Falha em sistema deixa cerca de 80 mil pessoas sem água na Paraíba

Sistema adutor Araçagi-Guarabira
Sistema adutor Araçagi-Guarabira

A falta de energia elétrica e um rompimento de graves proporções na Estação de Tratamento de Água (ETA) em Araçagi, que faz parte do sistema integrado do Brejo, vem causando problemas de abastecimento de água para cerca de 80 mil pessoas que moram nas cidades de Guarabira, Araçagi e Pilõezinhos, no Brejo paraibano, que estão há cerca de uma semana sem água nas torneiras.

A falta de água provocou protesto da população na tarde desta quinta-feira (21) no bairro Nordeste, em Guarabira. Os moradores pediram uma solução por parte da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) para que o abastecimento volte ao normal.

Segundo a assessoria de comunicação da Cagepa, os problemas na ETA em Araçagi são decorrentes de interrupções no fornecimento de energia elétrica, que ocorreu no sábado (16), ocasionados por deslocamentos de postes de energia, realizados em um serviço de manutenção da Energisa.

Ainda de acordo com a assessoria da Cagepa, no domingo (17), o fornecimento de energia voltou ao normal, mas na segunda-feira (18), um rompimento de grandes proporções na ETA em Araçagi vem provocando a interrupção do fornecimento de água nas cidades relatadas.

“Tão logo ocorreu o incidente na ETA de Araçagi, a Cagepa colocou em operação o sistema de Tauá. Porém, como a água tratada no antigo sistema é insuficiente para atender à demanda, os consumidores que residem nas partes mais elevadas, como no caso dos moradores do bairro do Nordeste, acabaram ficando prejudicados”, comunicou a assessoria da Cagepa.

Os serviços de conserto do problema estão sendo realizados pela Cagepa desde segunda. A previsão, segundo a assessoria, é de que o abastecimento volte ao normal, gradativamente, na manhã desta sexta-feira (22).