Aulas presencias da rede pública estadual do RN só serão retomadas em 2021

Aulas da rede pública só retornam em 2021

A governadora Fátima Bezerra anunciou na manhã desta terça-feira, 08, a continuidade da suspensão das aulas presenciais na rede pública estadual de ensino até o final de 2020 em função da continuidade da pandemia da Covid-19.

Para tomar a decisão a Governadora citou a posição do Comitê setorial da Educação no RN, a União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), a opinião expressa pela população em recente pesquisa do Ibope que atesta que mais de 70% dos brasileiros querem a volta das aulas presencias só após a disponibilidade de vacina e enquetes feitas pela Secretaria Estadual de Educação e por veículos de comunicação.

Diante destes fatos e considerações informo que as atividades presenciais da Educação no RN só serão retomadas em 2021. Isto estará normatizado no próximo decreto que vamos publicar nos próximos dia para a rede de educação pública do Estado”, afirmou a chefe do Executivo.


Nova unidade do Over será instalada no shopping Partage Zona Norte

Em processo de grande expansão no Nordeste, o Over anunciou esta semana três novas unidades com ensinos fundamental, médio e cursinho: Mossoró, Partage Norte Shopping, na zona Norte de Natal, e em João Pessoa.

A unidade no shopping da capital potiguar é a oitava do Over. “Era um sonho antigo ter uma unidade na zona Norte. Agora o sonho se transforma em realidade. Esse será um colégio completo. Em 2021 já teremos uma escola completa, construída do zero, com tudo que a zona Norte merece.

“Nosso objetivo é trazer um novo padrão para região, com uma estrutura de primeiro mundo”, destacou o professor Carlos André, diretor de expansão do Over.

Com a nova unidade do Partage Shopping, a escola passa a contar com seis instalações em Natal, uma em Mossoró e outra em João Pessoa. E todas as três cidades com o ensino completo, do fundamental ao cursinho.


ENTREVISTA: Fátima Cardoso, coordenadora do Sinte-RN, reafirma intensão de greve se aulas voltarem

Fátima Cardoso, também disse que entende que o ano letivo está perdido

A Coordenadora Geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte – SINTE-RN, concedeu entrevista ao programa Cidade Alerta, da Rádio Rural FM 102,7, nesta sexta-feira (04). Ela falou sobre a decisão dos profissionais de entrarem em greve caso o Governo do Estado mantenha a decisão de retomar as aulas no início do mês de outubro.

Ela ainda respondeu sobre a perda do ano letivo, por causa da pandemia do novo coronavírus.

Ouça a entrevista:


SINTE/RN é contra retomada das aulas na Rede Estadual em outubro e cogita chamar Greve

Escolas estão com atividades suspensas por causa da pandemia do novo coronavírus

O Sindicato dos Trabalhadores em Edução do Rio Grande do Norte – SINTE/RN é contrário a retomada das aulas presenciais na Rede Estadual, marcada para 05 de outubro, conforme anunciado pelo secretário Getúlio Marques nesta quinta-feira (03). Por isso, cogita a possibilidade de chamar uma greve.

Para o Sindicato, voltar agora é pôr em risco professores, funcionários, estudantes e pais. A pandemia da Covid-19 não acabou, embora os números de casos, mortes e ocupação de leitos aparentemente tenham diminuído. É possível, no trajeto, levar o vírus para a escola ou trazer para casa. Como se sabe, não há remédios que combatam com eficácia a doença, tampouco existem vacinas que previnam.

Além disso, a maioria das escolas públicas do Rio Grande do Norte não têm condições de receber a comunidade escolar neste momento atípico. Como praxe, há problemas estruturais, faltam materiais e até mesmo professores nos quadros e o número de funcionários é insuficiente.

No entanto, o SINTE não é contra planejar a futura retomada. É necessário preparar os espaços para o pós-pandemia. Porém, isso precisa ser feito com cautela, observando a nossa realidade.

