Em Caicó, 34,35% da população alvo da campanha foi vacinada

A campanha de vacinação contra as gripes H1N1, N2N3 e Influenza B, termina nos próximos 18 dias e em Caicó, só foram vacinados 34,35% da meta total que é de 18.406 pessoas. Ou seja, até agora foram vacinadas 6.322 pessoas.

As informações são da Secretaria de Saúde de Caicó.

Confiram o quadro parcial de vacinação nas unidades de saúde de Caicó.

Crianças –  a meta é 3.467, e foram vacinadas 958 – 27,63%

Trabalhadores de Saúde – a meta é 1.393, e foram vacinados 942 – 67,62%

Gestantes – a meta é 524, e foram vacinadas 276 – 52,67%

Puérperas – a meta é 86, e foram vacinadas 67 – 77,91%

Idosos – a meta é 7.825, e foram vacinadas 3.625 – 46,33%

Professores – a meta é 946, e foram vacinados 454 – 47,99%



Ministério da Saúde manda quantidades pequenas de vacinas para estados

O Ministério da Saúde está disponibilizando quantidades muito baixas da vacina contra as gripes H1N1, H2N3 e Influenza B. A cidade de Caicó, por exemplo ficou, na semana passada, por vários dias sem as doses necessárias para dar continuidade a vacinação que começou no mês de abril.

Inclusive, na manhã do sábado, 12, que foi o dia D de vacinação, os técnicos da Secretaria de Saúde de Caicó, tinham preocupação quanto a quantidade de doses. Eles achavam que iria dar para o dia todo.



Mulher morreu no Hospital Regional de Caicó com H1N1

Uma mulher de 57 anos de idade que faleceu no último dia 10 de maio na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Regional de Caicó, morreu em decorrência da gripe H1N1. A informação foi confirmada à IV Ursap pelo Laboratório Central – Lacen nesta segunda-feira (14).

A coordenadora de promoção de saúde de Caicó, Lizy Carol, confirmou ao Blog Sidney Silva que a Secretaria Municipal está adotando os procedimentos necessários para dar tratamento a possíveis outros casos. O medicamento que é usado para tratar pessoas com sintomas de H1N1 e o Tamiflu.

“Nós estamos em contato com os dois hospitais e demais unidades de saúde para identificar os estoques de Tamiflu e providenciando os demais detalhes, providências”, disse.

Os funcionários do Hospital Regional que tiveram contato com a paciente, passaram por profilaxia nas próximas horas. A medida é necessária e de praxe.



Dia D de vacinação contra a gripe será neste sábado em todo o país

Dia D de-vacinação acontece neste sábado

Postos de saúde em todo o país funcionam neste sábado (12) para o chamado Dia D de mobilização contra a gripe. Devem ser imunizados idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a 5 anos incompletos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais também devem ser imunizadas. Neste caso, é preciso apresentar uma prescrição médica no ato da vacinação. Pacientes cadastrados em programas de controle de doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar os postos em que estão registrados para receber a dose, sem necessidade de prescrição médica.

A imunização começou no dia 23 de abril e vai até 1º de junho. A expectativa do Ministério da Saúde é vacinar 54,4 milhões de pessoas que integram os grupos prioritários. Durante a campanha, serão distribuídas cerca de 60 milhões de doses que, este ano, protegem contra três vírus do tipo influenza, incluindo o H1N1 e o H3N2.



Direção do Hospital Regional de Caicó suspeita que paciente morreu com pneumonia bacteriana

Uma mulher de 57 anos faleceu agora a noite (10) na UTI do Hospital Regional de Caicó. Ela estava no leito de isolamenfo há algum dias. A suspeita de ser um caso de H1N1 não vem sendo descartada pelo Hospital, que aguarda os resultados de exames de sorologia , para poder se pronunciar oficialmente.

Porém, a suspeita maior do hospital leva para um caso de peneumonia bacteriana, “mas preferimos aguardar os resultados para tomar as providências necessárias”, disse Dr. Silvio Filgo, diretor clínico do Hospital, ao Blog do Marcos Dantas.

Fonte: Blog do Marcos Dantas



Em Caicó, meta é vacinar 18.406 pessoas; Veja números parciais de imunização

Vacinação deve ser retomada em Caicó nos próximos dias

A Secretaria Municipal de Saúde vai realizar no próximo sábado (12), o Dia “D” de imunização contra a gripe. É a data em que o Ministério da Saúde, confirmou que todas as unidades estarão com a vacina disponível.

Em Caicó, já falta em praticamente todas as unidades, com exceção dos bairros João Paulo II, Paulo VI e Vila do Príncipe. Nas demais, o estaque zerou.

O Ministério da Saúde, só enviou 35% da cota de vacina contra a gripe, prevista para Caicó. Mas, uma nova remessa deve chegar até a quinta-feira.

O Blog recebeu da coordenadora de promoção de saúde, Lizy Carol, os números de vacinados em Caicó, até o dia 04 de abril. Os dados a baixo, mostram também a meta a ser atingida.

Confira:

  • Crianças – 319 (9,20%) e a meta é vacinar, 3.467
  • Gestantes – 141 (26,91%) e a meta é vacinar, 524
  • Profissionais da Saúde – 544 (39,05%) e a meta é vacinar, 1.393
  • Puérperas – 20 (23,26%) e a meta é vacinar, 86
  • Idosos – 1.795 (22,94%) e a meta é vacinar, 7.825
  • Professores – 196 (20,72%) e a meta é vacinar, 946
  • O total da meta a ser atingida é de 18.406 pessoas vacinadas, inseridas nos grupos prioritários.


