Com gol de Marquinhos em passe de Neymar, PSG se classifica Champions

PSG vence o Atalanta e vai à semifinal da Champions – (Foto: Divulgação/Twitter Oficial PSG)

Em uma noite decisiva de seus brasileiros, o Paris Saint-Germain se classificou para as semifinais da UEFA Champions League. No Estádio da Luz, em Lisboa, o clube francês derrotou a Atalanta por 2 a 1, com gol do zagueiro Marquinhos e participações decisivas de Neymar e Thiago Silva.

Presentes na última lista do técnico Tite, de março deste ano, os três foram titulares do PSG na vitória. Pelo lado nerazzuri, o defensor Rafael Tolói também começou a partida. Jogador mais acionado do ataque parisiense, Neymar comandava as ações ofensivas, mas não conseguiu balançar a rede na primeira etapa. Ele até teve uma grande oportunidade, logo aos dois minutos de jogo, mas tirou demais do goleiro Sportiello e chutou para fora.

Ainda no primeiro tempo, a Atalanta saiu na frente com um gol de Mario Pasalic, aos 27 minutos do primeiro tempo. Na volta do intervalo, os italianos mantiveram o controle das ações por boa parte do jogo, com um sistema tático bem postado. Aos 15 minutos, para dar mais fôlego ao PSG, o técnico Thomas Tuschel chamou Kylian Mbappé, que, voltando de lesão, estava no banco francês.

Com a entrada do jovem atacante, o Paris passou a pressionar ainda mais. E, de tanto martelar a defesa da Atalanta, conseguiu reagir quase no apagar das luzes. Aos 45 minutos do segundo tempo, Choupo-Moting cruzou na área e encontrou Neymar. O brasileiro dominou a bola e deu a assistência para Marquinhos, que apareceu praticamente na pequena área para empatar o jogo.

A euforia do PSG se transformou em combustível para a virada, que veio três minutos depois. Neymar, mais uma vez, recebeu pela esquerda e deu um passe milimétrico para Mbappé. Na cara do goleiro, o francês só rolou para Choupo-Moting estufar a rede e sacramentar a virada: 2 a 1.

O Paris Saint-Germain agora espera o vencedor do confronto entre o Atlético de Madrid, dos brasileiros Renan Lodi e Felipe, e o Red Bull Leipzig, da Alemanha.