A coordenadora geral do SINTE/RN, professora Fátima Cardoso, afirma que, sem garantias de segurança nas escolas, a entidade vai chamar greve: “Do jeito que as escolas estão, há riscos. Por isso, não vamos aceitar isso (a retomada em outubro)”.


Calendário 2020 da UERN inicia nesta segunda (31) com o Planejamento Pedagógico

Aulas serão realizadas a partir do dia 08 de forma remota

O semestre letivo 2020.1 da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) inicia nesta segunda-feira (31), com a Semana de Planejamento Pedagógico. Conforme a Resolução nº 28/2020–CONSEPE, o semestre será realizado com a utilização do ensino remoto em caráter excepcional.

A Semana de Planejamento será realizada de 31 de agosto a 04 de setembro, pelos Departamentos Acadêmicos das Faculdades e Campi da UERN. Para subsidiar as discussões, a Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PROEG) sugeriu algumas propostas a serem inseridas nas atividades considerando as especificidades de cada curso. Tais propostas visam promover encontros de formação continuada com o corpo docente do curso, discutir o conteúdo do Caderno Ensino Remoto e da Instrução Normativa 003/2020-PROEG, além de estudar as demandas do semestre remoto 2020.1.

Continue lendo

UFRN adia retomada do período letivo 2020.1

Retorno às aulas na UFRN foram adiadas

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) adia a retomada do período letivo 2020.1 para o dia 8 de setembro.

O adiamento foi necessário porque o programa de pacote de dados da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP)/Ministério da Educação (MEC) não estará implementado na data prevista para o início das aulas da Universidade.

Nesse sentido, além do auxílio instrumental para aquisição de equipamentos, a UFRN vai também disponibilizar apoio financeiro para custear a contratação de internet dos estudantes prioritários da assistência estudantil.

Continue lendo

Com ensino remoto, UERN marca retorno das aulas para 8 de setembro

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte marcou para o dia 8 de setembro o início das aulas do primeiro semestre de 2020, nos cursos de graduação, de forma remota. A decisão foi tomada em reunião realizada nesta quinta-feira (13). As atividades da instituição estavam suspensas desde 15 de março, por causa da pandemia de Covid-19.

De acordo com o documento aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), o semestre 2020.1 vai começar no dia 31 de agosto, com atividades de planejamento, e as aulas remotas serão iniciadas no dia 8 de setembro.

Continue lendo

Confirmadas as primeiras cidades que receberão a Casa das Palavras em 2020

Com o patrocínio da Cosern / Instituto Neoenergia e do Governo do RN, através da Lei Câmara Cascudo de Incentivo à Cultura, a Casa das Palavras se prepara para iniciar o seu sétimo ano de atividades culturais e de estímulo à leitura com a escolha dos municípios que receberão o projeto neste ano.

Além de Natal e Mossoró – as duas maiores cidades do estado – serão contemplados também outros oito municípios de diferentes regiões do Rio Grande do Norte:

Caiçara do Norte – O município está localizado no litoral norte do RN, distante 125 km de Natal. A população é de cerca de 7 mil habitantes, com Índice de Desenvolvimento Humano-IDH 0,574;

Caraúbas – A cidade fica no Oeste do estado, a 296 km de Natal. A população do município é de 21 mil habitantes. O IDH é 0,638

Alexandria – Localizada no Alto-Oeste, a cidade está a 380 km de Natal. Sua população é estimada em 14 mil habitantes e seu IDH é 0,606

Tenente Ananias – Também localizada na região do Alto-Oeste, a cidade está a 413 km de Natal. Sua população é de cerca de 10 mil habitantes e seu IDH é 0,592

Tenente Laurentino Cruz – Situada a 229 km de Natal, a cidade fica na região do Seridó e é considerada a de maior altitude no RN. A população é superior a 5 mil habitantes e seu IDH é 0,623

Lagoa Nova – Localizada também na região serrana do Seridó, a cidade vem se destacando pelo voluntariado de seus professores com várias ações de estímulo à leitura. Lagoa Nova fica a 200 km de Natal e receberá a Casa das Palavras pela segunda vez. Sua população é estimada em 14 mil habitantes e seu IDH é 0,585

