Twitter divulga medidas para evitar fake news nas eleições

O Twitter divulgou nesta semana um comunicado com as medidas para as eleições deste ano. A plataforma, assim como Facebook, Google, Instagram e Whatsapp, vem buscando respostas em razão de preocupações com possíveis problemas e influências negativas no debate público, como a disseminação das chamadas notícias falsas ou de mensagens de ódio.

Na nota, a empresa afirmou que tem como objetivo “promover um ambiente cada vez mais saudável na plataforma”. Um dos focos será a verificação de contas de candidatos e partidos, de modo a coibir perfis falsos que possam divulgar informações e causar confusão nos eleitores.

Além dessa verificação, a própria rede social irá organizar sessões de perguntas e respostas com os candidatos, com o intuito de “facilitar o contato direto entre os candidatos e seus eleitores”. A companhia anunciou que firmou parceria com alguns veículos de mídia – como Band, RedeTV, Estadão, Rádio Jovem Pan, Revista Istoé e Catraca Livre – para a transmissão pela plataforma dos debates com os concorrentes à Presidência da República e aos governos de São Paulo e do Rio de Janeiro.

*Da Agência Brasil



4G já é utilizado por metade dos usuários do país

4G já é utilizado por metade dos usuários do país

De acordo com dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a tecnologia 4G já representa 50,29%  do total de contratos de internet móvel do país, o que corresponde a 118.226.718 clientes. A tecnologia começou a ser utilizada no país em 2013 e o 5G está previsto para chegar ao país em 2020. O Brasil registrou um total de 235.076.217 linhas de telefonia móvel no mês de junho de 2018. O serviço vem seguindo tendência de queda e apresentou redução de 7.048.232 linhas nos últimos 12 meses, na comparação com maio, a queda foi de 394.230 linhas.

Continue lendo



Whatsapp limita encaminhamento de mensagens para combater fake news

O aplicativo de mensagens WhatsApp vai passar a ter um limite de destinatários para o encaminhamento de mensagens. Segundo a empresa, de propriedade do Facebook, o objetivo com isso é reduzir a disseminação de notícias falsas. A novidade foi anunciada ontem (19) pela empresa por meio de seu blog institucional.

O Whatsapp é a segunda maior rede social do planeta, com 1,5 bilhão de usuários. A plataforma perde apenas para o Facebook, com 2,2 bilhões de pessoas inscritas. No Brasil, são mais de 100 milhões de pessoas com o aplicativo.

Continue lendo



Facebook compra direitos de transmissão da Champions League

Quem acompanha a Champions League pela TV aberta, dessa vez vai precisar investir dinheiro em uma internet mais potente. Isso porque, neste ano, a Rede Globo decidiu não participar do leilão para transmitir os jogos do campeonato europeu. Quem comprou os direitos de transmissão foi o Facebook.

Antes mesmo de acontecer o leilão, a UEFA, União das Associações Europeias de Futebol, ofereceu à Rede Globo a transmissão de todos as partidas do campeonato, a escolha das quartas de final, além da transmissão exclusiva da última partida.

Na última Champions, o jogo decisivo para o campeão foi entre Real Madrid, da Espanha, e Liverpool, da Inglaterra. Mas mesmo tendo batido o recorde de audiência com a partida, a Globo decidiu não transmitir os jogos.

Um dos motivos foi a propaganda da marca de cerveja Heineken que a emissora precisava fazer, mesmo sem receber para isso. Já quem tem TV por assinatura, poderá acompanhar pelo canal Esporte Interativo.



Instagram apresenta recurso para chamada de vídeo

Instagram implementa chamada de vídeo

Oito dias após lançar o IGTV, o Instagram anunciou mais uma novidade nesta semana. Agora os usuários podem fazer chamadas de vídeo através do próprio aplicativo da rede social.

Com o lançamento do IGTV, que permite fazer vídeos mais longos de até uma hora, a empresa passou a concorrer com o YouTube. Com as chamadas de vídeos, o Instagram tenta competir com o FaceTime, o WhatsApp e o Skype.

O novo recurso permite ao usuário fazer vídeo-chamada com até quatro participantes que também possuem conta na rede social. Pessoas que estão bloqueadas ou silenciadas no aplicativo, por exemplo, não podem iniciar uma chamada de vídeo. Além disso, o usuário pode minimizar a chamada e continuar usando o Instagram normalmente enquanto conversa com os outros participantes.

