvel e até prestar concurso público até a regularização da situação.



Conta de luz: maio começa com bandeira tarifária mais cara

Conta de luz em maio com bandeira amarela

Com a entrada no mês de maio, os consumidores sentirão um aumento nas contas de luz. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) mudou a bandeira tarifária de verde para amarela.

O valor cobrado com a alteração será de R$ 1 a cada 100 kilowatt hora (kWh) consumidos. Segundo a Aneel, a mudança ocorre em razão do final do período chuvoso.

Com o início do período seco, cai o volume de chuva sobre os reservatórios das principais usinas hidrelétricas geradoras do país. Com isso, há a necessidade de se fazer uso da energia produzida pelas usinas termelétricas, que têm maior custo de produção.

Composto pelas cores verde, amarela e vermelha (patamar 1 e 2), o sistema de bandeiras foi criado, de acordo com a Aneel, para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica.

Com a adoção da bandeira amarela, a Aneel aconselha os consumidores a adotar hábitos que contribuam para a economia de energia, como tomar banhos mais curtos utilizando o chuveiro elétrico, não deixar a porta da geladeira aberta e não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar-condicionado.



13º dos servidores que ganham entre R$ 2 e 3 mil reais sai nesta segunda (30)

Pagamento da folha de março será concluída na segunda, dia 30

Tribuna do Norte – O Governo do Rio Grande do Norte confirmou que irá pagar o 13º salário para servidores públicos ativos, inativos e pensionistas que recebem entre R$ 2.001,00 e R$ 3 mil nessa próxima segunda-feira (30), mesma data que também deverá concluir a folha salarial referente ao mês de março ao pagar os salários da faixa acima de R$ 4 mil. Até o fechamento desta edição, porém, a assessoria de imprensa do Executivo Estadual não informou se a Secretaria de Planejamento e Finanças chegou a elaborar um calendário para pagamento da folha de abril.



Aneel aprova reajuste na tarifa de energia em 4 estados do Nordeste

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou hoje (17) reajuste nas contas de luz de consumidores de concessionárias de quatro estados do Nordeste, da RGE-Distribuidora de Energia S.A., que fornece energia a usuários de 118 municípios das regiões metropolitana e Centro-Oeste do Rio Grande do Sul, e para uma cooperativa de eletrificação rural de São José do Rio Preto, em São Paulo. Na Bahia, no Ceará, no Rio Grande do Norte e em Sergipe, as novas tarifas entram em vigor domingo (22).

Os consumidores atendidos pela Companhia de Eletricidade do Rio Grande do Norte (Cosern) terão reajuste médio de 15,61%. Para os de alta tensão, a tarifa será reajustada em 17,47% e, para os residenciais e comerciais, em 4,88%. A Cosern atende a 1,4 milhão de consumidores no estado.



Governo propõe salário mínimo de R$ 1.002 para o próximo ano

Salário Mínimo proposto ultrapassa mil reais

Pela primeira vez, o valor do salário mínimo ultrapassará R$ 1 mil. O governo propôs salário mínimo de R$ 1.002 para o próximo ano, o que representa alta de 5% em relação ao atual (R$ 954). O valor consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, apresentado hoje (12) pelos ministros do Planejamento, Esteves Colnago, e da Fazenda, Eduardo Guardia.

Em 2019, a fórmula atual de reajuste será aplicada pela última vez. Pela regra, o mínimo deve ser corrigido pela inflação do ano anterior medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) de dois anos anteriores.

Em 2017, o PIB cresceu 1%. Para a estimativa de inflação, o governo considerou a previsão de 4% para o índice de inflação que consta do Boletim Focus, pesquisa com mais de 100 instituições financeiras divulgada toda semana pelo Banco Central.

A LDO define os parâmetros e as metas fiscais para a elaboração do Orçamento do ano seguinte. Pela legislação, o governo deve enviar o projeto até 15 de abril de cada ano. Caso o Congresso não consiga aprovar a LDO até o fim do semestre, o projeto passa a trancar a pauta.



Senado aprova proposta que permite saque do FGTS a quem pede demissão

O trabalhador que pedir demissão está mais perto de poder sacar integralmente o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Um projeto de lei do Senado com esse objetivo, o PLS 392/2016, foi aprovado nesta quarta-feira (11) pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) da Casa.

Como o projeto foi apreciado em caráter terminativo, caso não haja apresentação de recurso para análise do tema no plenário da Casa, o texto seguirá diretamente para apreciação na Câmara dos Deputados.

Atualmente, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) já prevê o resgate de 80% do FGTS em casos de demissão por acordo entre patrão e empregado.

Para o relator da matéria na CAS, senador Paulo Paim (PT-RS), este é mais passo a mais rumo à “correção de uma distorção histórica” na legislação que trata do FGTS, que buscava restringir o acesso a esses recursos que são do trabalhador.



Governo do RN conclui pagamento de 87% da folha de março no próximo sábado, 07

O Governo do Estado conclui até o próximo sábado (07) o pagamento de março de 98 mil dos 112 mil servidores do Estado, o que equivale a 87% da folha. Os 36 mil servidores da Educação, Saúde e órgãos indiretos que possuem arrecadação própria já receberam os salários de março em 28/03, dentro do mês trabalhado.

Recebem no próximo dia 07/04 os 22 mil servidores da segurança – SESED, SEJUC, PC, PM, CBM, ITEP e policiais do Gabinete Civil e da VICE-GOVERNADORIA (ativos, inativos e pensionistas, PM e CBM) e os 39 mil servidores das demais categorias que ganham até R$ 4 mil. O pagamento dos servidores que ganham acima de R$ 4 mil será divulgado em breve.

O décimo-terceiro salário será pago em 30/04 aos servidores que ganham entre R$ 2 mil e R$ 3 mil. O benefício dos servidores que ganham até R$ 2 mil já foi pago no último dia 29/03 e o décimo dos servidores da Educação e de órgãos indiretos com arrecadação própria já foi pago no final do ano passado. Em 30/04, o Governo do Estado terá pago o décimo a 58% dos servidores.