Parnamirim – Localizada na região do Seridó, e considerada um polo regional, a cidade está a 170 km de Natal. Sua população é estimada em 45 mil habitantes e seu IDH é 0,691

Goianinha – Localizada no Agreste Potiguar, a cidade, distante 45 km de Natal, tem uma população de mais de 26 mil habitantes, com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) 0,638;

Continue lendo

Ministério da Educação divulga resultado do Fies

Mais de 107 mil inscritos disputam 30 mil vagas – (Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

A partir desta terça-feira (4), o Ministério da Educação (MEC) divulga o resultado dos candidatos pré-selecionados no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A complementação da inscrição desses estudantes começa hoje mesmo e segue até as 23h59 de quinta-feira (6). Nesta edição, 107.875 mil inscritos disputam 30 mil vagas, ofertadas em mais de 1,3 mil instituições de ensino superior.

Lista de Espera

Quem não foi selecionado na chamada única do Fies ainda pode disputar uma das vagas ofertadas por meio da lista de espera, em que a inclusão é automática. Nesse caso, o prazo de convocação segue até as 23h59 de 31 de agosto.

Programa

O Fies é um programa do MEC que concede financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos, em instituições particulares de educação superior. O fundo é um modelo de financiamento estudantil moderno, divido em diferentes modalidades, podendo conceder juro zero a quem mais precisa. A escala varia conforme a renda familiar do candidato.


Aulas na UFRN voltam 24 de agosto, remotamente

Volta às

O Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da UFRN regulamentou, nesta quinta-feira, 16 de julho, a retomada das aulas dos cursos de graduação do período letivo 2020.1, o qual estava suspenso desde 17 de março em virtude da pandemia da covid-19. A resolução aprovada prevê o reinício das aulas em 24 de agosto.

Para preservar a saúde, a inclusão e a flexibilidade, as aulas da graduação do período 2020.1 acontecerão em formato remoto. Para fins operacionais, as turmas serão registradas no Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA) como 2020.6.

Continue lendo

Termina hoje prazo para inscrições no ProUni

Programa distribuirá 170 mil bolsas para estudantes – (Foto: Marcello Casal Jr./ABr)

Estudantes interessados em concorrer a uma das cerca de 170 mil bolsas oferecidas pelo Programa Universidade para Todos (Prouni) têm até hoje (17), às 23h59, para concluir o formulário de cadastro no portal do aluno.

O ProUni oferece bolsas integrais e parciais para instituições de ensino superior da rede privada. Segundo o Ministério da Educação, essa edição do programa beneficiará 167.780 alunos que ingressarão no ensino superior. O programa dispõe de 60.551 bolsas integrais e  07.229 bolsas parciais, que cobrem 50% da mensalidade do curso selecionado.

“O ProUni é um programa de inclusão social de maior eficiência e eficácia. É um programa com meta clara e regras transparentes de concessão de benefícios fiscais. Não consigo pensar em um exemplo melhor de programa de transferência de renda e diminuição da desigualdade social”, afirmou a presidente Associação Nacional das Universidades Privadas (Anup), Elizabeth Guedes.

Podem participar aqueles que fizeram a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e alcançaram no mínimo 450 pontos. Os interessados nas bolsas não podem ter recebido nota zero na redação.

*Leia a notícia completa, AQUI


Secretaria de Educação de Natal lança Processo Seletivo para professor e educador infantil

Edital foi lançado pela Prefeitura de Natal

Foi publicada na edição do Diário Oficial do Município de Natal, desta quarta-feira (08), a abertura do Processo Simplificado de Seleção para Contratação Temporária, a fim de integrar cadastro de reserva para Educador Infantil, Professor de Artes Dança, Artes Música, Artes Teatro, Artes Visuais, Educação Física, Ensino Religioso, Geografia, História, Inglês, Libras, Língua Portuguesa e Matemática.

