Gabarito do Encceja será divulgado em dezembro

O gabarito oficial do Encceja, Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, estará disponível na página do Inep, do Ministério da Educação, a partir do dia primeiro de dezembro. As provas foram aplicadas nesse sábado (18) e domingo (19) e mais de um milhão e meio de pessoas se inscreveram para o exame.

Serão habilitados no Encceja aqueles que atingirem o mínimo de 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento, além de nota igual ou superior a cinco na redação.

Os resultados individuais serão disponibilizados na Página do Participante em data ainda a ser divulgada. Quem obtiver nota mínima em todas as áreas deverá procurar a Secretaria de Educação estadual ou Instituto Federal de Educação para solicitar declaração parcial de proficiência ou certificado de conclusão no ensino fundamental ou médio.



Prazo para renovação do FIES é prorrogado

O estudante que desejar renovar o contrato do Fundo de Financiamento Estudantil, o FIES, vai ter até o dia 30 de novembro para fazer o aditamento. Esta vai ser a última chance para os interessados em garantir a continuidade do financiamento. A data da prorrogação também vai servir para a realização de transferência integral de curso ou de instituição de ensino e de solicitação de extensão do prazo de utilização do financiamento.

Adotada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, o FNDE, órgão vinculado ao Ministério da Educação, a medida tem como finalidade permitir que todos os alunos beneficiados pelo Fies possam fazer o aditamento. O FIES é o programa do Ministério da Educação que financia cursos superiores não gratuitos e com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes).

É válido ressaltar que a cada semestre os contratos do financiamento devem ser renovados. Inicialmente o pedido de aditamento é feito pelas faculdades e os alunos precisam validar as informações inseridas pelas instituições no Sistema Informatizado do Fies, o SisFies.

Do total de 1 milhão e 280 mil contratos previstos para este semestre, mais de 1 milhão e 67 mil alunos já haviam feito o aditamento até a última sexta-feira (17). Isso representa 83% do montante oferecido pelo FNDE.



Departamento de Letras do CERES reabre inscrição para especialização em LIBRAS

O Departamento de Letras do CERES reabriu na última terça-feira, 14, as inscrições para o Curso de Especialização em Libras. Os interessados tem agora até o próximo dia 27 de novembro para fazer a inscrição on-line através do endereço HTTP://sigaa.ufrn.br, através do caminho processo seletivo, processos seletivos Lato Sensu. Neste mesmo endereço, o candidato tem acesso ao edital completo.

Serão oferecidas duas turmas, uma em Natal e outra em Currais Novos, ambas com 50 vagas. O investimento consta de Taxa de matrícula, no valor de cem reais, além de 18 parcelas de R$ 250,00. As aulas iniciam no dia 02 de dezembro de 2017, com freqüência quinzenal, nos períodos vespertino e matutino, e a especialização tem previsão de término para junho de 2019.



Professora do Departamento de Comunicação da UFRN é eleita a melhor do Nordeste em premiação nacional

A professora Socorro Veloso, do Departamento de Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), foi eleita a melhor educadora do Nordeste na 3ª edição do prêmio Professor Imprensa. A premiação é uma iniciativa do Portal Imprensa e busca homenagear os docentes de comunicação mais respeitados do Brasil.

A segunda etapa da eleição foi feita pela internet e com indicados para cada região do país. No resultado divulgado nessa semana, a professora da UFRN recebeu 28,8% dos votos. A docente também é destaque como a única professora de uma instituição pública federal a conquistar o reconhecimento neste ano por seus trabalhos na área de pesquisa e incentivo às discussões sobre comunicação que acontecem dentro das universidades.

Socorro Veloso é doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (USP), mestre em Multimeios pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e possui Pós-Doutorado pela Universidade Nova de Lisboa de Portugal.  É professora do Departamento de Comunicação desde 2008 e também exerce a função vice-coordenadora do curso de Jornalismo da UFRN, onde também atua como  professora do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Mídia.