Além do novo recurso, o Instagram também lançou novos filtros para o Stories, outra extensão já conhecida pelos usuários. A atualização já está disponível para os sistemas Android e IOS e pode ser acessada através da aba de mensagens.



Golpe por WhatsApp usa o saque do PIS para enganar usuários

Golpe por WhatsApp usa o saque do PIS para enganar usuários

Milhares de pessoas caíram, nesta semana, em mais um golpe de hackers. Desta vez, a mensagem falsa foi viralizada pelo WhatsApp e dizia que a pessoa que trabalhou de 2005 a 2018 tinha direito ao saque do PIS no valor de R$ 1.223,20.

A fraude induzia o usuário a compartilhar a informação para 30 amigos ou grupos do WhatsApp. E só depois, a pessoa poderia fazer o saque. A disseminação de conteúdos maliciosos, como este, é bem parecida com outros golpes que já ocorreram neste ano. Normalmente há um link, que redireciona para uma página e solicita os dados pessoais do usuário.

Por meio de nota, a Caixa Econômica Federal esclarece que não solicita informação de dados ou senha pessoal para verificação de direito à benefícios sociais. De acordo com o banco, no site e nas agências são disponibilizadas orientações de segurança com o objetivo de alertar seus clientes quanto ao risco de golpes, seja por e-mails spam, WhatsApp, sites falsos ou telefone.



Apple admite reduzir a velocidade do iPhone propositalmente

Apple admite reduzir velocidade de iPhones

A Apple, empresa que fabrica o iPhone, admitiu nesta semana que reduz, propositalmente, o desempenho dos smartphones mais antigos, como os modelos 6 e 6S, para compensar o processo de danificação das baterias. A marca admitiu a prática após uma suspeita ter sido levantada na rede social Reddit. No tópico de discussão, o usuário identificado como TeckFire, que estava insatisfeito com o desempenho do seu iPhone 6s, relatou ter realizado testes trocando a bateria do aparelho. Assim, ele teria descoberto que o telefone se tornava mais rápido, e apresentava melhor resultado em softwares de análise de desempenho.

Ao admitir a redução na velocidade dos aparelhos, por meio de atualizações no sistema operacional, a Apple justificou a medida alegando que “as baterias de íon de lítio, presente nos aparelhos, se tornam menos capazes de suprir picos de corrente elétrica quando em condições de frio, baixo nível de carga ou conforme ficam mais velhas”. Isso, segundo a empresa, “pode resultar no desligamento inesperado do dispositivo para proteger seus componentes eletrônicos”.

A atitude da Apple deixou diversos consumidores furiosos. Segundo o site 9 to 5 Mac, ao menos dois processos contra a empresa já foram registrados nos Estados Unidos por conta do mau desempenho dos iPhones.



Concorra a um Honda WR-V fazendo apenas um test drive

Concorra a um Honda WR-V fazendo apenas um test drive

Tem novidade no mercado automobilístico e a Motoeste Honda Automóveis está oferecendo o test drive do novo Honda WR-V, onde o participante concorre a um modelo zero quilômetro. O teste drive está disponível nas concessionárias da BR 101 e Av. Prudente de Morais, em Natal, e na Motoeste Honda de Mossoró.

A proposta da marca com a apresentação do WR-V é oferecer ao cliente um produto ainda mais compacto, uma versão que, esteja ali, entre o Honda FIT e o SUV HR-V. “O WR-V se destaca pela praticidade de um modelo urbano com a robustez de um SUV.

Com um motor 1.5 Flex de 116 CV e 15,6 kgfm de torque e transmissão automática do tipo CVT, o WR-V está envolto da plataforma do FIT, porém ocupando um belo lugar na categoria de utilitário-esportivo. O desempenho do WR-V, aliado ao conjunto de suspensões exclusivas e com alta absorção de impactos, oferece mais conforto ao volante, aumentando o prazer de dirigir, mesmo em pisos irregulares.

O ótimo aproveitamento de espaço chama atenção pela autonomia na movimentação dos bancos. Com porta-malas de 363 litros, dois ou quatro Air Bags, luzes diurnas de LEDs, dispositivo de fixação de cadeira infantil, suspensão reforçada, visibilidade beneficiada pela ampla área envidraçada e pelo capô rebaixado ao centro e outras novidades, o WR-V chega ao mercado nas versões EX, tabelada a R$ 79.400 e na EXL, a R$ 83.400.