Família encontra no Sítio Panela do Amaro ossada de jovem desaparecido há 24 dias

JOVEM MOSSORÓ SIDUma agonia que já durava 24 dias com o desaparecimento do Jovem Jailson Felismino de Souza, de 37 anos de idade, terminou no início da tarde de domingo, 17 de maio de 2015. Uma ossada humana que foi encontrada dentro de um matagal no Sitio Panela do Amaro pode ser do rapaz procurado pela família.

O local onde os restos mortais foram encontrados fica cerca de 13 Km de onde ele morava com a mãe e três irmãos, no Sitio Estreito, na saída de Mossoró para Governador Dix Sept Rosado.

Segundo informações colhidas pelo Blog O Câmera, Jailson vinha tendo alucinações e antes que a família conseguisse um tratamento no Hospital Psiquiátrico em Mossoró, ele saiu de casa dizendo que ia assistir um Culto e nem apareceu na Igreja e nem retornou para sua casa.

A família registrou na delegacia seu desaparecimento e passou a procura-lo nas comunidades rurais da região. Na última quinta-feira, um trabalhador localizou uma camisa, que foi reconhecida como sendo a mesma que Jailson estava usando quando saiu de casa.

Amigos e familiares formaram um verdadeiro mutirão e intensificaram as buscas na região, onde a camisa foi encontrada e no início da tarde a ossada foi localizada. Ao lado foi encontrada uma carteira de bolso com seus documentos, o que faz a família acreditar que seja ele mesmo.

Os restos mortais que podem ser de Jailson Felismino de Souza foi removido pela equipe de plantão do Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) para os procedimentos de identificação.