Denarc prende homens e mulheres que estavam com fuzil e 78 munições

Policiais civis da Delegacia Especializada em Narcotráfico (Denarc) prenderam, em flagrante, dois homens e duas mulheres que foram encontrados com um fuzil 762 e quatro carregadores contendo 78 munições para a arma, na manhã desta segunda-feira (06).

Yanca Tainá Rebouças Torres (19 anos), Débora Natali Rebouças Torres (21 anos), Genilson Silva Fernandes (34 anos) e José Clenilson de Lima (38 anos) foram detidos em uma residência localizada à rua Tenente José Pereira de Lima, número 221, Loteamento São Francisco, na cidade de São Gonçalo do Amarante.

A equipe da Especializada recebeu uma denúncia anônima informando que duas mulheres, que estavam na residência que foi o local do crime, iriam fornecer drogas para dois homens que chegariam em dois veículos, sendo um carro ( Fiat Strada, cor cinza ) e uma motocicleta (Honda CG cor azul). “Montamos uma campana no local e verificamos a chegada dos homens. Nossa equipe fez a abordagem e encontramos no local o fuzil e as munições. As mulheres alegaram que o armamento seria entregue para os homens”, detalhou o delegado titular da Denarc, Ulisses de Souza. Os quatro acusados serão indiciados pela prática dos crimes de tráfico de drogas e porte irregular de arma de fogo de uso restrito.

Ainda no local do crime, Yanca Tainá Rebouças Torres confessou que era companheira de Paulo Victor Monteiro, um dos criminosos que teve participação no seqüestro do empresário mossoroense Porcino Fernandes,  Popó Porcino, crime que aconteceu em 2012. Paulo Victor está custodiado no Presídio de Alcaçuz.