Inep antecipa a divulgação do gabarito oficial das provas do Enem 2017; Confira aqui

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta terça-feira (14) o gabarito oficial das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017, realizadas nos dias 5 e 12 de novembro. A divulgação estava prevista para quinta-feira (15), mas houve antecipação. Com o gabarito, os candidatos podem saber quantas questões acertaram.

VEJA O GABARITO OFICIAL AQUI



UERN deve parar de renovar contratos de trabalho por tempo determinado de professores

O reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) deve se abster de renovar os contratos de trabalho por tempo determinado dos professores do curso de Comunicação Social da instituição. É isso que recomenda o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) para o caso dos professores que tiveram seus contratos temporários de dois anos vencidos. A recomendação da 7ª Promotoria de Justiça de Mossoró foi publicada na edição de sexta-feira (10) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Além de parar de renovar esses contratos, o reitor deve regularizar todas as situações de sucessivas prorrogações/convocações/nomeações ilegais para contratação temporária de professor do curso de Comunicação Social. Para preencher possíveis vagas em aberto, a UERN deve convocar e nomear dos candidatos aprovados em concurso realizado no ano passado.

Continue lendo



Gabarito oficial do Enem 2017 será divulgado na quinta-feira

Gabarito do ENEM será divulgado na quinta

O gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será divulgado na próxima quinta-feira (16) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A correção das provas é feita usando a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), em que o valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item.

Dessa forma, um item em que grande número dos candidatos acertarem será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. Já o estudante que acertar uma questão com alto índice de erros ganhará mais pontos por aquele item.

Por isso, não é possível calcular a nota final apenas contabilizando o número de erros e acertos em cada uma das provas. Dois candidatos que acertarem o mesmo número de questões podem ter pontuações diferentes.  O estudante só tem como saber a nota final no Enem quando o resultado sair.

A correção é feita por meio de um sistema de reconhecimento no qual a Fundação Getulio Vargas e a Cesgranrio extraem os dados com as respostas das questões objetivas de cada participante, durante a etapa de digitalização. Por isso, é imprescindível que o preenchimento do cartão-resposta tenha sido realizado com caneta esferográfica de tinta preta.

O Boletim de Desempenho deverá ser disponibilizado aos participantes em 19 de janeiro de 2018.



Segundo dia do Enem tem 32% de abstenção e 580 candidatos eliminados

O índice de candidatos que faltaram à segunda prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, realizada hoje (12), foi de 32%. Cerca de 2,15 milhões de inscritos não compareceram às provas aplicadas neste domingo. Os candidatos responderam hoje questões de matemática e ciências da natureza (química, física e biologia). No domingo passado (5) foram aplicadas as provas de redação, linguagens e ciências humanas.

No primeiro dia de prova, foi registrada uma abstenção de 29,8%, com cerca de 2 milhões de candidatos faltosos. No ano passado, a abstenção média nos dois dias de Enem foi de 29,19%.

Neste ano, um total de 853 candidatos foram eliminados do Enem nos dois dias de prova, sendo 273 no primeiro dia e 580 no segundo dia. A maioria foi eliminada por descumprimento de regras do edital (842), nove por terem sido identificadas irregularidades nos detectores de metais e dois por recusa do dado biométrico.

O ministro da Educação, Mendonça Filho, classificou esta edição como a mais tranquila aplicação do Enem nos últimos anos, com pouquíssimas ocorrências. Na avaliação dele, o índice de abstenção está dentro da média.

Continue lendo



Portões de locais de prova do Enem serão fechados às 13h, no horário de Brasília

No segundo dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que acontece amanhã (12), os horários de abertura e fechamento dos portões serão os mesmos do primeiro dia de prova. Todos os portões serão abertos às 12h e fechados impreterivelmente às 13h, conforme horário de Brasília. As provas começam 30 minutos após o fechamento dos portões.

A atenção deve ser redobrada em estados que tenham fuso horário diferente ou que, ao contrário de Brasília, não estejam no Horário Brasileiro de Verão. Os candidatos devem chegar com antecedência, pois em locais grandes ou muito movimentados o tempo para achar a sala de prova pode ser maior que o esperado. Como o Enem está marcado para o fim de semana, os estudantes devem lembrar que nesses dias o número de linhas de metrô, trem e ônibus circulando costuma ser menor.