Ministério da Saúde atrasa repasse de vacina contra gripe e postos ficam desabastecidos em Caicó

Vacina contra a gripe começa a faltar em Caicó

A Secretaria de Saúde de Caicó, informou na manhã desta segunda-feira (07), que praticamente, todas as unidades de saúde, estão desabastecidas de vacinas contra a gripe. O problema é que o Ministério da Saúde, atrasou o repasse para os estados.

A coordenadora de promoção de saúde, Lizy Carol, disse ao Blog que a previsão é que uma remessa da vacina chegue entre quarta e quinta-feira desta semana. “Ainda temos vacinas em algumas unidade de nossa cidade, mas, outras já estão totalmente desabastecidas. Uma nova remessa de vacinas deve chegar esta semana e nós estamos orientado a população alvo da campanha que procure os postos de vacinação, no sábado”, disse.

O sábado, dia 12 de maio, é o dia de D de vacinação e todas as unidades estarão mobilizadas para dar vazão a demanda pendente.

O problema não acontece só em Caicó. Em várias cidades do estado, está faltando a vacina.



Prefeitura de Caicó inicia atendimento pediátrico no Hospital do Seridó

A Prefeitura Municipal de Caicó inicia, na próxima semana, a implantação do atendimento de pediatria no Hospital do Seridó. Inicialmente o serviço funcionará nas terças e quintas, com pediatra atendendo casos de urgência e ambulatório, no horário entre das 09hs às 21 horas sem limite de atendimento.

Nos dias de plantão pediátrico, para serem atendidas as crianças devem ser levadas diretamente para o Hospital do Seridó sem a necessidade de passar por triagem no Hospital Regional.

Segundo o prefeito Batata Araújo, esse é mais um compromisso assumindo que começa a ser cumprido pela gestão municipal. “Estamos iniciando com atendimento pediátrico em dois dias por semana e pretendemos ampliar para outros dias”, finalizou.



RN atinge o segundo lugar no Nordeste em cobertura vacinal contra Influenza

A segunda semana da Campanha de Vacinação contra a Influenza se encerra com dados positivos para o Rio Grande do Norte, que já vacinou 149.240 mil pessoas, atingindo uma cobertura vacinal de 20,73%. Assim, o estado ocupa o 2º lugar no Nordeste, 9º lugar no Brasil e sua cobertura vacinal se encontra superior à média da região (15,38%) e do Brasil (19,9%).

Continue lendo



Palestra na UFRN esclarece dúvidas sobre vírus da gripe

Esclarecimentos sobre o vírus Influenza, causador da gripe, irão compor a palestra realizada na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) nesta terça-feira, 8, às 14h30, no Auditório da Reitoria. O professor do Departamento de Infectologia da UFRN e diretor técnico do Hospital Giselda Trigueiro, André Prudente, ministrará o momento aberto à comunidade em geral, que pode tirar dúvidas acerca dos tipos de gripe, formas de transmissão e prevenção.

A palestra é de iniciativa da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progesp), por meio da Diretoria de Atenção à Saúde do Servidor (DAS), e tem como público-alvo todas as pessoas que convivem na universidade, como forma de auxiliá-las no cuidado com a saúde neste período em que aumentam os casos de gripe na população.



RIO GRANDE DO NORTE: Estado registrou 11 casos de malária

Rio Grande do Norte teve 10 casos de malária em 2017

Em 2017, foram notificados mais de 190 mil casos de malária no Brasil. Destes, o Rio Grande do Norte registrou 11 casos da doença.  Porém, o número de pessoas infectadas tem diminuído no país por conta dos esforços do Ministério da Saúde, que tem atuado na prevenção e controle da doença. E para alertar a população sobre a importância da prevenção e incentivar o tratamento, o Governo Federal aproveitou a data que marca o Dia Mundial da Malária, nesta quarta-feira (25), para lançar uma campanha com o slogan “Faça o Tratamento até o fim. Sem a doença, você vive muito melhor”. Segundo o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, nos últimos anos, as ações estratégicas para combater a doença foram responsáveis pela redução de casos.

“O Ministério da Saúde sempre trabalhou muito nas questões de combate ao vetor, no fornecimento de inseticidas. E no caso de pacientes nós fornecemos também os medicamentos, a parte diagnóstica, fazemos os treinamentos, distribuímos testes rápidos para que a gente possa ter epidemiológicamente, os dados melhores em relação à malária. Então nós obtivemos nos últimos 10 anos, uma diminuição de 57% no caso da malária”.

Neste ano, está previsto o envio de 130 mil testes rápidos para detectar a malária.  Além disso, será realizada a compra de mosquiteiros impregnados com inseticidas de longa duração, que serão distribuídos com base nas necessidades de cada estado e município.



Segundo Sesap, não há casos confirmados de H1N1 pandêmica no RN

Não há casos confirmados de H1N1 pandêmica

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) divulgou o número de casos atualizados da Influenza no Rio Grande do Norte. O boletim compreende os dados coletados até o dia 07 de abril. Foram notificados 43 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) no RN, sendo 38 (88,3%) com amostras coletadas e enviadas ao Laboratório Central de Saúde Pública do RN (Lacen). Das amostras coletadas 5,2% (02/38) foram classificados como SRAG por Influenza, 18,4% (07/38) como outros vírus respiratórios.

Continue lendo