Comitê pede mudanças na liberação de água em Curemas e na barragem Armando Ribeiro

Comitê pede que ANA muda quantidade água liberada em barragens

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Piancó-Piranhas-Açu encaminhou à Agência Nacional de Águas – ANA ofícios nos solicitando mudanças na liberação de água do açude Curemas/PB e da barragem Armando Ribeiro Gonçalves. Os documentos foram encaminhados nesta quarta-feira (25), em virtude das diferentes situações vivenciadas na bacia.

No caso do açude Curemas/PB, o CBH-PPA pediu aumento da liberação de água para 1000 litros por segundo, em virtude do baixo nível de água na captação da CAGEPA, em Pombal/PB, fato que pode vir a ocasionar um colapso d’água na região. Já no caso da barragem Armando Ribeiro Gonçalves, o comitê solicitou a redução na liberação de água do reservatório, atualmente igual a 3,5 metros cúbicos por segundo, passando a operar com 2,0 metros cúbicos por segundo.

Essas mudanças retratam o período que estamos vivendo em locais diferentes da nossa bacia. Observamos que, apesar das chuvas caídas, o nível do rio piranhas já próximo a São Bento diminuiu e, dessa forma, precisamos aumentar a defluência da água que vem do açude Curemas. Isso aconteceu por causa desse período de veranico. Já no caso da barragem Armando Ribeiro, o nível do rio piranhas-açu tem um bom volume de água e está atendendo com eficiência as demandas”, destacou Paulo Varella, presidente do CBH PPA.

Ainda de acordo com o presidente do comitê, “a nossa bacia é grande e reúne população dos dois estados, Paraíba e Rio Grande do Norte. Com isso, é normal que estejamos em situações diferentes na mesma bacia, isso por causa da irregularidade no nosso período invernoso”, explicou ele.