Por causa do fuso horário no Brasil, no Acre os portões fecham às 10h (horário local). Já nos estados do Amazonas, Rondônia e Roraima os candidatos só poderão entrar no local da prova até as 11h (horário local). Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins fecharão os portões às 12h (horário local). No Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, o horário final é 13h (horário local).

Hoje serão aplicadas as provas de matemática e ciências da natureza, com 4h30 de duração. O candidato que sair da sala em até duas horas após o início da prova terá sua nota zerada.



FIES terá faixa com juro zero para alunos com renda familiar de até três salários mínimos

FIES terá faixa com juro zero para alunos com renda familiar de até três salários mínimos

Recentemente o Senado aprovou uma medida provisória que estabelece novas regras para o Fundo de Financiamento Estudantil, o Fies. Uma delas é que a partir do primeiro semestre de 2018, haverá oferta de vagas com financiamento a juro zero para alunos com renda familiar de até três salários mínimos.

Hoje em dia, a taxa de juros é de 6,5% ao ano. As parcelas serão proporcionais à renda do estudante e ao valor do curso. Nesta faixa serão oferecidas 100 mil vagas a juro real zero. Lembrando que os recursos desse financiamento vão ser provenientes da União.

Além desta modalidade, há outros dois tipos financiamentos, destinados para estudantes com renda per capita mensal de até cinco salários mínimos. Neste caso, a fonte de financiamento será com recursos de fundos constitucionais para a modalidade dois e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o BNDES, para a modalidade três.

Agora, o texto segue para sanção presidencial, e as mudanças vão começar a valer para contratos fechados já no primeiro semestre do ano que vem.



Locais de prova do Encceja 2017 já estão disponíveis

Locais de prova do Encceja 2017 já estão disponíveis

Os participantes do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – Encceja, já podem consultar os locais de prova. O exame será realizado no próximo dia 19 e o cartão de confirmação de inscrição foi disponibilizado nessa quarta-feira (08) no portal do Inep, do Ministério da Educação. Para ter acesso ao cartão, o inscrito deve fornecer o CPF e a senha cadastrada.

Estão disponíveis no documento o número de inscrição, a data, a hora e o local das provas, além dos atendimentos específicos ou especializados, caso tenham sido solicitados. As provas serão realizadas no dia 19 de novembro para mais de um milhão e meio de pessoas. Desse total, mais de um milhão e duzentos mil inscritos farão o exame para certificação no ensino médio e 300 mil pessoas para o ensino fundamental.

O Encceja será aplicado em 564 municípios em todo o Brasil nos turnos matutino e vespertino. Pela manhã, as provas terão início às 9h e à tarde, às 15h30, seguindo o horário oficial de Brasília.

Caso o participante tenha esquecido a senha, basta digitar o CPF e clicar em “Esqueci minha senha”, para que uma nova seja enviada para o e-mail cadastrado. Os cartões e mais informações estão disponíveis em inep.gov.br



Escola Agrícola de Jundiaí abre inscrições em seleção de profissionais

Escola Agrícola de Jundiaí abre inscrições em seleção de profissionais

A Escola Agrícola de Jundiaí, Unidade Acadêmica de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), está com edital aberto para contratação temporária de professores e auxiliares administrativos. São oferecidas 52 vagas, sendo 48 destinadas a professores, e quatro vagas para auxiliares administrativos. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas online.

Os interessados em participar da seleção devem realizar suas inscrições preenchendo o formulário eletrônico disponível em http://www.pronateceajufrn.com.br/ até o dia 16 de novembro. É preciso inserir documentações comprobatórias da formação acadêmica e experiências profissionais. Cada candidato pode se inscrever em até duas vagas.

Os profissionais selecionados atuarão nos cursos de formação inicial e continuada (FIC) ofertados através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), nos municípios de Canguaretama, Luís Gomes, Major Sales, Natal, Parelhas, Pau dos Ferros, Rafael Fernandes, Riacho de Santana, Santana do Seridó, Serra de São Bento, Serra Negra do Norte, Serrinha, Serrinha dos Pintos, Umarizal e Vera Cruz.



