Apple admite reduzir a velocidade do iPhone propositalmente

Apple admite reduzir velocidade de iPhones

A Apple, empresa que fabrica o iPhone, admitiu nesta semana que reduz, propositalmente, o desempenho dos smartphones mais antigos, como os modelos 6 e 6S, para compensar o processo de danificação das baterias. A marca admitiu a prática após uma suspeita ter sido levantada na rede social Reddit. No tópico de discussão, o usuário identificado como TeckFire, que estava insatisfeito com o desempenho do seu iPhone 6s, relatou ter realizado testes trocando a bateria do aparelho. Assim, ele teria descoberto que o telefone se tornava mais rápido, e apresentava melhor resultado em softwares de análise de desempenho.

Ao admitir a redução na velocidade dos aparelhos, por meio de atualizações no sistema operacional, a Apple justificou a medida alegando que “as baterias de íon de lítio, presente nos aparelhos, se tornam menos capazes de suprir picos de corrente elétrica quando em condições de frio, baixo nível de carga ou conforme ficam mais velhas”. Isso, segundo a empresa, “pode resultar no desligamento inesperado do dispositivo para proteger seus componentes eletrônicos”.

A atitude da Apple deixou diversos consumidores furiosos. Segundo o site 9 to 5 Mac, ao menos dois processos contra a empresa já foram registrados nos Estados Unidos por conta do mau desempenho dos iPhones.



Concorra a um Honda WR-V fazendo apenas um test drive

Concorra a um Honda WR-V fazendo apenas um test drive

Tem novidade no mercado automobilístico e a Motoeste Honda Automóveis está oferecendo o test drive do novo Honda WR-V, onde o participante concorre a um modelo zero quilômetro. O teste drive está disponível nas concessionárias da BR 101 e Av. Prudente de Morais, em Natal, e na Motoeste Honda de Mossoró.

A proposta da marca com a apresentação do WR-V é oferecer ao cliente um produto ainda mais compacto, uma versão que, esteja ali, entre o Honda FIT e o SUV HR-V. “O WR-V se destaca pela praticidade de um modelo urbano com a robustez de um SUV.

Com um motor 1.5 Flex de 116 CV e 15,6 kgfm de torque e transmissão automática do tipo CVT, o WR-V está envolto da plataforma do FIT, porém ocupando um belo lugar na categoria de utilitário-esportivo. O desempenho do WR-V, aliado ao conjunto de suspensões exclusivas e com alta absorção de impactos, oferece mais conforto ao volante, aumentando o prazer de dirigir, mesmo em pisos irregulares.

O ótimo aproveitamento de espaço chama atenção pela autonomia na movimentação dos bancos. Com porta-malas de 363 litros, dois ou quatro Air Bags, luzes diurnas de LEDs, dispositivo de fixação de cadeira infantil, suspensão reforçada, visibilidade beneficiada pela ampla área envidraçada e pelo capô rebaixado ao centro e outras novidades, o WR-V chega ao mercado nas versões EX, tabelada a R$ 79.400 e na EXL, a R$ 83.400.