O Edital da Comissão Permanente de Concurso Público (Compec) da Secretaria Municipal de Educação, foi autorizado pelo prefeito do Natal, Álvaro Dias.  Por se tratar de seleção para cadastro de reserva, não há número de vagas pré-determinado, sendo preenchido à medida que forem surgindo as demandas. Vale lembrar, também, que ficam reservadas vagas para pessoas com deficiência e candidatos negros.

Continue lendo

MEC anuncia que Enem será em 17 e 24 de janeiro de 2021

Provas digitais vão ocorrer em 31 de janeiro e 17 de fevereiro – (Foto: Marcello Casal Jr./ABr)

O Ministério da Educação anunciou hoje as novas datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O exame, que teve a aplicação adiada por causa da pandemia do novo coronavírus, será realizado nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021. Já a prova do Enem digital ocorrerá nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021, informou o Ministério da Educação (MEC).

Os resultados finais das provas serão divulgados a partir do dia 29 de março de 2021.

O evento ocorreu no Ministério da Educação (MEC) e contou com a presença do secretário-executivo da pasta, Paulo Vogel, e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes.

Segundo o levantamento feito pelo Inep, para 49,7% dos estudantes, o Enem impresso deveria ser aplicado em 2 e 9 de maio de 2021 e o Enem digital em 16 e 23 de maio. As provas estavam originalmente marcadas para ocorrer em novembro.

Seleção Unificada

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) estão abertas até o dia 10 de julho. Serão oferecidas mais de 51 mil vagas em instituições de ensino superior do país.

Pela primeira vez, além dos cursos de graduação presenciais, o Sisu 2020.2 vai ofertar vagas na modalidade a distância (EaD). Além de ter feito o Enem de 2019, os interessados não podem ter zerado a redação. Estudantes que fizeram o exame na condição de treineiros também não podem participar.


Renato Feder diz ter rejeitado convite para ser ministro da Educação

O secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, publicou mensagem neste domingo (5) na qual afirma ter recusado convite do presidente Jair Bolsonaro para ser o novo ministro da Educação.

Neste sábado (4), a colunista do G1 e da GloboNews Ana Flor informou que Bolsonaro havia segurado a indicação de Feder após repercussão negativa que o nome teve entre apoiadores de grupos ideológicos e evangélicos.

Recebi na noite da última quinta-feira uma ligação do presidente Jair Bolsonaro me convidando para ser ministro da Educação. Fiquei muito honrado com o convite, que coroa o bom trabalho feito por 90 mil profissionais da Educação do Paraná. Agradeço ao presidente Jair Bolsonaro, por quem tenho grande apreço, mas declino do convite recebido. Sigo com o projeto no Paraná, desejo sorte ao presidente e uma boa gestão no Ministério da Educação“, escreveu Feder em uma rede social.

*Leia a notícia completa do G1, aqui


Renato Feder pode ser confirmado ainda nesta sexta como NOVO MINISTRO DA EDUCAÇÃO

Renato Feder, secretário da Educação e do Esporte do Paraná, cotado para assumir o MEC

O secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, pode ser confirmado ainda nesta sexta-feira (3) pelo presidente Jair Bolsonaro como o novo ministro da Educação. Bolsonaro ligou na quinta (2) para Feder para tratar do assunto.

Feder era um dos cotados para a vaga quando o ex-ministro Abraham Weintraub deixou o governo, no fim de junho. No entanto, Bolsonaro acabou optando pelo professor Carlos Decotelli. Nesta semana, Decotelli saiu do ministério antes mesmo de tomar posse, em razão da descoberta de inconsistências em seu currículo.

Anteriormente, havia pesado contra Feder o fato de ser próximo ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB), um dos principais rivais políticos de Bolsonaro. Feder também conta com o apoio do governador do Paraná, Ratinho Júnior (PSD). O PSD é um dos partidos que vêm se aproximando de Bolsonaro nos últimos meses, na tentativa do presidente de construir uma base de apoio no Congresso.

Em entrevista à GloboNews, ainda na época da saída de Weintraub, Feder disse que aceitaria o convite se fosse chamado pelo presidente.

Fonte: Agência Brasil