Inscrições prorrogadas para o V Prêmio de Jornalismo do MPRN

As inscrições para o V Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) foram prorrogadas até a sexta-feira (10). A prorrogação foi motivada pela decretação de ponto facultativo na última sexta-feira (3).

Os concorrentes devem enviar o material, a documentação e a ficha de inscrição impressa pessoalmente no Protocolo do edifício-sede da Procuradoria-Geral de Justiça, em Natal/RN, ou enviar pelos Correios. Todas as informações e a ficha de inscrição constam no regulamento disponível no site http://www.mprn.mp.br/premiodejornalismo

A premiação reconhece os melhores trabalhos jornalísticos veiculados no Estado sobre a temática da atuação ministerial. O tema este ano é “MPRN 125 anos: na defesa dos direitos da sociedade potiguar”. O concurso é dividido em cinco categorias profissionais – Jornalismo Impresso, Webjornalismo, Radiojornalismo, Telejornalismo e Fotojornalismo – com premiação para o primeiro lugar (R$ 3.500), para o segundo lugar (R$ 2.500) e para o terceiro lugar (R$ 1.500) em cada uma.

Há ainda a categoria destaque acadêmico para estudante de Comunicação. Entre os trabalhos acadêmicos poderá haver classificação por colocação em primeiro, segundo ou terceiro lugar, ou mesmo uma Menção Honrosa, mas sem premiação em dinheiro.

As matérias válidas para concorrer deverão ter sido publicadas entre o espaço temporal de um ano (novembro de 2016 a novembro de 2017). A premiação acontecerá em dezembro, mês em que se comemora o Dia Nacional do Ministério Público.



Para especialista, tema da redação do Enem abre debate para inclusão social acadêmica

Para especialista, tema da redação do Enem abre debate para inclusão social acadêmica

Os candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio, o Enem 2017, se depararam, no último domingo (5), com o seguinte tema da redação: “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”. Para o ministro da Educação, Mendonça Filho, a questão da surdez e da deficiência auditiva é um assunto que deve ser colocado em debate com os jovens brasileiros. “É inclusivo, levanta uma questão que envolve cerca de 10 milhões de brasileiros, que tem surdez ou deficiência auditiva e é algo que, para mim, coloca um debate bastante interessante junto a própria sociedade de conscientização. De forma propositiva e muito afirmativa, o MEC, por intermédio do Enem, coloca este debate em discussão junto a juventude do nosso país.”

O ministro da Educação comentou também que deseja incluir um reforço na questão da linguagem de sinais para os surdos e aqueles que tem alguma deficiência auditiva. “O Plano Nacional da Educação prevê a questão da educação especial e na programação da definição da Base Nacional Comum Curricular, nós queremos incluir um reforço a questão da linguagem de sinais, a língua brasileira de sinais, que é algo muito positivo e importante em uma missão de inclusão de brasileiros que hoje são surdos ou que tem deficiência auditiva.”

A presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, Maria Inês Fini, dá mais detalhes sobre o que os candidatos acharam do tema. “Fiquei particularmente muito feliz com as manifestações dos candidatos que saíram de prova e estão fazendo manifestações muito positivas acerca do tema da redação.”

O tradutor intérprete e professor de libras, Alexandre Castro, comenta que o fato do assunto ter sido motivo de reflexão entre milhares de pessoas, dá espaço para que mais ações benéficas ocorram. “Com este tema, ações podem surgir para minimizar o abismo de desvantagens na inclusão social acadêmica, principalmente o acesso a educação, valorizando o ensino e a sua língua. O tema valeu por ter aguçado a refletir e buscar este conhecimento, que de outra maneira muitos jamais se importariam, pois não estava na via de interesse.”

No próximo domingo (12), os alunos farão questões de matemática e ciências da natureza. Esta é a primeira vez que o Enem é realizado em dois domingos consecutivos.