Em jogo equilibrado, Audax e Santos ficam no empate e decidem o título na Vila

Foto: Renato Silvestre
Foto: Renato Silvestre

Em partida bastante disputada e com bom futebol, Osasco Audax e Santos empataram o primeiro jogo da final do Paulistão 2016. Mike abriu o placar para o Audax e Ronaldo Mendes empatou para o Peixe. Times decidem o título no próximo domingo na Vila Belmiro. Em caso de empate por qualquer placar, a decisão vai para a cobrança de pênaltis.

O jogo

Equilíbrio. Foi a palavra que definiu o primeiro tempo da decisão entre Osasco Audax e Santos. A exemplo dos jogos contra São Paulo e Corinthians, os donos da casa não se intimidaram com o Santos e jogavam para frente. Bem verdade que não encontravam muito espaço, já que a equipe de Dorival Jr. marcava bem a saída de bola do Audax.

Nos minutos finais da primeira etapa, o Santos resolveu dar as cartas. O Peixe não abriu o placar por duas vezes graças ao travessão que salvou as finalizações de Ricardo Oliveira. A partir desse momento a partida ficou mais aberta. E por pouco, também, a equipe de Osasco não abriu o marcador com Mike. E assim terminou os 45 primeiros minutos, equilibrado.Depois de se estudarem bem na primeira etapa, era hora de mostrar o porque os dois times chegaram à final. O jogo era bom e bem disputado, só faltava o gol. Depois que Gabigol perdeu boa chance de marcar para o Santos, o Audax abriu o placar aos 12 minutos. Mike recebeu passe de Tchê Tchê e deixou Gustavo Henrique no chão antes de bater no canto de Vanderlei.

O Santos perdeu Lucas Lima lesionado, logo após o tento sofrido. No lugar dele entrou Ronaldo Mendes. E aos 35, o jovem santista aproveitou o vacilo de Tchê Tchê em uma saída errada de bola e, de fora da área, pegou de canhota para estufar as redes de Sidão. A igualdade no placar foi justa, já que os dois times criaram boas chances e jogaram sempre buscando a vitória.