Consultor tentou impedir entrega de cartaz ao governador no stand do Sebrae

Acacio Brito tentou impedir entrega do cartaz ao governador no stand do Sebrae – (Foto: Sidney Silva)

Durante a abertura da Exposição Agropecuária do Seridó, no Parque Exposições em Caicó, os agricultores familiares, representados por cooperativas de Parelhas e de São João do Sabugi, cobraram do governador Robinson Faria, agilidade na assinatura de convênios para a construção de novas queijeiras, dentro dos padrões exigidos pelo Lei Nivardo de Melo.

O cartaz foi posicionado precisamento na hora em que o Governador Robinson Faria, deu a início a fala na abertura do evento. Em terminado momento, ele parou e disse que não estava entendendo o motivo do cartaz. Os agricultores então disseram que queriam a agilidade na aprovação do convênio para agilizar as melhorias e construção de queijeiras de forma legal. O governador respondeu que já estava sendo tratado sobre o assunto e que a situação seria agilizada. Eles então pediram para que o chefe do Executivo se dirigisse até o stand do queijo para receber de forma oficial o cartaz e receberam a certeza de que após a abertura, iria.

Já no stand do queijo montado em parceria com o Sebrae, os agricultores familiares entregaram o cartaz ao governador e reforçaram o pedido. Neste momento, o gestor estadual de Leite e Genética do Sebrae, Acácio Brito, tentou impedir o ato fosse praticado e houve um princípio de bate-boca entre os manifestantes e o representante do Sebrae. O governador interveio e pediu calma dizendo que a situação seria resolvida. Ele recebeu o cartaz e se dirigiu aos queijos para fazer a degustação.

Agricultores familiares pediram agilidade na assinatura do convênio – (Foto: Sidney Silva)