Dupla troca tiros com a polícia durante perseguição em Mossoró

Polícia troca tiros com dupla armada na cidade de Mossoró
Polícia troca tiros com dupla armada na cidade de Mossoró – (Ismael Souza via Mossoró HOJE)

Do Mossoró HOJE – Uma perseguição seguida de troca de tiros entre suspeitos e policiais militares aconteceu na manhã deste sábado (18), na Estrada da Raiz, na região Norte de Mossoró. Dois homens participaram da ação.

De acordo com a Polícia, a perseguição aconteceu depois que a dupla, que estava em um veículo do tipo Onyx, fugiu após avistar a viatura do Grupamento Tático Operacional Rodoviário (GTOR), do 2º DPRE. A guarnição solicitou, através do Ciosp, reforço para auxiliar na caçada aos dois elementos.

Segundo informações do Sargento Almeida, que comandou a operação, os elementos empreenderam fuga pela estrada carroçável e trocaram tiros com os policiais. “Um dos bandidos efetuou disparos de revolver contra a viatura, e em seguida revidamos. Os criminosos abandonaram o carro e fugiram adentrando o matagal”, disse o militar.

O veículo, um Chevrolet Onyx com placas FRS-8379 de São Paulo, foi roubado na capital paulista. Segundo as características repassadas pelos policiais, os suspeitos tratavam-se de um gordo e outro magro, com estatura mediana. O carro, com várias marcas de tiros, foi removido para a Delegacia de Plantão, no Alto de São Manoel para realização dos procedimentos.

Segundo o PM Clementino, do GTOR, uma quadrilha especializada em adulteração de placas e documentos de veículos roubados pode estar agindo na região de Mossoró. Durante a procura pelos elementos, um quadro de uma motocicleta do tipo Honda Titan foi encontrado pelos policiais.

Acreditamos que o local onde os criminosos estavam, pode ser usado pela quadrilha para desova de veículos roubados. Possa ser que exista uma quadrilha especializada em veículos roubados que adultera placas e a documentação dos veículos”, explicou.

Ainda segundo o policial, os criminosos utilizaram características e modelo de um veículo semelhante para clonar a placa e tentar despistar os policiais durante fiscalização.