Cunha negocia com PMDB apoio à redução da maioridade só para crimes hediondos

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), articula um apoio à proposta do PSDB de reduzir a maioridade penal de 18 para 16 anos apenas em caso de crimes hediondos e de lesão corporal grave e roubo qualificado.

A proposta é um recuo na defesa inicial do peemedebista do projeto que reduz a idade penal para todos os crimes. Questionado sobre o projeto do PSDB, Cunha confirmou que, “se for por acordo, é uma boa proposta”. “Posso ser favorável”, declarou. Nos últimos dias, integrantes do governo sinalizaram apoio ao projeto do PSDB, de reduzir a idade apenas para crimes hediondos. O Palácio do Planalto é contra a proposta de emenda à constituição (PEC) que reduz de forma linear a idade penal.