Chelsea acerta com Corinthians empréstimo de Pato

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians
Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Após longa negociação, o Chelsea acertou a contratação de Alexandre Pato, restando apenas a assinatura do atleta após chegada à Inglaterra (viaja esta noite). O acordo será por empréstimo de seis meses, com a opção de compra ao fim do acordo, em julho.

Caso queria ficar em definitivo com o atleta, o Chelsea terá de pagar 12 milhões de euros (R$ 52,8 milhões). O Corinthians tem direito a 60% dos direitos (que representa R$ 31,6 milhões).

A assinatura do contrato deverá ocorrer na quarta-feira. O UOL Esporte apurou que o atacante viaja nesta terça-feira à noite para Londres. Pato tem contrato com o Corinthians até o fim do ano.

Com a cessão do atleta ao Chelsea, o Corinthians deixa de pagar mais de R$ 800 mil por mês referentes a salários do atleta, totalizando mais de R$ 5 milhões de economia.

O Chelsea inicialmente planejava contratar Pato em definitivo. Mas o nome do atacante brasileiro enfrentou resistência dentro da diretoria e comissão técnica no clube inglês. A compra dos direitos econômicos por 10 milhões de libras (mais de R$ 50 milhões). O Corinthians tem 60% dos direitos do atleta de 26 anos.

O técnico Guus Hiddink era o principal opositor ao acerto de Pato com o Chelsea. Mas o treinador não tem poderes no Chelsea, funcionando como “técnico tampão” desde a saída de José Mourinho. Hiddink tem contrato até maio.

O nome de Pato ganhou força no Chelsea sobretudo em virtude do mau momento vivido pelo clube na temporada. A comissão do Chelsea cobrou reforços no início do ano, sendo um novo atacante. Mas a diretoria não encontrou grandes opções no mercado europeu. Pato foi visto como uma solução barata e emergencial pela diretoria.