Em Brasília, bancada potiguar e reitores de universidades federais do RN solicitam a liberação de recursos

Reunião de reitores com a bancada federal do RN em Brasília

Nesta quarta-feira (2), parlamentares da bancada potiguar, a reitora da Universidade Federal do RN (UFRN), Ângela Paiva e o reitor do Instituto Federal do RN (IFRN), Wyllys Abel Farkatt, estiveram com o Ministro da Educação, Rossieli Soares, para solicitar a liberação de recursos financeiros para a ampliação e reforma das instituições federais de ensino superiores potiguares. De acordo com o coordenador da bancada federal do Rio Grande do Norte, deputado Felipe Maia ( DEM), a preocupação os reitores está em colocar em prática projetos que estão prontos para serem executados.

“Ambos os reitores disseram que precisam da liberação do financeiro, que já havia sido direcionamento nas emendas de bancada, para que sejam executadas as obras e os projetos que ainda estão no papel aguardando a aplicação de recursos para serem iniciados. Mas, ainda não tiveram acesso aos recursos”, disse o parlamentar.

Felipe Maia destacou que o Instituto Federal do Rio Grande do Norte pleiteou a reclassificação dos campus avançados de Lajes e Parelhas e pediu apoio em relação ao ensino de educação superior. “O IFRN quer reclassificar os campus avançados de Lajes e Parelhas, para que possibilite a ampliação do corpo docente e sejam também disponibilizadas mais vagas para ingresso de estudantes universitários, podendo assim alcançar mais localidades do estado. Além disso, foi solicitada uma autorização do funcionamento de um campus focado em ensino de educação a distância. Ou seja, a instituição quer ampliar o seu atendimento educacional no nosso estado”, explicou o coordenador da bancada do RN.

Já a UFRN priorizou, segundo Felipe Maia, dentre as suas demandas, a liberação urgente de recursos financeiros. “A Universidade necessita do repasse de recursos para a execução de diversas obras de ampliação e reforma da instituição, como por exemplo a reforma do restaurante universitário, que ainda não foi licitada por falta de recursos. A ideia é proporcionar uma estrutura cada vez mais adequada e agradável aos estudantes potiguares, que precisam utilizar o restaurante para fazer as suas refeições diárias entre um período e outro de estudo. Essa é apenas uma das obras que estão no plano de obras da UFRN e é preciso fazer com que esses projetos sejam colocados em prática em prol dos universitários”, pontuou.

O parlamentar disse que o Ministro da Educação se comprometeu a ajudar a bancada e os reitores nessas demandas e sugeriu um encontro da bancada com o Ministro do Planejamento para alinhar os pedidos junto a pasta.

“Como coordenador da bancada federal farei a solicitação essa semana junto ao Ministério do Planejamento para discutirmos com o Ministro Esteves Colnago esses pleitos das universidades. Sabemos que como representantes do RN, no Congresso Nacional, temos o compromisso e a responsabilidade em garantir uma educação de qualidade a população potiguar e vamos lutar incessantemente junto ao Governo Federal para que à liberação dos recursos seja feita o mais rápido possível”, concluiu.

Da bancada potiguar estavam presentes os deputados federais Felipe Maia (DEM), Zenaide Maia (PHS), Rafael Motta (PSB), os senadores José Agripino Maia (DEM), Garibaldi Alves Filho (PMDB) e Fátima Bezerra (PT) . Já representando as instituições federais participaram a reitora da UFRN Ângela Paiva e o vice-reitor da UFRN, José Daniel Diniz, o reitor do IFRN, Wyllys Abel Farkatt, o Diretor da Unidade de Educação a Distância do IFRN, Alexsandro de Oliveira, a Diretora do Campus Avançado de Parelhas do IFRN, Gerluzia Alves e a Diretora do Campus Avançado de Lajes do IFRN, Pollyanna de Araújo.