Em 2017, RN teve 784 casos de violência contra idosos denunciados no Disk 100

Casos de violência contra o idoso podem ser denunciados no Disk 100

O Dia Mundial da Conscientização Contra a Violência à Pessoa Idosa é comemorado nesta sexta-feira (15). De acordo com dados do Disque 100, canal de denúncias nacional, o Rio Grande do Norte contabilizou 784 casos de violência em 2017. Esse número posiciona o RN entre os 10 estados com maior quantidade de registros de denúncias.

Para a promotora de Justiça e coordenadora dos Centros de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Cidadania e de Inclusão, Fladja Souza, a quantidade de denúncias certamente supera o número do Disque 100. “Muitos casos não são denunciados e um agravante é que boa parte das violações de direitos são cometidas por pessoas próximas à vítima”, destacou.

Outro dado alarmante é que das 784 denúncias, foram geradas 1.625 violações de direitos dos idosos. As principais são violência física e psicológica, negligência e abuso financeiro.

Todas as denúncias encaminhadas ao Disque 100 chegam ao conhecimento do MPRN. Ao receber o registro, as Promotorias de Justiça de Defesa do Idoso instauram procedimentos e seguem nas investigações. “A atuação é focada na busca da solução para o problema, principalmente providenciando a adoção de medidas protetivas, de forma a cessar a violência que estiver ocorrendo”, complementou a promotora de Justiça.

As denúncias também podem ser encaminhadas diretamente às Promotorias de Justiça de Defesa do Idoso em todo o Estado, sendo três específicas em Natal, como também às delegacias de polícia.