Defensoria mantém diálogo com Unimed Natal sobre UTIs Pediátricas

Os defensores públicos Bruno Henrique Magalhães Branco, Cláudia Carvalho Queiroz e Igor Melo Araújo receberam, nesta segunda-feira (4), na sede do Núcleo do Primeiro Atendimento Cível da Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE-RN), representantes da cooperativa médica Unimed Natal e do Procon Municipal. Na pauta da reunião, a situação da falta de UTIs Pediátricas e os atendimentos de urgência e emergência para usuários dos planos de saúde oferecidos pela operadora.

Durante a reunião, a Unimed apresentou um parecer técnico com os dados da demanda de atendimentos em sua rede pediátrica, bem como uma proposta de acordo para ampliação do número de leitos de UTI Pediátrica à disposição dos usuários dos seus planos de saúde.

Segundo os defensores públicos, verificou-se a necessidade de averiguar as informações sobre o número de leitos disponíveis nos hospitais da rede privada que atendem os usuários da Unimed, do número de atendimentos pediátricos de urgência e emergência realizados pela cooperativa e a viabilidade técnica da proposta apresentada pela operadora.

Após a verificação de todas as informações e a análise da proposta apresentada, a Defensoria Pública deverá apresentar uma contraproposta para a operadora. Foi acordado entre os defensores e os representantes da Unimed que as partes iriam solicitar, junto ao Tribunal de Justiça, a prorrogação, até o próximo dia 6 de agosto, do prazo judicial para a formalização do acordo, concedido no processo da Ação Civil Pública número 0106785-92.2016.8.20.0001, que tramita na 2ª Vara da Infância e Juventude da Comarca de Natal.