Em inspeção, porta onde estão equipamentos de UTI Neonatal teve que ser ARROMBADA

A juíza federal, Sophia Nóbrega Câmara Lima e o Procurar Federal, Bruno Lamenha, realizaram inspeção no Hospital do Seridó, na manhã desta quinta-feira (16). Os dois foram acompanhados de diversos técnicos do Estado, além dos representantes do Município e da Fundação Hospitalar Carlindo Dantas (Hospital do Seridó).

Todos os setores da unidade foram visitadas e muitos questionamentos foram feitos aos profissionais que foram encontrados trabalhando na Unidade Hospitalar. Em dado momento, foi necessário que um chaveiro fosse acionado para “arrombar” a porta da sala onde estão os equipamentos da UTI Neonatal. O detalhe é que as chaves do local foram perdidas.

A inspeção faz parte da ação judicial do MPF e MPE com o objetivo de que seja definida se a Fundação Hospitalar Carlindo Dantas é uma instituição “Privada” ou “Pública”. É que a casa tem duas rubricas.

Porta teve quer arrombada porque a chave foi perdida
Porta teve quer arrombada porque a chave foi perdida – (FOTO: Gláucia Lima)