Confira os registros de chuvas de segunda (01) em Caicó

Chuva em Caicó – (FOTO: Sidney Silva)

Choveu na região de Caicó, na tarde e noite desta segunda-feira (01) e os registros pluviométricos que chegaram ao programa Violeiros do Seridó, na 102,7 FM, você confere a baixo.

BAIRRO BARRA NOVA/CAICÓ – 10mm
AVENIDA RIO BRANCO/IV REGIONAL/CAICÓ – 10mm
CONJUNTO IPE/CAICÓ – 25mm
BAIRRO MAYNARD/CAICÓ – 10mm
SÍTIO PITOMBEIRA/CAICÓ – 04mm
SÍTIO RIACHO/SABUGI/CAICÓ – 16mm
SÍTIO CACHOEIRINHA/PALMA/CAICÓ – 10mm
DISTRITO PALMA/CAICÓ – 06mm
SÍTIO MANHOSO/CAICÓ – 02mm
SÍTIO CARRAPATEIRA/CAICÓ – 18mm
SÍTIO CASA NOVA DE BREJINHO/SÃO JOÃO DO SABUGI – 10mm
SÍTIO CORDEIRO/SÃO JOÃO DO SABUGI – 21mm
SÍTIO MATA FOME/SÃO JOÃO DO SABUGI – 25mm
SÍTIO JERUSALÉM/SÃO JOÃO DO SABUGI – 12mm
SÍTIO CAMPO GRANDE/SÃO JOÃO DO SABUGI – 18mm
SÃO JOÃO DO SABUGI/RN – 18mm
SÍTIO BARRA DA CARNAÚBA/SERRA NEGRA – 15mm
SÍTIO FLORESTA/SERRA NEGRA – 19mm
SERRA NEGRA DO NORTE/RN – 08mm
SÍTIO VENEZA/SÃO FERNANDO – 09mm
SÍTIO FECHADO/JARDIM DE PIRANHAS – 28mm
SITIO SANTA CRUZ/JARDIM DE PIRANHAS – 31mm
SÍTIO ESTREITO/JUCURUTU – 27mm
SÍTIO RIO DO MEIO/CRUZETA – 20mm
OURO BRANCO/RN – 19mm
SÍTIO TRICHEIRA/MESSIAS TARGINO – 12mm
ALTO DA CAPELA/CAMPO GRANDE/RN – 64mm
SÍTIO BOQUEIRÃO/SÃO BENTO/PB – 07mm
SÍTIO BRAZ FELIX/B. BREJO DO CRUZ – 19mm
SÍTIO SANTA LUZIA/B. BREJO DO CRUZ/PB – 08mm


Reservas hídricas começam a elevar volumes com chuvas no interior

Açude Itans – (FOTO: Dr. Marcos Moreira)

O Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado nesta segunda-feira, 1º de março, indica que a barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior reservatório do RN, teve aporte hídrico com relação ao último relatório divulgado no dia 16 de fevereiro e acumula 1.218.636.408 m³, correspondentes a 51,35% da sua capacidade total, que é de 2.373.066.510 m³. No relatório anterior, o manancial estava com 1.208.479.237 m³, equivalentes a 50,92% do seu volume total.

Outro reservatório que recebeu aporte hídrico foi a  barragem de Pau dos Ferros, que acumula 11.433.386 m³, equivalentes a 20,85% da sua capacidade total, que é de 54.846.000 m³. No relatório anterior ela estava com 11.119.562 m³, percentualmente, 20,27% do seu volume total.

O reservatório Marechal Dutra, conhecido como Gargalheiras, localizado em Acari, também teve aumento de volume e acumula 9.274.305 m³, correspondentes a 20,88% da sua capacidade total, que é de 44.421.480 m³. No relatório do dia 16 de fevereiro ele estava com 8.758.385 m³, equivalentes a 19,72% do seu volume total.

Continue lendo

Meteorologistas preveem poucas chuvas para o Seridó em 2021

Chuvas no Seridó terão pouca intensidade em 2021

A previsão do período de chuvas no RN em 2021, divulgada nesta sexta-feira (26), pela Emparn após reunião de meteorologistas do RN, Paraíba e Ceará, aponta para um inverno dentro da média histórica ou pouco abaixo.

O resultado da análise climática para o Rio Grande do Norte, para o período de março a maio de 2021, apontam precipitações de 533,8 milímetros no Leste; 479,2 mm no Oeste; 376,9mm, na região Central (onde estão as cidades do Seridó); 342,2 mm no Agreste.

No Oceano Pacífico, está ocorrendo o fenômeno da ‘La Nina’. A temperatura do Oceano Atlântico precisa subir entre 1 e 1,5 graus para favorecer a ocorrência de chuvas no semiárido nordestino, informou o chefe da unidade instrumental e meteorologia da Emparn, Gilmar Bistrot.

Comento

Se for confirmada a previsão, as chuvas na região Central do estado, onde ficam as cidades do Seridó, serão muito baixas. A média de 376,8mm, está muito à quem do que historicamente é registrado pros lados de cá. Se bem, que a irregularidade nos registros pluviométricos tem sido uma constante nos últimos 10 anos.


Meteorologistas terão reunião de análise climática para o semiárido na terça (23)

Chuvas estão acontecendo na região Nordeste – (FOTO: Sidney Silva)

Na próxima terça-feira (23), meteorologistas dos centros de pesquisa da região Nordeste, do Centro de Pesquisa Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE), Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e da Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme), além de técnicos em áreas ligadas ao monitoramento de chuvas e da seca se reunirão em conferência online para Análise Climática para o Semiárido do Nordeste Brasileiro- período de março a maio de 2021.

