CSA e Avaí conquistam acesso à Série A de 2019

Na última rodada da Série B, CSA e Avaí carimbaram as últimas vagas para a Série A de 2019, enquanto o Paysandu caiu para a Série C

Jogadores do CSA comemoraram o acesso a elite do Brasileirão – (FOTO: Thiago Parmalat/CSA)

Fim de papo para mais uma temporada da Série B do Brasileirão! Neste sábado (24), nove jogos encerraram a 38ª da competição. CSA e Avaí se juntaram ao campeão Fortaleza e ao Goiás no acesso à elite do futebol nacional.

Enquanto na parte debaixo da tabela, o Paysandu completou a zona de rebaixamento e vai disputar a Série C em 2019 ao lado de Sampaio Corrêa, Juventude e Boa.

Confira os resultados dos jogos da rodada final da Série B:

Avaí 0 x 0 Ponte Preta
De olho no acesso à Série A, Avaí e Ponte Preta protagonizaram um primeiro tempo de muita marcação e poucas chances na Ressacada. A melhor oportunidade do Leão aconteceu em cobrança de falta do camisa 19 Renato, aos 15 minutos. Enquanto a Macaca assustou somente na marca dos 45 minutos. Após cruzamento na área, Júnior Santos cabeceou para boa defesa do goleiro Rubinho. Na volta do intervalo, o jogo continuou bastante disputado. Aos 29 do segundo tempo, Rodrigão recebeu dentro da área e quase abriu o placar para o Avaí. Dez minutos depois, foi a vez da Ponte chegar ao ataque. Danilo Barcelos cruzou na medida e Victor Rangel, de cabeça, levou perigo à meta adversária. Com o marcador zerado dos dois lados, o Avaí ficou com a vaga na elite do futebol brasileiro, a equipe terminou a competição na terceira posição, com 61 pontos. Do outro lado, a Macaca ficou na quinta colocação, com 60 pontos, e segue na Série B em 2019.

Juventude 0 x 4 CSA
Querendo a vaga na Série A, o CSA foi para cima do já rebaixado Juventude logo nos primeiros minutos da partida. Aos dois, Rafinha achou Walter dentro da área que ajeitou na medida para Hugo Cabral finalizar com muito perigo. A resposta do Juventude veio aos cinco em cabeçada de Denner. A equipe alagoana voltou ao ataque aos 19 minutos. Após cobrança de escanteio, Jhon Cley ganhou da marcação e mandou para o fundo das redes. Já no segundo tempo da partida, o Azulão ampliou a vantagem com um hat-trick de Neto Berola. Aos 18, o atacante aproveitou falha da defesa adversária para fazer o 2 a 0. Quatro minutos depois, o camisa 7 mandou uma bomba de fora da área sem chances para o goleiro. Na marca dos 38, Berola em jogada individual, anotou um golaço dando números finais ao confronto: 4 a 0. O triunfo garantiu o Azulão na Série A de 2019, o time alagoano termina a Série B na vice-liderança, com 62 pontos conquistados.

Paysandu 2 x 5 Atlético-GO
Precisando da vitória para escapar do rebaixamento, o Paysandu se lançou ao ataque. Logo aos quatro minutos, Nando Carandina arriscou da entrada da área obrigando o goleiro Klever a fazer uma grande defesa. Dez minutos depois, Mike abriu o placar para o Papão. Após cruzamento na área, Fernando Timbó escorou e o atacante completou para o gol. O Atlético chegou ao empate aos 25 minutos. Em rápido contra-ataque, Moraes recebeu pela esquerda e cruzou na área, a bola desviou na marcação e morreu no fundo do gol deixando tudo igual na Curuzu. Ainda no primeiro tempo veio a virada do Dragão. Em novo contra-ataque mortal, Moraes apareceu mais uma vez. O lateral invadiu a área e finalizou por cima do goleiro para fazer o segundo dele no jogo: 2 a 1. Na volta do intervalo, o time goiano ampliou a vantagem. Com menos de um minuto, João Paulo de canhota tocou para o fundo das redes. Aos seis, o Paysandu respondeu. Mike arrancou pela direita e cruzou para a chegada de Thomaz, que diminuiu a vantagem para os donos da casa: 3 a 2. Na marca dos 22, André Luis, de cabeça, marcou o quarto gol atleticano. Nos acréscimos, Júlio César completou a goleado do Dragão. O resultado rebaixou o Paysandu que termina a competição, na 17ª posição, com 43 pontos. Enquanto o Atlético-GO ficou na sexta colocação, com 59 pontos.