A reunião irá durar o dia inteiro e nos dias seguintes iremos divulgar a previsão para o período”, disse Bristot, organizador do evento.


Meteorologista da Emparn diz que chuvas seguem até domingo (21)

Chuvas devem continuar durante toda a semana

Até domingo (21), a previsão é de céu parcialmente nublado a claro em todas as regiões com pancadas de chuvas devido a circulação do ar favorável em altos níveis da atmosfera, que favorecem a entrada de umidade sobre a região e a consequente formação de chuvas sobre o Estado.

É previsto que ocorram chuvas espalhadas por todas as regiões e o início da atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), para o próximo final de semana”, avaliou Bristot.


RN: Chuvas em janeiro abaixo da média esperada

Janeiro teve chuvas fora da perspectiva dos meteorologistas – (Foto: Sidney Silva)

O Rio Grande do Norte registrou volumes de chuvas 78,3% abaixo da média esperada no mês de janeiro de 2021.  A média de chuva observada no estado foi de 14,1 milímetros (mm), enquanto que a esperada era de 60,4mm. As análises da Unidade Instrumental de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte- EMPARN, apontam que o cenário decorreu  da presença de águas superficiais mais frias do que o normal no Oceano Atlântico sul.

A região do Alto Oeste potiguar foi aonde os maiores índices foram registrados, com destaque para os municípios de Rafael Fernandes (150mm), José da Penha (95,8mm), Água Nova (87,5mm) e Cel. João Pessoa (77,4mm).

No restante do Estado, por falta de instabilidade atmosféricas, as chuvas foram fracas e isoladas, mostrando uma predominância de índices pluviométricos abaixo de 10mm”, avaliou o chefe da unidade, Gilmar Bristot.

Bristot explica que nos últimos três anos (2017-2020) as águas do Atlântico Sul, nos meses de janeiro e fevereiro, apresentaram temperaturas acima do normal o que provocou chuvas nestes dois meses, acima do normal.

Então o sertanejo, o natalense se acostumou com as chuvas em janeiro e fevereiro- o que não é o esperado acontecer. O esperado é que a Zona de Convergência que trás chuvas para o sertão de fevereiro à maio atue nos meses de março e abril- que são os meses que mais chove aqui no Nordeste.  Então em 2021 a expectativa é da atuação da zona de convergência nos meses de março e abril”, disse.

O meteorologista prevê o início das chuvas a partir de meados de fevereiro início de março no interior do estado, começando pela região do Alto Oeste e chegando depois na região do Agreste.

A expectativa para fevereiro é das chuvas próximo da normalidade”, considerou.

Média de chuvas em janeiro de 2021 no RN

Estado 14,1 mm

Região Oeste 30,1mm

Região Central 6,4mm

Região Agreste 7,4 mm

Região Leste 12,4mm


Chuvas de mais de 100 milímetros foram registradas na região de Caicó nesta terça-feira (16)

Chuvas banharam cidades e comunidades rurais

Fazenda Feitosa – São João do Sabugi – 130 mm
Sítio Mulunguzinho – Caicó – 91 mm
Sítio Juá debaixo – Caicó – 144 mm
Sítio Nova Olinda – Caicó 20 mm
Sítio Brejinho – São João do Sabugi – 130 mm
Ipueira – zona urbana – 105 mm
Boa Passagem – Caicó – 45 mm
Sítio Serrote do Tigre – Picuí – 6 mm
Sítio Manhoso – Caicó – 13 mm
Fazenda Monte Alegre – Carnaúba dos Dantas – 72 mm
Sítio Carcará – São João do Sabugi – 100 mm
Fazenda Mulungu – São João do Sabugi – 165 mm
Lagoa da Serra – 102 mm
Sítio Bestas Bravas – 35 mm
Sítio Barra do Riacho – Junco do Seridó – 15 mm
Bairro Penedo – Caicó – 40 mm
Serra Negra do Norte – 127 mm
Sítio Malhada da Pedra – Paulista/PB – 50 mm
Sítio Lagoa da Serra – Serra Negra do Norte – 120 mm
Sítio Saudade – 80 mm
Sítio Jerusalém – São João do Sabugi – 96 mm
Sítio Barra da Espingarda – 17 mm
Sítio Curral Queimado – Serra Negra do Norte – 115 mm
Sítio Logradouro dos Enéias – 110 mm
Sítio Riacho da Serra – Caicó – 15 mm
Bairro Paraíba – 42 mm
Sítio Buriti – Caicó – 15 mm
Timbaúba dos Batistas – zona urbana – 73 mm
Fazenda Bom Sucesso – 60 mm
Bairro Nova Caicó – 45 mm
Bairro Paulo VI – Caicó – 55 mm
Florânia – 15 mm
Sítio Varzea Redonda – 85 mm
Sítio Três Riachos -42 mm
Fazenda Herança – Caicó – 37 mm
Sítio Caibreira – São João Sabugi – 79 mm
Sítio Maravilha – Caicó – 115 mm
Sítio Mata Fome – São João do Sabugi – 100 mm
Chacará Vaca Brava – São João do Sabugi – 85 mm
São João do Sabugi – Zona Urbana – 110 mm
Sítio Riacho dos Cavalos – São João do Sabugi – 100 mm
Penitenciária Estadual do Seridó – 40 mm
Cohab – Jucurutu – 48 mm


São Bento/PB registrou chuva de 170 milímetros

Gráfico do Cemaden confirma registro de chuva

A cidade de São Bento, no Sertão da Paraíba, registrou chuva de 170 milímetros. A precipitação pluviométrica teve início por volta de 1 hora da madrugada desta terça-feira (16).

A informação é do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais – CEMADEN.