Criciúma 2 x 0 Sampaio Corrêa
Buscando a vitória para se livrar do rebaixamento, o Criciúma foi para cima do já rebaixado Sampaio Corrêa. Aos quatro minutos, Suelinton recebeu passe em profundidade e chutou para boa defesa do arqueiro tricolor. Já na marca dos 30 minutos, Marlon cabeceou rente ao travessão adversário. No segundo tempo, o time da casa encontrou o caminho do gol, aos 25 minutos. Marlon cruzou da intermediária para Zé Carlos que ganhou da marcação e testou para o fundo das redes: 1 a 0. Nos instantes finais da partida, Elvis recebeu bom passe de Alex Maranhão para fazer o segundo e carimbar a permanência do Tigre na Série B. O Criciúma termina a Série B na 14ª posição, com 47 pontos.

Boa 0 x 0 Oeste
No Dilzon Melo, Boa e Oeste não mexeram no marcador. No primeiro tempo, ainda na luta contra o rebaixamento, o Oeste foi mais ofensivo e criou as melhores oportunidades. Já na etapa final foi a vez do Boa ter maior controle da partida. Com o resultado, o Rubro-Negro terminou a Série B na 16ª posição, com 46 pontos. Enquanto o Boa entrou em campo já rebaixado para a Série C.

CRB 2 x 1 Figueirense
O Figueira abriu o placar logo aos oito minutos de jogo. Betinho fez boa jogada pela direita e cruzou na medida para Pereira empurrar para o fundo das redes. Já no segundo tempo, foi a vez do CRB chegar ao ataque. Paulino arriscou o chute e Rafael Costa apareceu para fazer o desvio deixando tudo igual no Rei Pelé, aos sete minutos. A virada alagoana veio aos 17. Rafael Costa recebeu dentro da área e tocou para Willians Santana empurrar para o gol: 2 a 1. Com a vitória o CRB chegou aos 48 pontos e ficou com a 12ª posição na tabela. Já o Figueira termina a Série B em 15º, com 46 pontos.

Goiás 0 x 1 Brasil-RS
Com menos de um minuto de bola rolando, o Brasil-RS abriu o placar no Serra Dourada. Após cruzamento na área, Diego Miranda mandou para o fundo das redes. O placar do primeiro tempo tempo persistiu até os minutos finais da partida. Com o resultado, o Goiás, que havia conquistado a vaga na Série A na última rodada, terminou a competição na quarta posição, com 60 pontos. Já o Brasil-RS ficou em 11º, com 50 pontos.

Guarani 1 x 0 Londrina
Jogando em casa, o Guarani construiu as melhores chances do primeiro tempo. A insistência do Bugre surtiu efeito já na marca dos 41 minutos. Rafael Longuine experimentou de fora da área e acertou o canto do goleiro sem chances de defesa: 1 a 0. No segundo tempo, as equipes não mexeram no marcador. O triunfo manteve o Guarani na nona colocação, com 54 pontos. Já o Tubarão terminou na oitava posição, com 55.

São Bento 2 x 2 Vila Nova
O São Bento abriu o placar de pênalti. Marcelo Cordeiro deslocou o goleiro para colocar o Azulão na frente, aos 21 minutos. Já no segundo tempo, veio o empate do Vila Nova. Mateus Anderson recebeu passe em profundidade e tocou na saída do goleiro para deixar tudo igual no Walter Ribeiro, aos 34 minutos. O time paulista voltou a marcar já aos 42 minutos da etapa final. Novamente de pênalti Marcelo Cordeiro fez o segundo dele na partida. Nos acréscimos, o Colorado voltou a empatar o duelo com Alan Mineiro, após rebote do goleiro Henal. O São Bento encerrou a Série B na 13ª colocação, com 47 pontos. Enquanto o Vila Nova terminou em sétimo lugar, com 57.

Quem subiu para a Série A: Fortaleza, Goiás, CSA e Avaí
Quem desceu para a Série C: Boa, Juventude, Sampaio Corrêa e Paysandu